Sorteio vira Carnaval e protesto suspeito em Itaquera

Enquanto o sorteio das Eliminatórias da Copa 2014 corria solto no Rio de Janeiro, em Itaquera (São Paulo) alguns supostos moradores do bairro resolveram protestar contra a construção do Fielzão. Na Cidade Maravilhosa, muita festa, Ronaldo, Zico, Neymar, o velho Lobo Zagallo, a presidenta Dilma Russef, Joseph Blatter e Ricardo Teixeira. Artistas da Globo também. A tal da Fernanda Lima apresentou o evento como se estivesse cumprindo com a obrigação, ou seja, deve ter levado um baita cachê.

E o protesto em Itaquera? Bem, ninguém sabe de nada. Uns dizem que são moradores com receio de que percam os imóveis por uma futura desapropiação. No entanto, a obra está sendo erguida no terreno do Corinthians. Faixas esquisitas como “Fifa Corrupta” estavam lá pelo meio. Brincadeira virou festa também. Uma coisa parecida com o banquete dos mendigos. Será que teve algum dedo político por trás ou até mesmo entidade de bairro ou outra associação qualquer?

Gozado que moradores ouvidos pela TV Gazeta, por exemplo, apoiaram a obra. Pior: ninguém protesta em Itaquera contra a violência, falta de iluminação, tráfico de drogas. Caras foram lá para dar um pau na Fifa!!! Duvido que residam em Itaquera ou saibam o que é a “Fifa”. Pelo jeito, essa turma não faz parte do Bando de Loucos, mas com certeza são um Bando de Paus Mandados.

E tenho dito!

Ronaldinho Gaúcho ensinou para Neymar quem manda

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Muita gente babando ovo para o futebol do Neymar no jogo contra o Flamengo, na Vila Belmiro. Que fantástico! Moleque marcou um golaço, ou melhor, dois belos gols e encantou com futebol ousado e de toques rápidos. Pode ser. Mas muito mais do que Neymar, brilhou Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo.

Aliás, avacalhado por coleguinhas e não é de hoje, Ronaldinho lembrou Ronaldo naquele histórico jogo contra o Santos, no Paulistão 2009, quando encerrou mais cedo a carreira do metido goleiro Fábio Costa. O Fenômeno fez um gol por cobertura. Estupendo!

Pois é, o Gauchinho foi mais além. Marcou três gols. Um de falta que foi uma pintura. Tinha que ser colocado em um quadro. Barreira burra pulou e a bola entrou por baixo, rasteirinha. Ou seja, o atual flamenguista tem muita lenha para queimar ainda. E, na casa de Neymar, mostrou toda a categoria que Deus lhe deu. Cracaço de bola, tem sim lugar na seleção brasileira e pode disputar a Copa 2014 com o pé nas costas.

Ronaldinho sim dá para ser comparado a Messi, do Barcelona. E Neymar? Bem, esse tem de comer muito feijão ainda…

E tenho dito!

O circulo vicioso do goleiro bom e do goleiro mau no Timão

Foto: Fernando Dantas/Gazeta PressO Corinthians perdeu de 1 a 0 do Cruzeiro em falha do goleiro Renan. Levou um gol por cobertura, estava adiantado demais, fora de posição. Aí vem o Zé Mané, sempre muito chato, e pergunta: “Mas se ele estivesse jogando, não teria levado um gol desses. Isso é falta de ritmo”. E, desta vez, o Zé Mané está corretíssimo.

O grupo vem blindando Júlio César faz tempo. O técnico Tite também. Renan, uma revelação do futebol brasileiro no gol, só jogou porque Júlio teve uma luxação no dedo da mão. Gozado: o goleiro do Cruzeiro, Fábio, é jovem e titular há tempos na Toca da Raposa. Claro, camisa 1 tem um talento natural, mas é muito mais treino e ritmo de jogo.

Renan falhou? Claro. Mas a culpa não é dele. Grupo precisa assumir a responsabilidade de proteger Júlio César. Tite, paternalista ao extremo, terá de se posicionar. Senão, viveremos sempre o dilema do goleiro Bom e do goleiro Mau. Quando, na verdade, se deixarem Renan estará na Copa de 2014 como titular.

E tenho dito!

Zona Leste não veria um tostão furado se não fosse o Itaquerão

É impressionante como tem Zé Mané lendo Esportes no Brasil. Os caras não percebem a importância das coisas ou não querem compreender. Se a Copa 2014 será no Brasil, a cidade de São Paulo precisa abrir ou fechar o evento. No Morumbi, um lixo de estádio, não dá para fazer nem uma coisa e nem outra. Logo, usando de um silogimso categórico simples (para não dizer simplório), a cidade precisa de um novo estádio.

