Clubes no buraco

Bristol (EUA) – No dia 2 de janeiro de 1971 eu estava no Ibrox Stadium, em Glasgow, na Escócia, para assistir ao grande clássico do futebol do pais: Celtic x Rangers. Ao fim do jogo, um tumulto, um corre-corre, resultou na morte de 66 pessoas esmagadas e asfixiadas nas estreitas escadas que levavam da arquibancada ao nivel da rua.

Rangers x Celtic sempre foi o Fla-Flu da Escócia. Na verdade, mais do que isto, pois a Liga Escocesa, como a Liga Espanhola, é a Liga de dois times só. Agora o Rangers está no buraco, com sua insolvência financeira judicialmente decretada. O time deve mais de 77 milhões de dólares, só ao Imposto de Renda, sem contar as multas. Não tem como pagar, por isto foi imposta a intervenção sobre suas finanças.

O Rangers tem ainda muitos outros credores e não se sabe se poderá continuar a existir. Fica a pergunta: e o campeonato escocês ficará sendo o campeonato de um time só? Se a grande rivalidade Celtic x Rangers acabar (o Celtic é predominantemente o time de católicos e o Rangers o time de protestantes), o que será da Liga Escocesa?

A pergunta vale também para o futebol europeu como um todo. Na Inglaterra, o Portsmouth também está com a insolvência decretada, pela segunda vez em dois anos, embora tenha ganho a Copa da Inglaterra em 2008. Michel Platini, presidente da UEFA, já disse que para a temporada 2013-2014 apenas os clubes que puderem provar que tem mais rendas do que despesas  serão admitidos na Liga dos Campeões e na Liga da Europa.

Manchester City, Chelsea, Mílan, Paris Saint-Fermain, Barcelona e Real Madrid já garantiram que vão cumprir a derterminação. Afinal, ela é feita para seu próprio benefício. Toda a economia europeia se encontra em crise e, se os clubes de futebol não se compenetrarem de que também estão sendo afetados, irão juntos para o buraco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>