Você é a favor da tecnologia no futebol?

reprodução - TV

A polêmica envolvendo o gol de Barcos no final de semana quando o Internacional venceu o Palmeiras por 2 a 1 continua dando o que falar. O Palmeiras quer a anulação do jogo. O Inter defende uma possível punição ao atacante por conduta indisciplinar.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva resolveu se manifestar e aceitou o pedido de impugnação feito pelo Palmeiras e solicitou à CBF a suspensão do jogo e a retirada dos pontos do Internacional até que o julgamento seja realizado. Tudo isso porque o árbitro teria tido acesso à informação de que não tinha sido gol pelo quarto árbitro, no entanto, este teria obtido a informação por meio de interferência externa.

Aproveito esse tema para discutir o uso da tecnologia no futebol.

O que você acha? Em pleno século 21, devemos ainda ser reféns da falha humana ou será que a justiça deve prevalecer?

Os que defendem o uso da tecnologia, defendem também a justiça no futebol. O melhor realmente vai vencer e prevalecer, ninguém ficará refém do simples erro, da incompetência ou até mesmo da má intenção do árbitro em determinado lance.

Já os que são contra o uso da tecnologia são os mesmos que defendem a polêmica e a democracia no futebol. A polêmica porque ela é inerente ao esporte. Já quanto a democracia, hoje em dia, em qualquer canto do planeta, um grupo de pessoas pode se reunir para bater uma bolinha, qualquer campeonato pode ser disputado, seja no interior ou entre grandes clubes. Não é em todo lugar que é possível o uso e acesso à tecnologia.

Enfim, uma discussão que precisa ser levada em consideração. Mas o que interessa aqui é a sua opinião. O que você acha? A tecnologia deve ou não fazer parte do futebol? O espaço é seu.

25 comentários em “Você é a favor da tecnologia no futebol?

  1. Absolutamente sim mas ai no Brasil pelo visto depois do gol de mao do Argentino Barcos do palmeiras tambem vai ter que cada jogador usar um anel com chip para ver se o gol foi feito com a direita ou esquerda

  2. Eu acho que um árbitro e dois bandeirinhas bastam; senão, daqui a pouco vamos assistir a jogos de video-game. Foi uma hipérbole da qual me vali para dar ênfase à idéia, pois o jogo não pode ser paralizado a cada lance polêmico a fim de o árbitro consultar o vídeo no telão. E o Santos fez história como o melhor time do planeta sem eletrotécnica além do video-tape, nas mesmas condições o Brasil encantou o mundo até 1970. A propósito de eu ter me referido a dois bandeirinhas, por que raios agora o uniforme feminino das bandeirinhas tem um calção que insinua ser uma mini-saia?, isto depõe contra a profissão. E por que não há mulheres apitando jogos importantes, mandando mesmo na bagaça? Será porque elas são mais difíceis de serem corrompidas pelos esquemas de compra da arbitragem?

  3. Eu sou a favor do seguinte: com ou sem tecnologia, que a metodologia para se avaliar um lance seja igual para todos. Se vai usar o recurso da tv, legal, mas que seja desde o começo do campeonato, que esteja na regra e em acordo entre todos os clubes. Segundo o site placar real, já garfaram 6 pontos do verdão no campeonato, sendo o segundo time mais garfado do campeonato, e eu não lembro de nenhum juiz parando o jogo por 5 minutos para consultar a tv e não prejudicar o verdão.

    E também sou a favor de outra coisa: que quando existir este recurso de forma oficial, que analisem o lance por inteiro: Antes de fazer o gol de mão, Barcos sofre penalti escandaloso do zagueiro Indio. Se era para analisar pela tv, que o juiz desse o penalti, que foi o que realmente aconteceu no lance.

