A Fiel sabe decidir

Foto: AFP

Foto: AFP

Nada de novo na estréia corinthiana no Japão. Se alguém punha em dúvida a qualidade do time egípcio começou a cair do cavalo logo após Guerrero fazer o gol do Timão. A imediata mudança tática deles foi só mais uma prova de que não podia haver moleza. Times bobos não disputam um torneio como esse da Fifa.

Esconder escalação, esconder que tem certeza de ganhar, esconder o jogo dentro do gramado – isso tudo faz parte. São algumas das coisas mais velhas do jogo da bola.

Os rapazes do Al Ahly não pestanejaram um segundo sequer quando viram sua casa começar a cair. Deixaram de lado o disfarce, o joguinho de espera e sairam mostrando, aí, sim, o quanto sabem jogar.

Aliás, sabem jogar, respeite-se. Mas são fracos na hora de chutar a gol. E foi por esse seu surpreendente ponto falho que cairam fora da final.

Agora, quanto ao Corinthians, o que precisa mais é marcar direitinho as jogadas do ganhador entre Chelsea e Monterrey para, na decisão, chegar na frente e apanhar o caneco.

Dá para vencer. Mas todo mundo ( lá e aqui ) entendeu bem que vai ser complicado. Tipo do jogo para a Fiel ajudar a decidir. E, como ela está lá, pode fazer isso muito bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>