Corinthians, nota 10

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

No último post, falei de personagens, instituições e fatos do esporte que mereceram nota zero este ano. Também terminei o comentário afirmando que falaria das boas coisas de 2012. Farei isso nos próximos dias. Mas hoje é o “Dia do Corinthians”, que termina a temporada com merecida Nota 10.

Antes, já havia conquistado seu primeiro título na Taça Libertadores. E na manhã deste domingo (horário brasileiro), 16 de dezembro, ganhou o segundo título mundial em Yokohama, no Japão. A vitória sobre o Chelsea por um a zero foi justa, como justo foi o título do alvinegro.

Toda a equipe mereceu levantar o troféu no Japão, sendo que três nomes foram fundamentais: o treinador Tite, que fez de um grupo de jogadores um time; o goleiro Cássio, pelas três defesas que salvaram o Corinthians, e o atacante Guerrero, pela categoria e tranquilidade na hora de fazer o gol.

Claro que se lembrarmos de todas as competições do ano veremos que outros jogadores se destacaram. Caso de Emerson, especialmente na final da Libertadores. E teve Paulinho, Ralf, Paulo André, Chicão… Todos foram muito importantes.

Enfim, 2012 foi um ano para nenhum corintiano esquecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>