Incrivel cena inédita!

Bruno Cantini/CAM

Bruno Cantini/CAM

O São Paulo não tem do que se queixar. Perdeu porque falhou, e falhou feio. Inexplicável uma defesa se deixar distrair a ponto de não perceber Ronaldinho isolado e com jeito de quem não queria nada, tomando um gole de isotônico que Rogério Ceni lhe ofereceu, num lance em que a regra do impedimento não existe… um arremesso lateral.

Qualquer tentativa de desculpa é em vão. Durante o jogo, nenhuma bola pode ser desprezada. Alguém tinha que ir marcar o jogador, mesmo com o jogo parado.  Foi ingenuidade incrível  da defesa tricolor. E tem mais: quando Ronaldinho cruzou, dois zagueiros foram para a bola e, ainda assim, quem tocou foi Jô. Nunca vi coisa igual no futebol. Pode ter sido um lance inédito!

Depois de andar mal no primeiro tempo, o time são-paulino até que reagiu, avançou a marcação e ficou bem mais esperto. Tinha tudo para tentar o gol de empate. Tinha… até que Ronaldinho de novo mostrou sua capacidade de prender a bola (agora em jogada normal) mesmo sob pressão na dividida. A resposta dos dois zagueiros do São Paulo aconteceu fora de tempo. E ficou fácil para Rever subir entre os dois e fazer o segundo.

Depois do gol de Aloisio, caiu a ficha. A partida poderia ter acabado em empate. É, podia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>