Seleção vence, mas convence?

Finalmente uma bela apresentação digna de seleção brasileira! A equipe de Mano passou fácil, fácil pelos Estados Unidos e mostrou que é forte candidata à medalha de ouro nas Olimpíadas de Londres.

Os destaques da partida foram Rafael , que fez belíssimas defesas e, claro, ele, Neymar. O craque desequilibrou e foi o comandante da goleada.

Mas calma, a seleção foi bem, mas isso não significa que não tenhamos problemas, afinal o time dos Estados Unidos é fraco. E aí, o que você acha?

Vai que é tua, Corinthians!

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Foi sofrido, como já era de se esperar. Uma partida acirrada, apertada e disputada a cada lance. Os dois times estiveram mais preocupados em não tomar gol do que em fazer. No final, deu Corinthians!

O Corinthians jogou com muita garra, o Vasco foi pra cima do alvinegro e levou perigo nas cobranças de laterais. Cássio, como sempre muito confiante, fez boas defesas, foi pra cima, mas também se atrapalhou em alguns lances,  nada que comprometesse a equipe.

Paulinho, de cabeça, quase fez!

Segundo tempo e logo no começo Tite foi expulso! O treinador passou a semana na maior ansiedade, estava na cara que não ia segurar a bronca… Precisa ter mais sangue frio, se é que é possível isso numa hora dessas…

Diego Souza teve a bola do jogo aos seus pés e perdeu um gol I-NA-CRE-DI-TÁ-VE!!! Cássio foi fera e encarou a bronca, a bola foi pra fora! Pois é, os vascaínos sentiram saudades de um certo camisa 11 que JAMAIS perderia um gol desses… né não, Romário?

Sheik meteu uma bola na trave, a torcida não parava de gritar, não havia meio do gol sair.

39 minutos do segundo tempo e o jogo continuava eletrizante. A condição física dos atletas dos dois times era impecável. Os caras correram sem cansar e deram tudo de si dentro de campo. A dedicação das duas equipes foi total.

42 do segundo tempo e PAULINHO – GOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLL!!! Foi a cabeçada mais perfeita do camisa 8. O Corinthians está na semifinal da Libertadores!

Vai que é tua, Timão!

São Paulo decepciona em estreia no Brasileirão

Foi uma apresentação lamentável do Tricolor paulista na estreia do time no Brasilerão.

O time de Émerson Leão teve o domínio do jogo, esteve em vantagem no placar por duas vezes contra o Botafogo, mas em 10 minutos vacilou e tomou 3 gols, saindo de campo derrotado no placar e psicologicamente.  

Na minha opinião, a culpa não é do treinador. A equipe paulista é fraca e até que Leão andou fazendo algumas mágicas. O treinador está resistindo no cargo, afinal a diretoria quer fritá-lo a qualquer custo. Vamos ver até quando ele segura a bronca…

Corinthians e Vasco – jogo sofrível!

Zero a zero é um placar horrível, ainda mais para todos que esperavam um jogaço que tinha tudo para ser emocionante. O clássico Corinthians e Vasco, em São Januário, num campo horrível e com uma chuva daquelas deixou a desejar.

Duro pra quem assistiu, ruim pra quem jogou e péssimo pra quem foi ao estádio assistir a apresentação. Faltou futebol, faltou classe… será que quando chove o povo esquece de como é jogar bola? Tudo bem que o campo estava sem as melhores condições e a chuva dificulta mesmo a atuação da rapaziada, mas… foi sofrível. Ok, a defesa do Corinthians é forte, mas falta ataque e sem gols não existe futebol. Cássio, pare de usar amarelo… goleiros não devem usar amarelo e vermelho, chama muito a atenção dos atacantes…

Agora é esperar pelo jogo de volta no Pacaembu.

Contra tudo e contra todos, e a vitória é do Corinthians!

Não foi um futebol de encher os olhos, mas os 3 a 0 contra o Emelec deram grande ânimo à equipe corintiana e à torcida.

O Corinthians deveu futebol no primeiro tempo, teve pouca posse de bola, não acertava os passes, mas chutou muito a gol, o que fez com que a equipe conseguisse um belo resultado no final. A defesa do time é forte, Paulinho jogou muito bem e o Cássio vai se firmando no gol.

Adeus tabu, adeus 12 anos sem passar das oitavas! Agora é esperar para encarar o Vasco.

Emelec e Corinthians

Um jogo muito chato e muitas reclamações contra o árbitro após a partida pelos lados dos corintianos Mário Gobbi e Tite. Cá entre nós, quem pensava que o Corinthians iria fazer a lição de casa diante do Emelec se decepcionou. 

Gente, na boa, é muita covardia transferir apenas para o árbitro a incompetência que o time do Corinthians demostrou em campo. Não jogou nada. O Leandro Castán tomar um cartão amarelo aos 6 minutos do jogo é ridículo, isso se falar no Jorge Henrique que fez feio, queria brigar e provocou a própria expulsão. Inadmissível … 

O Corinthians ficou nervoso. Foi um absurdo. No final, Mário Gobbi deu piti reclamando que não deixaram o time treinar no campo. “A sensação da tribuna é que ele operou o time do Corinthians aqui hoje”, declarou se referindo ao árbitro. Tite também falou muito. 

O ponto positivo foi a boa atuação do goleiro Cássio. Agora é esperar a decisão no Pacaembu. E aí, corintiano, é hora de você dar a sua opinião! O espaço é seu!