Capricho no social e na bola

Sérgio Barzaghi/Gazeta Press

Sérgio Barzaghi/Gazeta Press

Euforia, gente! A Seleção joga no Brasil de novo. A CBF faz a festa em São Paulo. Capricha nos preparativos porque o evento é importante. Na frente do estádio, nesta quarta feira, fui ver certa montagem de perto. Ergueram em aluminio e peças de acrílico e vidro um enorme auditório do lado de fora. Mesa comprida para os organizadores e convidados, todo acarpetado, ar condicionado, muitas luzes, televisores e perto de umas 200 poltronas. Tudo bem escolhido. Quem tiver acesso não poderá se queixar.

Justificável o empenho em causar a melhor impressão já que teremos dois eventos mundiais da maior importância – Copa das Confederações e a da Fifa. Bonito que cada detalhe chique, num clima mais elegante possível, sirva de pequena amostra do que o anfitrião poderá oferecer aos estrangeiros nos anos 2013 e 2014.

Tudo ótimo, mas a Seleção vai jogar. Portanto, nada de causar boa impressão apenas do lado de fora. O povão brasileiro vai querer gols, jogadas de alto estilo e, óbvio, vitória dos craques dirigidos pelo Mano.
Para a galera, precisa ser lindo lá dentro, ao rolar da bola. Daí, o time precisa corresponder. Até pela diferença técnica e experiência histórica, vai acontecer desse jeito. Não faz mal se não for show de bola, mas pedir uma atuação caprichadinha não é demais.

Poxa, faz tempo que a amarelinha não bate uma bola por aqui. É bom lembrar que quem já viu tem direito a matar a saudade. E quem comparecer pela primeira vez estará querendo começar a ser feliz com Neymar e seus colegas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>