Goleiros unidos

Fernando Dantas - Gazeta Press

Hoje as pessoas se comunicam com muita facilidade e todos ficam sabendo ou ninguém toma conhecimento. Principalmente quem não está conectado, antenado, evoluído e coisa e tal.

Então, fico me perguntando: “será que os goleiros dos nossos quatro grandes clubes bateram um papo antes dos jogos?”

Primeiro foi o experiente e competente Rogério Ceni que tomou um gol que nem na várzea se aceita sem reclamação e xingamentos.

Era tão fácil mas tão fácil, que o goleirão colocou no seu curriculo, um gol ridículo.

Ainda bem que o time ganhou do Ituano por 3 a 2 e o gol não pesou tanto e Ceni voltou a sorrir depois do jogo.

No domingo foi a vez de Fernando Prass continuar pegando as difíceis e entregando o ouro nas bolas consideradas fáceis. Será que ele está aprendendo jogar tenis ou volei com o Cássio.

O que está sacando e errando a bola não é brincadeira.

Pior para o Cássio que errou e o Palmeiras marcou com Vinicius. Cássio ainda tem como desculpa que está voltando a jogar agora, mas e o Prass?

Encerrando a rodada, mostrando que eles são unidos, Rafael, do Santos, foi solidário e carimbou logo duas participações que resultaram no primeiro e no terceiro gol da Ponte.

Ficou como um poste no primeiro e foi malandro pastel no último. Assim, não há Muricy que auporte, nem Aranha que fique acomodado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>