Domingo dos clássicos

-Palmeiras foi o destaque da última rodada do brasileiro. Venceu o lider Corinthians e ainda apresentou um centro avante perigoso, o Fernandão, que fez, inclusive, o gol da vitória. Valdivia encheu o saco dos corintianos, dando chute no ar. Paulinho e Chicão ficaram bravos. Ponto para o Valdívia. Quando alguém consegue irritar os adversários é porque está cumprindo o papel dele. Chato seria se os homens do Corinthians achassem-no bonzinho.

-Santos e São Paulo empataram. É sempre frustrante um clássico com empate, mas foi justo, reconheço. O São Paulo perdeu um jogador, novamente o estabanado Carlinhos Paraíba, e teve que se defender e contra atacar. Veio o golaço do Lucas e ai foi ataque contra defesa. Quase deu para segurar, porém o empate com gol do Ganso, mostrou melhor o que foi a partida. E o paraguaio Piris voltou a incomodar o Neymar. Foi pau a pau com vitória por pontos do gringo.

-Ricardo Gomes teve novo problema de saúde durante o jogo contra o Flamengo. Foi triste vê-lo saindo no resgate do Engenhão. Esse tipo de cena não combina com o futebol. Meus sinceros desejos para que não tenha passado de um susto.

Como o Grêmio conseguiu ganhar do Inter ? Não vi o jogo, mas foi surpreendente o resultado. Celso Roth já começa a mostrar serviço. Gosto da forma como ele trabalha, apesar de ser muito contestado.

O Ibope é uma piada. Segundo ele, o UFC deu média 12 e só foi primeiro durante a luta do Anderson Silva. Eu estava circulando pela cidade e todas, repito, todas, as televisões que vi, estavam ligadas no UFC. Além disso ouvi gritos e foguetório na cidade depois das vitórias do Minotauro e do próprio Anderson. Como pode ter dado média 12, com alguns poucos picos de 14 ? E olhe que eu não acompanho o esporte, nem entendo nada. Apenas circulei pela cidade e ouvi as conversas, aliás durante o dia todo.

Se perder complica

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Não vejo importancia na Copa Sul-americana, mesmo com a muleta da vaga para a Libertadores. Mas, para o São Paulo foi importante ganhar. Ser eliminado pelo Ceará criaria um clima desfavorável para o clássico de domingo, esse sim uma grande pedreira. Primeiro tempo foi muito ruim, não acabava nunca. Depois do primeiro gol, o São Paulo resolveu o jogo e ficou bom de ver,  já que o Ceará se abriu. Agora vem a fase internacional com um  montão de baba pela frente.

Neymar é pai pela primeira vez. Fora de hora, se pensarmos em carreira, mas ser pai é sempre uma Graça Divina. Que o garotinho seja muito feliz e tenha muito carinho dos pais. Família é essencial e o próprio Neymar sabe bem disso. Ele é uma pessoa diferente no meio por ter os pais sempre ao lado.

Incrível esse Leandro Damião. Quando chegou ao Inter, não conseguia nem parar em pé. O Centro de Aperfeiçoamento, comandado pelo Ortiz, aquele genial ex-craque de futsal, fez dele um matador incrível. É o melhor atacante do Brasil hoje, com folga.

Ronaldinho Gaúcho voltou a marcar. Ele é tão crucial para o Flamengo como o Marcos Assunção para o Palmeiras. Suas bolas paradas são a principal arma do time de Luxemburgo. E, as vezes, ele até faz algumas coisas diferentes. De fato foi mesmo um grande jogador.

Renovação do futebol brasileiro

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Quando assumiu a seleção brasileira há um ano, Mano Menezes deixou bem claro, que iria promover a renovação e o resgate do grande futebol brasileiro. Hoje convocou, nesse processo de renovação, Ronaldinho Gaúcho. E com ele pretende resgatar as vitórias. Não foi assim no jogo contra a Argentina, na própria éra Mano, quando o time com Ronaldinho, simplesmente,  jogou feio e perdeu. Já vi também, nessa renovação, Lúcio, Maicon, André Santos e citações insistentes por Kaká que,  provavelmente, voltará em breve. Quanto ao futebol “de sonhos”,  que se prometeu, por enquanto, é somente do sonho dos adversários. Essa é a situação. E quando as coisas não andam no Brasil, entramos no “outrismo”. E o “outro” da vez é o Ronaldinho Gaúcho. Com ele melhorará, garantem. Aguardemos. O jogo da volta dele é um lixo, contra o time B de Gana, ferrando nossos clubes  no Nacional, mais uma vez, para encher os cofres da CBF. Porém,  do jeito que está,  até Gana B poderá criar dificuldades. Aí escolherão “outro” para salvar a Pátria. Por hora vamos “renovando” com Ronaldinho, que já não não servia em 2010, também por negar fogo em 2006, ou seja,  há mais de cinco anos. Mas, há que se respeitar. Enquanto esse “outro” da vez não fosse chamado, ele jogaria um bolão com a camisa do Brasil. Melhor chamar logo, para tirar a teima.