Poderia ser o Palestra Itália? Sim, claro. Mas a dita futura Arena Plaestra é pequena demais. Faltou, talvez, uma maior visão para os dirigentes palestrinos. Paciência. Então, nada mais natural, que se fazer um novo estádio. E Fifa apostou na ampliação do Itaquerão, a princípio para 45 mil pessoas. E mais: é o clube que irá construí-lo. Dinheiro público entra como incentivo fiscal, não isenção de impostos. Como tem gente burra nesse mundo.

Zé Manés acham que o dinheiro da Prefeitura (R$ 450 milhões, por aí) deveria servir para hospitais, escolas e tudo o mais. É verdade. Mas essa grana só apareceu por causa da construção do Itaquerão para ser a abertura da Copa 2014. Nunca, jamais, em tempo algum a Câmara Municipal iria destinar tamanha verba de livre e espontânea vontade. Quem acredita nisso, crê no Gasparzinho, no Papai Noel, na Fada do Dente, no Bamby do Walt Disney e no Coelhinho da Páscoa. Vereadores nunca estiveram nem aí com a carência da Zona Leste, com raríssimas exceções.

Vamos deixar de teatro e lamentos clubísticos, por favor. Copa é um evento magnífico e trará inúmeros benéficos para o Brasil no geral. Cabe ao povo brasileiro fiscalizar os excessos, o que não é o caso do Itaquerão.

E assim caminham a cegueira, a burrice e a mediocridade…

Itaquerão é nova casa dos 40 milhões do Bando de Loucos

Os cinco operários que fundaram o Corinthians em 1910 criaram um gigante sem saber. Em cem anos de existência, clube somou tradição, raça, garra e vontade de vencer, características básicas de alguém ávido pelo sucesso na vida, sem ter pistolão algum. Nesta quarta-feira, o prefeito Gilberto Kassab assinou lei concedendo incentivos fiscais de até R$ 420 milhões para a construção do Itaquerão. Andrés Sanchez, presidente do Timão, não aguentou e chorou.

As lágrimas também vêm quando se está feliz. Afinal, foram cem anos para realizar o sonho de ter a casa própria e, agora, isso parece não ter mais volta. O ex-presidente Lula, por exemplo. Prefeito Gilberto Kassab teve de obedecer ordens para não perder o bonde da história, assim como o governador Geraldo Alckimin. No entanto, a Fiel nada deve para ninguém.

Faz tempo a Zona Leste é ponto de partida para campanhas políticas; vive sendo alvo de demagogias; pessoal de lá é enganado a toda hora, com promessas sem pé e nem cabeça. Aliás, Itaquera é um “mini-Brasil”, vítima dos espertalhões. Zé Mané faz campanha na Zona Leste e mora no Morumbi, em um belo condomínio fechado.

Ver um estádio sendo erguido naquele local é de uma satisfação imensa. Antes de mais nada, um reconhecimento. Todos sabem o quanto de desenvolvimento e progresso serão levados para aquela região. Hospitais, escolas, ruas asfaltadas, restaurantes, padarias, supermercados e mais uma centena de obras dígnas  dos moradores da ZL públicas.

E um dos responsável por isso é um ex-feirante. Andrés Sanchez hoje assume a condição de empresário, mas na origem sempre foi humilde, um trabalhador como milhões de brasileiros. Por isso, ele chorou. O sonho de uma criança pobre se realizou. E outras milhões de crianças pobres de hoje terão onde torcer pelo Timão, do lado da casa delas. Nada de zombarias e humilhações. A casa do Corinthians é a moradia da Fiel, o teto para abrigar um enorme coração, que só um Bando de Loucos pode entender.

E tenho dito!

Sanchez sacrifica volta de Tevez pelo poder político

Foto: Gazeta PressO Corinthians desistiu oficialmente de Carlitos Tevez. A diretoria resolveu colocar no site do clube uma explicação estranha: não teria sido por dinheiro e nem por problemas internos do clube. O grande obstáculo era a “falta de tempo”, o que não deixou de ser uma desculpa esfarrapada. Dessa forma, o sonho da Fiel de ver novamente Tevez com a camisa alvinegra terá de esperar até janeiro, quando entra o dinheiro da TV (cerca de R$ 110 milhões) e uma nova investida deve ocorrer.

Só tenho a lamentar a tremenda mancada da diretoria corintiana, que desistiu do negócio por causa das próximas eleições. O envolvimento de Kia Joorabchian provocou um clima de revolta até entre os aliados do presidente Andrés Sanchez, que não enviou um representante sequer para Londres, deixando todo serviço para um empresário “queimado” no Parque São Jorge.

