Sem essa de Grupo da Morte

Foto: Fernando Dantas

Quem sabe não escolhe adversários. Na Copa das Confederações (também) não tem essa de tentar fugir. Ora, forte por forte, o futebol do Brasil sempre foi –  mais que todos! – e eles é que deveriam se preocupar. Como em tudo na vida, quem conhece não estranha parada. Ao contrário, vai lá e desempenha.

Não vejo nenhuma dificuldade em jogar no grupo A. Encarar a Itália é normal, ou seja,é só mais um confronto de adversários que se respeitam. Agora, chamar de grupo da morte porque tem México na mesma tabela, decididamente, é se assustar demais. 

Se é para voltar a jogar bola como sempre soubemos, se, de fato acreditamos em Felipão orientando como se deve os craques brasileiros, melhor que seja mesmo contra quem vier. Importante é impor nosso estilo, sobretudo usando pra valer os fatores campo e torcida.

Que bobagem falar do Grupo da Morte…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>