A novela acabou: Ganso é tricolor!

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.netFinalmente, Ganso é do São Paulo! Depois de 162 jogos pelo Santos, 36 gols, três títulos paulistas, uma Copa do Brasil e uma Libertadores, Paulo Henrique Ganso irá buscar no São Paulo a boa fase que viveu em 2010 no Santos.

A novela durou 32 dias, foi tumultuada, mas para a felicidade dos torcedores tricolores chegou ao fim justamente a tempo dele ser inscrito para jogar o Campeonato Brasileiro.

O valor da contratação chegou perto dos 24 milhões de reais. O São Paulo desembolsou 16,4 milhões e ficará com 32 % dos direitos federativos do atleta. A duração do contrato é de cinco anos e o salário estimado em 350 mil reais por mês. Se o jogador for vendido nos próximos dois anos , o Santos ainda levará 5% do valor líquido de uma eventual negociação.

Ganso chega ao tricolor com status de maestro: será a peça que faltava no meio campo de Ney Franco e vestirá a camisa 8 que pertencia a Fabrício, lesionado.

E você, acredita que Ganso será o novo ídolo da torcida tricolor? O espaço é seu.

Será que vai cair?

Sergio Baarzaghi/Gazeta Press

Sergio Baarzaghi/Gazeta Press

Oi pessoal! Como foi o final de semana de vocês? Para os palmeirenses não foi dos melhores…

Sinceramente, eu achava que hoje o Palmeiras iria vencer do Corinthians. O futebol tem aquele lance de caixinha de surpresas, de acontecer o imponderável dentro de campo… no entanto, não foi isso que vimos hoje. Deu a lógica. O Corinthians era o favorito e afundou ainda mais o Palmeiras. A situação do time beira o desespero.

Romarinho marcou logo aos 21 minutos do primeiro tempo e Paulinho sacramentou aos 8 minutos do segundo tempo. Valdívia teve um gol anulado.

Pontos negativos:

1) a atuação de Luan. O atleta estava fora de si, sem equilíbrio dentro de campo. Prejudicou o time.

2) O Pacaembu foi depredado por palmeirenses. Por enquanto a conta é estimada em 12 mil reais e vai ser enviada para o Palestra Itália.

3) O Palmeiras está completamente perdido dentro de campo, e o pior, fora também. Parece um navio navegando sem rumo e sem comando. Falta um líder dentro e fora de campo.

4) Afinal de contas, Felipão foi demitido ou pediu demissão? Não explicaram isso para a torcida até agora. O repórter Wanderley Nogueira diz que a iniciativa partiu de Felipão e que a diretoria não fez a menor força para o treinador continuar. Gente, na boa, ruim com ele, pior sem ele. Ainda mais sem um treinador para assumir a equipe.

5) Muito mais do que um treinador, a atitude para mudar dentro de campo precisa partir dos atletas. O grupo precisa assumir a responsabilidade, todos os atletas precisam se unir e lutar em favor da equipe. Um time como o Palmeiras não merece estar numa situação dessas. Haja coração ao pobre torcedor palmeirense!

Adeus, Felipão!

Djalma Vassão/Gazeta Press

Djalma Vassão/Gazeta Press

Acabou a família Scolari. Se bem que, na verdade, desde que Felipão chegou ao clube em 2010 não conseguiu formar uma família de verdade. Apesar de ter vencido a Copa do Brasil este ano, o Palmeiras nunca convenceu. A derrota de ontem para o Vasco por 3 a 1 foi a gota d´água que faltava para fazer o copo transbordar e a paciência acabar.

A situação do Palmeiras é muito ruim. São 14 derrotas em 24 jogos no Brasileirão. A equipe está muito perto de ser rebaixada.

Sinceramente, não sei se foi o melhor momento para demitir o treinador, afinal domingo tem clássico com o Corinthians.

Alguns torcedores pedem Jorginho. A diretoria pensa em chamar Émerson Leão.

