As fábulas do Palmeiras

Como diz um colega meu:  “Parece que os times de São Paulo estão com a bagaça”, em referência aos investimentos em contratações. “Nem todos, nem todos”, diria o outro!
Isso mesmo, o Palmeiras está destoando dos demais considerados grandes do futebol paulista.
Trouxe o consagrado goleiro Fernando Prass e o ainda comum lateral Ayrton. Pior que não ter grana para investir são as atitudes pequenas de um clube que ocupa a condição de grande.
O sempre queridinho e irresponsável Valdivia continua aprontando, se machucando e claro,  abençoados pelo patrão.
Até o técnico Gilson Kleina, que fracassou ao tentar salvar o clube do rebaixamento, resolveu lavar a roupa suja publicamente e criticou as atitudes ou falta delas, do patrão.
Por vergonha ou por medo, não sei, a equipe treina escondida da imprensa e dos torcedores.
Estaria Kleina implantando uma revolução tática? Enquanto os demais grandes tiram proveito do espaço que as mídias proporcionam, para “alegria” dos seus patrocinadores, o Palmeiras se esconde.
De tanto pensar e agir como pequeno o Palmeiras poderá alcançar seus objetivos rapidamente, ou não?

2 comentários em “As fábulas do Palmeiras

  1. o problema do palmeiras com a midia é outro. como 85% dos jornalistas torcem para a ponte preta de itaquera e tem verdadeiro ódio de nós, fica dificil sair na midia. que saudades daqueles programas esportivos de antigamente, qdo o que valia, era a noticia e não como é hoje, qdo o que vale são os interesses pessoais e financeiros de voces. mande um abraço para o incorruptivel e honestissimo andrez sanchez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>