Ary Vidal: um treinador vitorioso

Foto: CBBAry Vidal morreu no Rio de Janeiro aos 77 anos, nesta segunda-feira. Foi um dos mais vitoriosos treinadores do basquetebol brasileiro. Comandou a seleção masculina em Olimpíadas, Mundiais e PAN, e obteve grandes conquistas. A mais conhecida, que todo fã do basquete lembra, foi a memorável vitória no PAN de 1987, em Indianápolis. Na final do torneio de basquete, o Brasil venceu os Estados Unidos por 120 a 115.

O time ganhou a medalha de ouro e a seleção norte-americana, pela primeira vez, era derrotada em casa numa competição oficial. Fala-se sempre, com justiça, na grande apresentação do time, especialmente de Oscar, que marcou 46 pontos, e Marcel, que fez 31. Mas não se deve esquecer que o Brasil terminou o primeiro tempo em desvantagem de 14 pontos (68 a 54). E virou espetacularmente no segundo tempo, igualmente graças às orientações do treinador.

Ary Vidal também estivera no banco da equipe brasileira nove anos antes, no Campeonato Mundial das Filipinas, em 1978. Na decisão do terceiro lugar, o Brasil perdia por um ponto. E graças a uma cesta de Marcel, feita com um arremesso do campo de defesa no último instante, o time virou e garantiu a medalha de bronze para o Brasil. Foi a última vez que o time masculino do Brasil subiu ao pódio em um Mundial.

Assim, a semana começou triste para os esportistas do País, com a morte de Ary Vidal. Da mesma forma que a anterior que a anterior, que terminou tragicamente com o incêndio que tirou a vida de mais de duas centenas de pessoas em Santa Maria, na madrugada de domingo.

Aos familiares e amigos do Ary e das vítimas do triste acontecimento do Rio Grande do Sul, toda a solidariedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>