Tricolor mais que cuidadoso

Djalma Vassão/Gazeta Press

Djalma Vassão/Gazeta Press

O São Paulo é o favorito nesta decisão? Por todas as circunstâncias, tem que ser. Uma decisão que vem terminar em casa sempre joga para as costas do anfitrião, no mínimo, a obrigação de ganhar.

Vai daí, os os fatores em jogo são: dono do campo, torcida enorme a favor, jogadores mais experientes e time maduro contra adversário debutante, sujeito a sentir demais aquele frio na barriga na hora de valer taça.

Os próprios argentinos do Tigre dizem reconhecer, sim, as condições a favor do tricolor brasileiro. Mas… Isso, mas… ( é sempre bom considerar muito o mas… ) acham que tudo isso pode ser nada se fizerem direitinho seu papel de finalistas que não admitem ser vice-campeões. Isso, eles chegam declarando que não se conformarão em ser vice-campeões. Dificil, mas preferem adotar um discurso otimista. A ver…

Tricolor precisa estar preocupado? Sim, afinal é futebol. Respeito é sempre fundamental. Esse jogo tem mais de um século de pegadinhas e surpresas que recheiam sua história. Então, é bom que o time são-paulino entre com toda humildade e mais um pouco. Ney Franco sabe que deve mandar seu grupo a campo para jogar bola, jogar sério, cheio de respeito, pra lá de cuidadoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>