Chuvas deixam Copa 2014 mais longe ainda do Piscinão do Jardim Leonor!!!

Um vergonha o que aconteceu neste final de semana no estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi. Dentro de campo, tudo bem. Depois de fortes chuvas, gramado ficou um tapete verde e no futebol São Paulo e Palmeiras ficaram no 1 a 1. Grande jogo, sem dúvida. No entanto, nas arquibancadas e no sistema elétrico, Deus me livre!

O anel superior virou uma piscina. Torcedores mergulhavam como se estivessem disputando uma prova a nado com o Xuxa. Túnel ficou alagado. Não bastasse isso, faltou luz. Uma tarde de horrores no Jardim Leonor…

Depois ainda vem o metido do presidente Juvenal Juvêncio (prestes a dar mais um “golpe” nos conselheiros tricolores) e tira sarro do Itaquerão. Pobrezito…Só queria ver a cara do Joseph Blatter, presidente da Fifa, quando assistir as imagens da Globo e todos aqueles Zé Manés usando arquibancadas como piscinas. Uma baixaria. Depois, corintiano que se diverte com pouco. É o Piscinão do Morumbi, ou melhor, do Piscinão do Jardim Leonor.

E assim caminha a mediocridade…

Kia diz que Arribas usou dinheiro do Timão/MSI para abrir escritório!

O empresário Kia Joorabchian voltou a acusar Gustavo Arribas. Ele garante que Arribas levou vantagem sim na saída de Sebástian Domigues do Corinthians. “Com o dinheiro da operação, de direito do clube e da MSI, ele abriu escritório no Brasil”, falou, com exclusividade para esse Blog, por telefone, de Londres, Inglaterra. “Eu tenho como provar. A documentação está comigo”, arrematou com veemência.

Outras declarações de Arribas, irritaram Kia. “Na ida de Alessandro para o Santos, ele disse que era meu sócio. Foi o que saiu publicado em vários sites aí do Brasil. Ele usou o meu nome, embora negue”. Quanto a ter recentemente levado Thiago Heleno para o Corinthians, Kia lança um desafio: “Duvido que o presidente Andrés Sanchez antenda um telefonema dele”, completou.

E tenho dito!

Empresário Gustavo Arribas se defende das acusações de Kia: “Não roubei Corinthians”.

O empresário argentino Gustavo Arribas deu a versão dele sobre o envolvimento com Kia Joorabchian, nesta quinta-feira, com exclusividade para esse Blog.

“Em primeiro lugar, não entendo porque vinculam meu nome ao de Kia. Ele não é o meu parceiro e nunca tivemos negócios juntos. Quando ele veio para o Corinthians, na época da MSI, ajudei a comprar Carlitos Tevez junto ao Boca Juniors. Sou agente Fifa e, naquele tempo, ainda não tinha escritório no Brasil, somente na Argentina”.

“Aliás, não quero meu nome vinvulado ao de Kia. Ele teve envolvimento com a Justiça brasileira. Não vejo como posso tirar vantagem dessa situação”.

“Em segundo lugar, Kia afirmou que roubei o Corinthians na saída de Sebastian Domingues em 2007. Não é verdade. O clube havia vendido Tevez e Mascherano para o Exterior e deixou Sebá para trás. O técnico de então era Emerson Leão, que dispensou o jogador e o deixou no clube treinando a parte durante seis meses. O próprio Sebá, desgostoso, conseguiu a liberação junto à diretoria. Me digam onde roubei o Corinthians? O jogador ficou até magoado comigo. Alegou que eu defendi mais o clube do que ele próprio”".

“Recentemente, ajudei Thiago Heleno a trocar o Cruzeiro pelo Corinthians. Se tivesse roubado o clube, ninguém teria feito negócio comigo”, finalizou.

Gustavo Arribas, por outro lado, confirmou que emprestou o atacante William José para o São Paulo. Passe do jogador pertence ao Deportivo Maldonado, do Uruguai.

E tenho dito!

Campeão de audiência da bola sempre levou uma banana da TV brasileira

O futebol brasileiro só copia o que tem de ruim do Exterior. O campeonato de pontos corridos, por exemplo. No entanto, a redestribuição da arrecadação das televisões, nem pensar. Na Itália, Milan, Internazionale e Juventus ganham cotas maiores, seguidos das outras agremiações.