Mas por que o Palmeiras estaria nessa situação? Muitos dizem que um dos motivos seria o mau relacionamento entre o treinador Felipão e os jogadores que já estaria desgastado há tempos. Enfim, só o tempo nos mostrará qual o futuro do Verdão…

E pra você, quem é capaz de tirar o Palmeiras da zona da degola?

A palavra é toda sua.

O Gigante da Fiel

Conheça um pouco mais sobre da história do goleirão Cássio, do Corinthians, convidado de ontem do programa Mesa Redonda.

ORIGEM HUMILDE
Cássio Roberto Ramos, 25 anos, é de Veranópolis, Rio Grande do Sul, uma cidade com pouco mais de 24 mil habitantes. Filho de mãe solteira, passou por muitas dificuldades em sua juventude. “Minha mãe muitas vezes ficava sem dinheiro para eu poder conseguir treinar em Porto Alegre, no Grêmio”, diz o jogador.
A mãe de Cássio trabalhava numa casa de família como empregada doméstica.
“Eu nunca cheguei a passar fome, mas nem sempre a gente tinha carne pra comer em casa”, desabafa o goleirão.

HOLANDA
Cássio jogou na Holanda por 4 anos e meio, mas atuou em pouquíssimas partidas.
“Nunca deixei de treinar, apesar de não ter chances de jogar. No Corinthians foi a mesma coisa, mas sempre treinei muito forte. Se eu não tivesse me preparado, o Tite não teria me colocado em campo”, conta o atleta.
Para ter forças para encarar o período que ficou na Holanda, Cássio revela seu segredo: “Sempre tive muito apoio da minha familia e me lembrava de minha origem humilde”.

CONSELHO
“Hoje em dia é muito difícil chegar ao profissional, tem muita concorrência e tem que tomar cuidado com as armadilhas do futebol, as festas… Mas sempre me lembro de onde comecei e sei que hoje tenho muita visibilidade, então tenho que estar sempre treinando para continuar nesse nivel. As pessoas querem carro, casa e esquecem de jogar futebol”.

SELEÇÃO BRASILEIRA
“Fiquei um pouco surpreso com a convocação, achei que iria acontecer mais futuramente”.

JULIO CÉSAR

“Quem conhece o Júlio sabe que ele é uma ótima pessoa, ele foi titular por 2 anos do time e campeão brasileiro. É difícil porque eu acabei tomando a posição dele, mas ele nunca teve má vontade comigo.”

CONTRATO COM O CORINTHIANS
“Meu contrato vai até 2015 e eu pretendo continuar no Corinthians por muito tempo ainda”.

CURIOSIDADES

Cássio, ao contrário dos demais companheiros de equipe, gosta de rock pesado. Nos fones de ouvido, uma das bandas preferidas é o Likin Park.

MAIOR GOLEIRO
Na opinião de Cássio, um dos maiores goleiros que tem como fonte de inspiração é o argentino é Oscar Córdoba.

Susto na Fórmula 1

Foto: AFP

Foto: AFP

Hoje de manhã tomei um susto ao ver a largada do GP da Bélgica!

A primeira curva da pista, já conhecida por seus acidentes, foi palco de uma grande batida.

O piloto da Lotus, Grojean, deu uma grande fechada em Hamilton após a largada, e os dois carros fizeram um verdadeiro strike na Ferrari de Alonso.

O susto foi grande, Alonso não saia do carro e nenhum replay era exibido. Parecia que alguma coisa mais séria tinha acontecido.

As equipes e pilotos estavam assustados com a cena de destruição, mas felizmente Alonso saiu do carro apenas com uma dor nas costas.

Ele ficou sem conseguir respirar dentro do carro porque o sistema anti-incêndio da Ferrari foi acionado.

A Lotus passou apenas a dois palmos da cabeça do piloto espanhol, líder do campeonato e que nasceu de novo hoje…

Grojean foi punido e não correrá em Monza.

Um grande susto nesta manhã de domingo. Mais uma vez a F1 mostra que tudo pode mudar em apenas um segundo!