  4. MICHELLE, SOU A FAVOR DA TECNOLOGIA, OS RÁDIOS DOS JUÍZES DEVERIAM SER GRAVADOS, E PARA NÃO HAVER MAIS ESSES PROBLEMAS DE JOGADORES QUE FAZEM GOLS COM A MÃO OU QUE CAVAM PENALTI OU FALTAS E AGRESSÕES TAMBÉM DEVERIAM SER JULGADOS POSTERIORMENTE AO FINAL DA PARTIDA. MAS NESSE CASO DO BARCOS SOU PALMEIRENSE E ACHO QUE COM TODO ESSE BAFAFA DELE TER POSTO A MÃO NA BOLA ESTÃO COMETENDO UMA TREMENDA INJUSTIÇA COM ELE E O PALMEIRAS, NINGUÉM COMENTA QUE ELE NO MOVIMENTO DE SUBIR FOI ACINTOSAMENTE SEGURO PELO ÍNDIO SOFRENDO PENALTI ANTES DO TOQUE NA BOLA. O SENSO DE JUSTIÇA E MORAL E ÉTICA DOS TORCEDORES VÃO ATÉ O PONTO DE NÃO ESTAR ATINGINDO O TIME DE CORAÇÃO, SÃO PAULINOS DEVEM ESTAR FALANDO DE MAU CARATISMO DO BARCOS, MAS QUANDO O ADRIANO FEZ EM 2008 CONTRA O PRÓPRIO PALMEIRAS ERA CERTO COM CERTEZA, O LUIS FABIANO QUANDO FEZ PELA SELEÇÃO EM 2010 NA COPA TAMBÉM NENHUM BRASILEIRO O CRITICOU, ENTÃO O QUE É CERTO VAI ATÉ QUANDO NÃO ME ATINGE….

  5. Michelle, a tecnologia é uma ferramenta muito poderosa para a arbitragem, mas mudaria muito o futebol como conhecemos. Precisaria estudar muito a maneira de implantá-la, para não tirar o brilho do futebol. A única certeza que eu tenho é que reduziria em uns 80% as tentativas de levar vantagem “SEJA ELA COMO FOR”.
    Quanto à situação do jogo contra o Internacional, realmente é errado colocar intencionalmente a mão na bola para fazer um gol ou tirar o gol (salvo o goleiro). Mas uma coisa me deixou muito desconfortável nesta situação, por favor, me responda: A cada rodada do Campeonato Brasileiro quantos jogadores procuram levar vantagem (simulando pênalti ou falta) para que o arbitro apite pênalti ou falta, muitas vezes convertido em gol, qual a diferença? Onde esta a indignação dos meios de comunicação, arbitragem e clubes para estes tipos de situações também?
    A minha resposta é a seguinte: uns vão dizer “… é mais isto é a malandragem do futebol sul americano”. Seja como for: malandragem, levar vantagem, está errado com ou sem tecnologia.
    Parabéns pelo seu trabalho.

  6. Michelle, a tecnologia é uma ferramenta muito poderosa para a arbitragem, mas mudaria muito o futebol como conhecemos. Precisaria estudar muito a maneira de implantá-la, para não tirar o brilho do futebol. A única certeza que eu tenho é que reduziria em uns 80% as tentativas de levar vantagem “SEJA ELA COMO FOR”.
    Quanto à situação do jogo contra o Internacional, realmente é errado colocar intencionalmente a mão na bola para fazer um gol ou tirar o gol (salvo o goleiro). Mas uma coisa me deixou muito desconfortável nesta situação, por favor, me responda: A cada rodada do Campeonato Brasileiro quantos jogadores procuram levar vantagem (simulando pênalti ou falta) para que o arbitro apite pênalti ou falta, muitas vezes convertido em gol, qual a diferença? Onde esta a indignação dos meios de comunicação, arbitragem e clubes para estes tipos de situações também?
    A minha resposta é a seguinte: uns vão dizer “… é mais isto é a malandragem do futebol sul americano”. Seja como for: malandragem, levar vantagem, está errado com ou sem tecnologia.

  7. Sou totalmente a favor desde que seja regulamentada e tenha as seguintes condições:

    As informações aos árbitros devem ser completas e passadas por profissionais habilitados e imparciais;

    O árbitro deve tomar a decisão imediatamente após receber as informações;

    Deve valer para toda a competição, desde a primeira rodada e para todos os times;

    Jamais poderia ficar a cargo de jornalistas que se mostraram parciais e tendenciosos nesse caso Inter x Palmeiras.