Na Inglaterra, todos ganham igual, é verdade, mas quem tiver bom desempenho (critério técnico) e maior audiência na TV (IBOPE mesmo) leva muito mais. Por que aqui não é assim? Federações estão milionárias, CBF idem e Grupo dos 13 também. E os clubes? Boa parte deles pobres.

Chega. É preciso ter um ranking técnico e outro de audiência de TV, pelo menos. Só assim a renda será distribuída com justiça entre os clubes brasileiros.

E tenho dito!

Quem precisa de Roberto Carlos e Ronaldo?

Foto: Sérgio Barzaghi/Gazeta Press

Foto: Sérgio Barzaghi/Gazeta Press


O Corinthians venceu o Santos no clássico do Pacaembu por 3 a 1 fora o show. Os gols foram de Fábio Santos e Liedson, aliás, os substitutos de Roberto Carlos e Ronaldo. Que falta fizeram esses dois veteranos? Absolutamente nenhuma. Demoraram sim para deixar o time, já cansados e com outras idéias na cabeça.

Equipe dessa forma ficou veloz, atrevida e rápida. Todos marcam. E no contra-ataque não tem para ninguém. O técnico Tite estava “amarrado” na Libertadores. Tinha que escalar RC e Ronaldo. Bastou livrar-se deles e armou um time perigoso, sem estrelas e bastante eficiente.

Um Timão com cara de Timão.

Chorem inimigos. Cantem bem o passado. Eu prefiro o presente, sempre. Não sou viúva de Pelé…

E tenho dito!

Exclusivo: Kia promete volta de Tevez para o Corinthians!!!

Foto: Chico Lang

Foto: Chico Lang

O polêmico empresário Kia Joorabchian concedeu uma entrevista exclusiva aqui em Londres, nesta quarta-feira. Falou dos investimentos dele na Inglaterra e em toda a Europa. Abordou a Copa de 2014. Mostrou-se disposto a ajudar o Corinthians na construção do Itaquerão e lamentou a desclassificação na Libertadores contra o Tolima, da Colômbia.

No entanto, para a Fiel torcida, deu um grande alento: Carlitos Tevez vai voltar ao Brasil sim para jogar no Corinthians. Kia, animado, deu até o prazo de três anos para isso acontecer. Com Carlitos devem chegar também, pelo menos, mais três jogadores de ponta (ele deixou escapar os nomes de Anderson, Nilmar e do goleiro Gomes).

Entrevista completa você assiste no “Mesa Redonda”, da TV Gazeta. Não perca.

E tenho dito!

Arshavin tem noite de Messi e Arsenal ganha de virada, como o Timão!!!

Foto: AFP

Foto: AFP

Impossível não comparar o Arsenal com o Corinthians. Em partida da Champions League, aqui em Londres, na noite desta quarta-feira, o drama lembrou a agonia corintiana de sempre. Depois de um primeiro tempo ridículo contra o Barcelona, a equipe londrina renasceu das cinzas e venceu em uma virada histórica, por 2 a 1.

Não me contive e vibrei muito, principalmente com o gol de Andrey Arshavin, aliás, o segundo, que garantiu a vitória do Arsenal. Messi é realmente um grande jogador, diga-se. Não para um minuto em lugar nenhum do campo. Tem uma habilidade sem igual.

O primeiro gol da partida, de David Villa (1 a 0 Barça), foi metade do hermanito. Passe precioso, gol de Villa. Emirates calou-se. Pior: Messi ainda perdeu gol feito e Pedro Rodriguez marcou outro, anulado erradamente pelo quinteto de árbitros italianos, comandados por Nicola Rizzoli.

Segunda etapa, então, Barça foi para cima. Messi desperdiçou mais duas oportunidades incríveis. E como diz o velho ditado, quem não faz, toma. O velho e bom Van Persie descontou, em falha gritante do goleiro Vitor Valdés.

Torcida foi à loucura. Lembrei da Fiel e começei a gritar também. Tinha uma bela loira ao meu lado esquerdo e um garoto, à direita. Na hora do gol salvador de Arshavin, pulamos os três e nos abraçamos. Parecia que estava no Pacaembu. Uma festa.