Texto de sábado dia 13 de agosto de 2011

 

O PEQUENO CORAÇÃO

 Texto de Lula Freire

 O tempo dedicado às primeiras criações já havia passado. Enquanto na Terra as novas matérias se ajustavam, trancado em uma nuvem branca, o senhor trabalhava com afinco num misterioso projeto.Diversos dias de alguns minutos se passaram e finalmente num entardecer recém-criado, as portas da nuvem se abriram e a figura do Mestre apareceu, trazendo entre as mãos, cheio de cuidado, sua mais nova obra: um pequeno coração que batia mais firmemente do que qualquer outro coração já projetado.Correndo o olhar pelo Universo, determinou à mais próxima estrela que se aproximasse, e que transportasse aos novos jardins da Terra, aquilo que se tornaria o símbolo da vida.Antes que a estrela partisse, a forte voz do Criador fez-se ouvir pelo espaço infinito: “Pequeno Coração” – disse o Senhor – “foste criado com a mais importante matéria que um coração já recebeu. Tua essência é o resultado das minhas emoções. O teu dono não será um só, mas tua força será única. Terás que bater durante toda a tua vida, sentindo as alegrias e tristezas de um corpo que não será o teu. Não poderás jamais esperar que de ti precisem para que te faças presente. Em momento algum poderás esperar recompensa pelo que fizeres, pois tua própria recompensa será haveres feito o que tiveres de fazer. Não terás conta alguma a acertar pelo que deres, e as lágrimas que derramares, não te haverão de ser devolvidas.Terás de superar a dificuldade de aceitar o incompreensível e de compreender o inaceitável.Ficarás menor em cada adeus, palpitarás descompassado em cada angústia e transformarás tua própria incerteza numa palavra de esperança. Hás de sentir em ti a dor que não será tua e serás capaz de oferecer todo um teu dia por um momento de alegria. Serás obrigado a esquecer as faltas que te fizerem, e não poderás sequer desejar que as mesmas faltas não se repitam.Se tiveres a oportunidade de te sacrificares para que outro sobreviva, não deverás hesitar, pois este deverá ser o teu caminho, e só então nesse dia, alcançarás a glória de tua vida.E por te fazer tão perfeito, e por te prever tão ferido, haverás de ser conhecido como o coração de um pai e amigo.”

Corinthians, seleção, Santos e Barça

Foto: AFP

Foto: AFP

Corinthians mostrou força. Tite fez uma alteração bem interessante depois do 2 a 0 da primeira fase e o lider manteve-se bem. Finalmente o Emerson fez um partida no nível que se espera dele e agora, mesmo que o Flamengo ganhe do Atlético Goianiense, a liderança estará mantida.

A seleção da molecada sofreu, mas mostrou competência e estará novamente numa final de categoria de base. Essa seleção portuguesa, adversário do Brasil, não sofreu nenhum gol durante todo certame e se classificou contra a Argentina numa largura incrível. Não custa tomar cuidado. Será o embalo de sábado a noite, afinal 10 da noite, não é para qualquer um.

Vi o Barcelona ganhando a Super Copa da Espanha. Foi um jogaço e a distância para o Real Madrid parece que diminuiu. A diferença foi o Messi, outra vez. Enquanto ele brilhava, Cristiano Ronaldo seguia escondido. E o Iniesta, que admiro tanto, cada vez me lembra mais o nosso querido Tostão. Foi o grande jogo do dia.

E Santos? O que será que está acontecendo? Não esperava que brigasse pelo título, mas menos ainda, que corresse risco de cair. Ainda não creio nessa hipótese, porém seria conveniente viajar para o Japão, no fim do ano, sem fazer contas de sufoco. O Neymar tomou o quinto cartão amarelo em cinco jogos.  Será que mereceu mesmo todos eles? Claro que não. Juiz palhaço, querendo aparecer é o que não falta.

Por que tanto escândalo?

Foto: AFP

Foto: AFP

Caramba, o Brasil perdeu da Alemanha, da grande Alemanha, e está esse escândalo todo. Afinal, será que o Brasil é tão superior assim à Alemanha na história do futebol ? Ou os brasileiros seguem com a pretensão de que são os melhores indicutíveis? . O time alemão atual é muito melhor que o brasileiro,  jogou em casa e foi 3 a 2. Tudo normal. O resto é pachequismo puro. Agora, que a seleção brasileira não está jogando nada, eu concordo, mas isso porque jogou fora todo o trabalho do Dunga, enquanto os alemães, que também perderam a última Copa, aproveitaram e aperfeiçoaram. Aí é questão de inteligencia,ou de falta dela, não de futebol.

Mais uma vítima da indiferença

O Walter Pimentel trabalhou ontem até as 20 hs, aqui no Gazeta Esportiva.net. Pegou o metro, parou para comprar algo, para jantar com a mãe. No supermercado  encontrou a morte. Levou um tiro de um bandido, que muito provavelmente já tem várias passagens pela polícia, porém está solto. As nossas leis mostram indiferença com os cidadãos. Elas protegem marginais. É vergonhoso. Os legisladores, talvez pensando neles mesmo, cada vez deixam os trabalhadores mais expostos. Por que tanta proteção a bandidos?  Há quanto tempo não se faz algo que intimide marginais? Estamos à merce deles. Eles, não. Têm toda cobertura juridíca, que  precisarem,  para seguirem cometendo seus crimes. Meus sentimentos a família do companheiro que se foi. Duvido que alguém dos “direitos humanos” compareça  para lhes apoiar.