Eu gostei da seleção!

Que bela festa o povo paraense fez para a seleção brasileira! Exemplo de paixão e de civismo ao cantar o hino nacional em alto e bom som. Arrepiei!

Gostei da seleção, mais ofensiva, mais determinada, só que a pontaria… Cortês foi excelente em campo. Neymar fez alguns belos lances, mas ainda não converteu. Ronaldinho não afinou para os argentinos, mas também não deu o nome.

Os argentinos jogaram duro. Fiquei com pena do Lucas, tomou um tapa absurdo do Papa, que de santo não tem nada e merecia ter tomado um belo cartão amarelo!

Estava apostando num placar de 3 a 0 para o nosso Brasil, mas 2 a 0 e o troféu estão de bom tamanho. Parabéns ao Lucas, que deu, literalmente, o sangue em campo pelo time, e ao Cortês, esse rapaz pra mim já é o titular  da lateral esquerda!

A volta do Fabuloso!

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Contagem regressiva para o retorno de Luís Fabiano aos gramados! Domingão, tem parada dura contra o Flamengo, no Morumbi. Ele tem melhorado a cada dia, mas acho que ainda não está 100%.

O Fabuloso é o 12º maior artilheiro da história do São Paulo. Desde sua apresentação no dia 30 de março, a expectativa pela sua volta é um dos maiores sonhos da torcida. Afinal, não é pra menos: o cara tem faro de gol, foram 118 em 160 jogos. Não é à toa que sua volta é vista como a salvação da pátria para o clube no campeonato.

E você. o que acha?

Que joguinho!

Emerson e Juan

Djalma Vassão/Gazeta Press

Eu realmente esperava assistir um clássico, mas ontem à noite São Paulo e Corinthians foi sofrível… Que saudade daquela belíssima partida entre Santos e Flamengo na primeira fase do Brasileirão!

O Corinthians esteve medroso em campo, no primeiro tempo finalizou só uma vez, que vergonha! Do outro lado, o time de Adílson Bastista mandou sete bolas para o gol, uma delas a de Casemiro, que bateu na trave.

A minha sensação é que daria São Paulo, mas quando as equipes foram para o vestiário, o Tricolor esfriou, enquanto o Corinthians voltou firme na intenção de não tomar gols.

Émerson teve uma belíssima chance, assim como Willian, mas a pontaria do jovem rapaz não anda mais a mesma… Também não sei o que está acontecendo com Lucas… No final das contas, Tite levou a melhor: o empate teve gostinho de vitória e o mantém no cargo por mais algum tempo.

A casa caiu!

Foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press

Foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press

A tragédia já estava anunciada, o clima não estava bom no clube e depois de 17 rodadas na liderança, o Corinthians perdeu para o Santos e deixou a ponta da tabela caindo para terceiro lugar. Todo mundo sabia que uma hora ou outra o Corinthians iria sucumbir, a equipe não é forte e o time não convence ninguém, nem a si mesmo.

Apesar de ter jogado melhor do que o rival no começo, o segundo tempo foi devastador. Alguma coisa precisa mudar para que a equipe não vá ladeira abaixo. Ainda há tempo. Mas uma coisa eu sei: Tite não sai, a multa é de 5 milhões de reais.

Quarta-feira tem clássico: Corinthians e São Paulo. O bicho vai pegar.

Timinho…

Tá difícil mesmo assistir jogo da seleção brasileira. Tudo bem que o time foi montado pela primeira vez e treinou uma ou duas vezes, mas até uma pelada de final de semana é mais divertida. Tirando o belo lance de Leandro Damião, os 90 minutos não valeram a pena. Até o treinador argentino cumprimentou o atleta depois do jogo: “Faz tanto tempo que não via uma jogada assim que não nem me lembro o nome”, disse Sabella.  

O time brasileiro não marcou, não ia pra cima dos argentinos, tomava sufoco quando os hermanos atacavam, a sorte era a falta de pontaria deles, e infelizmente a nossa também. Esperava tanto de Ronaldinho Gaúcho, esperava tanto a genialidade de Neymar… cansei.

 Mano Menezes está com os dias contados.

E o Palmeiras?

Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressFalando da rodada…

Leandro Damião destruiu o Palmeiras, fez três gols. Ponto pro Inter. Os telespectadores do Mesa Redonda me escreveram dizendo que o Palmeiras virou a Portuguesa. Os jornalistas do sul descrevem Leandro Damião como um jovem humilde, sorridente, que revelou ter sido corintiano na infância e hoje pediu a camisa para o goleiro Marcos no final do jogo.

Eu, sinceramente, não sei o que acontece com o Verdão. Os três maiores treinadores do país não deram certo no time: Luxemburgo, Muricy e Felipão…

Dá-lhe Corinthians!

Foi do jeito que os corintianos estão acostumados: muito sofrido. A partida contra o Flamengo mostrou um Corinthians guerreiro e muito competente dentro de campo.

O clima era de muita pressão. Com a vitória do Vasco, o alvinegro poderia cair para a quarta colocação. Destaque para o Liedson que tomou um soco na boca do estômago do Gustavo, vergonhoso… O Levezinho respondeu da melhor forma: com gols.

Tite desabafou depois da vitória: “Tem que ter um técnico corajoso e que tome pau.”

Lição de casa feita, que venha o Fluminense!