E olhem que o tal do Arsène Wenger me lembrou o Tite. Zagueiros jogando em linha. Time perdendo não saia de jeito nenhum da defesa. Comecei a xingar. Lembrei do Tolima. Aí, então, o técnico Wenger deu uma de Telê Santana. Sacou o badalado Alex Song e colocou Arshavin, o iluminaaaaaaaaado, como diria a Michelle Gianella. A melhor defesa será sempre o ataque, fim de jogo.

E fui tomar um uísque, nacional, claro.

E tenho dito!

Londres espera pelo Barcelona de Messi e exalta Carlitos Tevez!!!!

O futebol argentino está com a faca e o queijo na mão aqui em Londres. Cidade vive a expectativa do grande clássico entre Arsenal e Barcelona, do incrível Messi. Por outro lado, nunca vi na minha vida o verdadeiro “culto” a figura dele, Carlitos Tevez, jogador do modesto Manchester City. Ele é conhecido como “The Golden Boy”. Mesmo falando muito mal inglês, Tevez anda pelas ruas e mais parece um astro do rock and roll.

Sob um céu cinzento e um frio intenso (7 graus e caindo), o hermanito da Fiel é uma sensação. Nos shoppings, nos supermercados, no trânsito, o argentino é um verdadeiro Deus. Para muitos, ganha até de Rooney que, aliás, é inglês. Como diria Vanderley Nogueira, são coisas pequenas de um grande futebol.

E tenho dito!

Despedida de Ronaldo poderia ter sido de outro jeito…

Foto Marcelo Ferrelli/Gazeta Press

Difícil quem não se emocionou com a despedida de Ronaldo do Corinthians e do futebol. Ao lado dos filhos, Alex e Ronald, jogador foi antes de tudo humilde, principalmente ao pedir desculpas pelo fracasso na Libertadores.

O Fenômeno foi dígno. E isso para um homem é essencial. Parabéns e boa sorte. No entanto, não precisava ter sido desse jeito. Por que esconderam o hipotireoidismo do rapaz? Se tivesse sido divulgado, ninguém iria chamá-lo de gordo, desleixado e preguiçoso. Afinal, doença é doença.

Faltou transparência da diretoria e do próprio jogador. Ronaldo admitiu que o Corinthians sabia de tudo antes de contratá-lo. Depois, se estava difícil subir escadas, então por que não parou antes dos dois jogos contra o Tolima? No final do ano, em dezembro, tivesse anunciado a doença ou pedurado as chuteiras não teria prejudicado tanto o clube.

Ninguém é eterno. Pelé, Garrincha, Gérson e Tostão todos um dia pararam. Fazem falta? Nossa, e como! Ronaldo sem dúvida é o centroavante na seleção brasileira de todos os tempos. Mas custava falar a verdade? Tostão teve descolamento de retina. Gérson fumava que nem um louco. Pelé, dizia João Saldanha, era miope. Garrincha tinha pernas tortas e vivia tomando analgésicos por isso. Sentia muitas dores nos joelhos.

Qual é o problema de envelhecer? Ou de mostrar uma fraqueza? Essa é a natureza humana. Ninguém é eterno, nem mesmo os ídolos do futebol.

Que Ronaldo pare de enganar a si mesmo e seja finalmente feliz.

E tenho dito!

Ronaldo pode deixar o Corinthians nas próximas horas!!!

Desanimado com as críticas após a desclassificação da Libertadores diante do Tolima, da Colômbia, e triste coma saída de Roberto Carlos, o atacante Ronaldo poderá anunciar o desligamento do Corinthians nesta segunda-feira. Ele também estaria sendo vítima de ameças de morte e chacotas de toda a espécie.

O Fenômeno tem contrato até o final de dezembro deste ano e ainda teria para receber do clube e dos patrocinadores cerca de R$ 20 milhões (ganha por volta de R$ 2 milhões). Ele passa por uma reciclagem física, ao lado de Dentinho, porém muitos garantem que foi um jeito de o técnico Tite afastá-lo da equipe pela ridícula performance na Libertadores.

No fundo, Ronaldo serve de péssimo exemplo para o restante do elenco. Chega tarde aos treinos, vive nas badalações da noite paulistana e não consegue emagrecer um maldito quilo por negligência dele próprio. Embora esteja em fim de carreira, age como se já fosse um ex-atleta. Nas próximas horas, decisões finais.

E tenho dito!