    O episódio Inter x Palmeiras foi muito didático para mostrar como a tecnologia pode ser utilizada de forma indevida para criar benefícios e denegrir uma equipe.

    O jogador Barcos é crucificado hoje, considerando quase um bandido por ter tocado a mão na bola. Porém a mesma imagem que mostra seu toque de mão também mostra que ele sofreu penalidade. Porém, essa penalidade cujas imagens já são amplamente conhecidas e ignorada de forma desoneste pela imprensa.
    Quase ninguém levanta a questão de que se não fosse a infração penal cometida pelo zagueiro Índio, Barcos subiria para cabecear sem ser atrapalhado e teria amplas condições de fazer o gol.
    Tecnologia sim, mas não nas mãos de pessoas não confiáveis como são os jornalistas atuais.

  8. eu fico absmado,com as pessoas que se acham entendidas do futebol e falam tantas besteiras.Estão vendo o lance 50 x pela tv e ainda falam besteiras.O lance do barcos, em primeiro lugar deveria marcar penalti cometido pelo Indio,depois oque o Palmeiras está alegando não é anulação do gol porque foi de mão,de bunda,de chinelo e sim por quem foi anulado usando recursos eletronicos , proibidos pela Fifa.SERA QUE DÁ P/ ENTEDER OU QUER QUE COPIE ?

    NÃO SOU A FAVOR …

  9. Michelle a respeito da reclamação do nosso Palmeiras, é perfeitamente cabivel, pois não é permitido usar de recursos tecnicos, externos ao campo para resolver dúvidas, para isso existe o Juiz, claro que não foi gol, o Barcos fez gol com a mão, mas se não anularem essa partida, O CORRETO É REVER TODAS AS PARTIDAS DESDE O INICIO DO CAMPEONATO E CORRIGIR TODAS AS FALHAS DE ARBITRAGENS, DAÍ REFAZER AS CONTAS DOS PONTOS DE CADA TIME, O PALMEIRAS FOI PREJUDICADO EM PELO MENOS UNS 5 JOGOS, O FLUMINENSE SE FAVORECEU NOS DOIS GOLS CONTRA A PONTE PRETA, E TANTOS OUTROS MAIS.
    O PALMEIRAS PRECISA PARAR DE ABAIXAR AS CALÇAS PARA OS OUTROS, TEM QUE SE POSICIONAR, AFINAL É O MAIOR CAMPEÃO DO BRASIL.

  10. Michelle, se tem profissional ai na Gazeta que respeita os leitores, expectadores, são, você, Garrafa, Vanderlei Nogueira,e o Godoy. o resto, Xico Lang, Celso Cardoso, e o famigerado Flavio Prado, são de uma falta de respeito muito grande. Não sei por que eles não deixam seus espaços para outros profissionais que quer escrever, eles vem quando quer, o Celso então eternamente de férias, Xico Lang, quando abre a boca e quando escreve só fala asneiras, bobagens, improprio para um jornalista sério, Flavio Prado, o pior de todos, mau exemplo, deveria ser banido da casa, e nunca mais voltar, é muito RUIM, COMO APRESENTADOR E COMO COMENTARISTA,deveria receber com louvor o troféu, PIOR JORNALISTA BRASILEIRO, vive falando que aqui no Brasil os Campeonatos são uma m. por que não vai morar no Exterior, notadamente na Inglaterra, onde quem sabe pode conseguir um empreguinho de repórter de campo, isto se souber a língua inglesa o que acho improvável.

  11. Mi,
    Já fui um ferrenho defensor da tecnologia para dirimir dúvidas.
    A questão é QUEM VAI OPERAR OS REPLAYS?

    Quando o então flamenguista Obina foi punido com 5 jogos de suspensão porque o STJD viu imagens dele agredindo o zagueiro Índio do Internacional eu fiquei me perguntando: mas peraí… será que a agressão foi de graça? Será que não existe uma imagem anterior com o Índio agredindo primeiro?
    E aí? onde fica a justiça?
    No mesmo ano vi uma imagem de um zagueiro do São Paulo desferir um pontapé impiedoso num lance fora de bola e a imagem não foi parar no STJD para análise.
    ESSA é a questão: a tecnologia pode vir (e é muito bem vinda), mas precisa de MUITA, mas MUITA discussão sobre como isso será implementado.
    Porque as imagens são sempre geradas pelas emissoras locais, não é?