E assim caminha a mediocridade…

Política e passado, os motivos reais para afastar Timão de Tevez

Um problema relacionado à política interna do Corinthians pode estragar as negociações com o Manchester City e a volta de Carlitos Tevez ficar para uma outra vez. O nome de Kia Joorabchian traz tristes recordações para os atuais conselheiros do clube que, por sua vez, já começam a pressionar o presidente Andrés Sanchez. Primeiro, a notícia de que por uma quantia a mais de R$ 20 milhões, o Conselho Deliberativo teria de ser consultado.

Ledo engano. Pelo estatuto, isso só deve ocorrer quando for relacionado à um empréstimo. Agora, a preocupação é outra. Que o ex-presidente da MSI esteja por traz da volta de Tevez e negocie pelo Timão. Como as eleições do clube serão daqui a oito meses, pode ser que membros do Conselho favoráveis a Sanchez mudem de lado. Todo cuidado é pouco. Atual presidente quer fazer o sucessor e a situação parece tranquila. Mas um delize e a Oposição pode ter lucros incríveis.

Sem falar que 40 milhões de euros (pouco mais de R$ 100 milhões em quatro anos) não deixa de ser um investimenro de tirar o fôlego em termos de futebol brasileiro. Segundo as más línguas, tem gente torcedo por uma resposta negativa do City. Ou seja, tanto barulho para absolutamente nada.

E assim caminha a mediocridade…

City aceita proposta e Tevez já é do Corinthians, eu já sabia…

Madrugada do dia 18 de julho de 2011. O jornal inglês EXPRESS matou a pau e deu com exclusividade. Finalmente, o Corinthians e o Manchester City chegaram a um acordo e Tevez foi liberado pela quantia de 40 milhões de euros. A palavra final foi dada pelo técnico Mancini. Afinal, por gostar muito do hermano, treinador resolveu liberá-lo. Disse que não aguentava mais os lamentos de Carlitos, saudoso da família e das filhas.

Contratação de Tevez, aqui entre nós, foi um golaço de placa da administração Andrés Sanchez. Aliás, aquisição superou a de Ronaldo, em 2009. Fenômeno estava em fim de carreira, apesar de dar dois títulos ao clube (Paulistão invicto e Copa do Brasil). Tevez, ao contrário, vive auge atlético e técnico, passando a ser um reforço considerável rumo ao título do Brasileirão.

Eu já sabia.

E tenho dito!

Vexame da Copa América preocupa na Copa 2014: faltam craques

O Brasil caiu fora da Copa América pela porta dos fundos. Perder a vaga para o fraquíssimo Paraguai lembrou aquela eliminação diante de Honduras. Simplesmente ridículo! O problema, porém, não se resolve com a queda precoce na Copa América. E a Copa de 2014, como é que fica?

Neymar, Ganso, Lucas Marcelinho, Lucas Leiva, Thiago Silva, foram muito mal. Principalmente, os jogadores do “decantado” Santos. Quando disse aqui nesse espaço que a Libertadores foi de um nível técnico péssimo, fui criticado. A prova está aí: nem Ganso e muito menos Neymar deram conta do recado com a camisa da seleção brasileira.

Pobre Mano Menezes. Esse ainda apostou nesses moleques (mais preocupados em ver novela da Globo do que jogos da dita competição). Ex-treinador do Corinthians terá de começar tudo outra vez. Agora, voltando-se para as revelações do Brasileirão 2011 e torcendo para Kaká recuperar-se, assim como Ronaldinho Gaúcho e o Imperador Adriano.
E assim caminham os falsos ídolos e a mediocridade…

Obrigado, São Jorge! Carlitos Tevez está de volta ao Corinthians.

O atacante Carlitos Tevez, do Manchester City e da seleção argentina, está de volta ao Corinthians. As negociações estavam rolando durante a Copa América e tudo dependia da família do jogador tomar uma decisão final, o que aconteceu nesta segunda-feira.

Ele não adaptou-se ao ambiente da cidade de Manchester e avisou que não iria retornar ao clube depois de terminada a competição.

Carlitos já passou pelo Timão e foi campeão brasileiro em 2005. Semana passada, em declaração exclusiva, desmentiu que estava indo para o Santos. No entanto, houve sim uma proposta oficial do clube da Vila Belmiro.

Por vontade do próprio Tevez, o Timão foi o escolhido. Ele nunca escondeu a paixão pela equipe de Parque São Jorge. Hermano da Fiel está empolgado com a idéia. Afinal, a Copa 2014 será no Brasil e a abertura, no estádio do Corinthians, o Itaquerão.

Entre Corinthians e Carlitos está tudo acertado. Nas próximas horas, o empresário do jogador, Kia Joorabchian, deverá entrar em acordo com o City. Carlitos pode vir por empréstimo ou até mesmo em definitivo.

Obrigado, São Jorge! Deus ouviu minhas preces e as orações da Fiel.

VOLTA CARLITOS TEVEZ!, eu pedia.

E Tevez retornou.

E tenho dito!