Colombianos na América

Bristol (EUA) – A mídia americana (e a mundial também) fala muito de jogadores como Thierry Henry, Rafa Marquez e David Beckham na MLS, a Liga de Futebol dos Estados Unidos, mas o que poucos sabem é que o país estrangeiro que tem mais representantes nos clubes amerianos é a Colombia.

Menos de metade dos jogadores da MLS nasceram nos Estados Unidos: 48,8%, para sermos exatos. Depois, o país com maior número de jogadores é a Colombia, com 4,7%. Quase um em cada 20 jogadores na MLS é colombiano.

O motivo? O futebol colombiano passou a viver uma crise financeira depois que o governo do país decidiu dificultar a lavagem de dinheiro de traficantes de drogas através de clubes. Isto aconteceu depois que o governo americano congelou depósitos bancários de clubes colombianos nos Estados Unidos, colocando-os na chamada “lista Clinton”, que arrolava as empresas do país andino que tinham investimentos de traficantes.

O resultado é que os clubes colombianos passaram a pagar menos e, muitas vezes, a atrasar o pagamento dos jogadores. Para eles, jogar na MLS virou uma solução,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>