  12. michele envie meu abraço a todos do mesa e um beijão a vc, parabéns pelo programa. leia aovivo é de minha autoria: o que o palmeiras e a mulher que apanha do “marido” tem em comum ?
    resposta: ambos entra na justiça pra apanhar outra vez.rsrsrsrsrs
    assisto sempre o programa do mesa e o gaseta esportiva e vai CORINTHIANS BI MUNDIAL 3 A 1 NO CHELSEA. Um forte abraço a todos.

  13. sim sou a favor da tecnologia, ao contrario de muitos que querem permanecer na antiguidade, o futebol tem que evoluir junto com o tempo que estamos, se foce pra continuar na mesma diminui o números de câmeras em campo. volta pra bola de capotão e muito mais.
    obrigado!
    abraços a todos.

  14. Pelo amor de Deus me diz quem não é a favor dessa tecnologia, se tem alguém que não é, acho que temos que nos unir e comprar um passaporte de volta pro passados, pra era dos dinossauros. Ah eu me esqueci se não podemos ter essa tecnologia do implante do chip no futebol moderno tão pouco podemos mandar uma pessoa de volta pro passado essa já mais chegaria num mundo real..
    meu forte a braço..

  15. Michelle, sou a favor da tecnologia para lances em relação a posição da bola: Se entrou no gol, se saio para escanteio, se fez a curva por fora da linha etc.
    E também sou a favor para lances disciplinares,como pontapés sem bola, socos e ofensas graves (cusparadas,racismo etc).

    Para os demais lances “duvidosos” continuo achando que os juízes é que devem decidir as partidas. Agora, mais triste mesmo é a falta de honestidade do jogador brasileiro e latino-americano em geral. Cavar, simular e não assumir deveriam ter punição severa por aqui.

    No jogo do Palmeiras x Internacional, eu estava assistindo o jogo e ao vivo deu pra perceber que o cara fez de propósito. Bastava então o Sr. Barcos dizer: “toquei a mão na bola” e toda essa confusão teria sido evitada.

  16. sim,eu sou a favor do uso da tecnologia nos jogos dos campeonatos de futebol. contanto que essa ferramenta seja utilizada com sinceridade e não com nenhum tipo de manipulação. Que ela seja bem vinda ,assim como todo tipo de tecnologia que nos traga benefícios.

  17. COM CERTEZA JA PASSOU DA HORA.QUANTOS GOLS JA FORAM ANULADOS, POR FALTA DO CHIP NA BOLA.NAO ADIANTA COLOCAR UM ARBITRO ATRAS DO GOL ISSO AINDA E MUITO POUCO PARA O FUTIBOL BRASILEIRO.

  18. Michelle, maravilhosa, em um mundo com tanta corrupção e deslealdade, é claro que a tecnologia seria muito bem vinda. Existem árbitros tendenciosos e mal-intensionados e instituições inteiras sem comprometimento com a verdade e a ética (ex. CBF e FIFA ), portanto sou TOTALMENTE A FAVOR de recursos que tirem a exclusividade dos árbitros decidirem lances polêmicos ou duvidosos. Que venha a TECNOLOGIA para o futebol ! Um beijo linda.
    Ricardo B. Neto – Tricolorzaço do Morumbi.

  19. Olá, sou telespectador assiduo do GAZETA ESPORTIVA, gosto muito mas e decepcionante a maneira como você não respeita o resultado das enquetes, o que vale é a opinião da maioria respeite, sua opinião não vem ao caso.

    Seja como o Celso Cardoso, isento, sensato e profissional.

    Abraços, tenha um natal e ano novo abençoados, fica com Deus.

  20. 2012 foi tam otimo para o coringão que ainda fez 4 comentarista de esporte 2 na globo se elias e casa grande dois na bande neto e ronaldo dois escritor vanpeta e paulo andre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>