Você é a favor da tecnologia no futebol?

reprodução - TV

A polêmica envolvendo o gol de Barcos no final de semana quando o Internacional venceu o Palmeiras por 2 a 1 continua dando o que falar. O Palmeiras quer a anulação do jogo. O Inter defende uma possível punição ao atacante por conduta indisciplinar.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva resolveu se manifestar e aceitou o pedido de impugnação feito pelo Palmeiras e solicitou à CBF a suspensão do jogo e a retirada dos pontos do Internacional até que o julgamento seja realizado. Tudo isso porque o árbitro teria tido acesso à informação de que não tinha sido gol pelo quarto árbitro, no entanto, este teria obtido a informação por meio de interferência externa.

Aproveito esse tema para discutir o uso da tecnologia no futebol.

O que você acha? Em pleno século 21, devemos ainda ser reféns da falha humana ou será que a justiça deve prevalecer?

Os que defendem o uso da tecnologia, defendem também a justiça no futebol. O melhor realmente vai vencer e prevalecer, ninguém ficará refém do simples erro, da incompetência ou até mesmo da má intenção do árbitro em determinado lance.

Já os que são contra o uso da tecnologia são os mesmos que defendem a polêmica e a democracia no futebol. A polêmica porque ela é inerente ao esporte. Já quanto a democracia, hoje em dia, em qualquer canto do planeta, um grupo de pessoas pode se reunir para bater uma bolinha, qualquer campeonato pode ser disputado, seja no interior ou entre grandes clubes. Não é em todo lugar que é possível o uso e acesso à tecnologia.

Enfim, uma discussão que precisa ser levada em consideração. Mas o que interessa aqui é a sua opinião. O que você acha? A tecnologia deve ou não fazer parte do futebol? O espaço é seu.

2018 e 2022


Muita gente torceu o nariz para as futuras sedes da Copa do Mundo. Eu, sinceramente, gostei, afinal são países diferentes e que tem muito para mostrar sobre suas culturas.

A Rússia nunca sediou uma Copa e vai gastar cerca de 500 bilhões de dólares em estádios.

Já o belo príncipe do Qatar promete construções arrojadíssimas e estádios climatizados!!! Imaginem quanto isso não vai custar! As Copas dos milhões. Quero ver de perto!

Hora de ir, fui!

Oi pessoal!

Oi pessoal!

Estou super feliz porque hoje começo meu blog de esportes aqui no portal GazetaEsportiva.net

Tenho certeza que vai ser bem bacana ter mais essa forma de interação e contato com vocês.

Quero começar falando sobre o polêmico campeonato de pontos corridos. Meus colegas Celso Cardoso e Osmar Garraffa vivem discutindo qual seria a melhor forma: pontos corridos ou mata-mata.

Claro que o campeonato por pontos corridos é mais justo e premia a equipe que foi mais competente e regular durante o ano, é a preferência entre os jogadores de futebol, Rogério Ceni já defendeu a fórmula com unhas e dentes no Mesa Redonda. No entanto, cá entre nós, falta sim um pouco de emoção a esse tipo de competição.

Eu adoraria ver nessa final um mata-mata entre Corinthians, Fluminense e Cruzeiro para decidir o campeão. Na minha humilde opinião, o campeonato deveria ser de pontos corridos e no final os três primeiros colocados disputariam entre si na forma de mata-mata. Promessa de emoção, estádios lotados e magia na decisão final.

E você, o que acha?

Beijo,

Mi