Gazeta Esportiva

Arquivos do mês: julho 2012

Irreverente, um grupo de torcedores brasileiros acompanhou o confronto com a Grã-Bretanha com máscaras da família real. No entanto, os torcedores canarinhos deixaram o Estádio de Wembley sem motivos para festejar, já que a Seleção feminina de futebol perdeu por 1 a 0. Portanto, na próxima fase o time do técnico Jorge Barcellos enfrenta o Japão, atual campeão mundial.

No dia em que Rodrigo Pessoa desfilou como porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, visitamos o mítico Baloubet du Rouet, parceiro do cavaleiro em suas principais conquistas, como o ouro olímpico de Atenas-2004, mas mais lembrado pelas refugadas de Sydney-2000.

Fomos recebidos em Portugal pelo empresário Dom Diogo Pereira Coutinho, dono de Baloubet. Sônia Oliveira, tratadora exclusiva do animal e única a montá-lo, não confiou muito em mim, como vocês podem ver pela foto acima, mas o temperamental cavalo aceitou passear comigo rapidamente.

Rodrigo e Nelson Pessoa foram os únicos a competir com Baloubet, mas a relação da família brasileira com Dom Diogo foi encerrada de maneira pouco amigável. Para saber detalhes e conhecer a rotina de aposentado do excêntrico campeão em seu haras, clique aqui



Nascido em Santa Catarina, Renan Bardini Bressan, 23 anos, viveu a experiência inusitada de enfrentar a Seleção Brasileira como naturalizado pela Bielo-Rússia. Depois da emoção com o hino nacional, o jogador do BATE Borisov ainda marcou o primeiro gol da partida em jogada de bola aérea. “Foi difícil, até me arrepiei. É engraçado, porque eu raramente faço gols de cabeça”, afirmou o camisa 10, que mostrou habilidade em campo e foi o mais assediado pela imprensa bielo-russa ao final da partida.

O torneio olímpico de tênis, disputado nas quadras de grama do All-England Club, começou neste sábado. Nos Jogos, os tenistas não precisam cumprir algumas regras do tradicional torneio de Wimbledon, como por exemplo atuar sempre de uniforme branco. Trajado com uma chamativa camisa vermelha, o suíço Rogerer Federer, principal candidato ao título, venceu o colombiano Alejandro Falla e se classificou para enfrentar o francês Julien Benneteau.

Bruno Ceccon

Fundado em 1882, o Corinthian visitou o Brasil em uma excursão em 1910 e inspirou a criação do Sport Club Corinthians Paulista. Mais de 100 anos depois, o time londrino sobrevive de maneira amadora e promete torcer pelo Timão em caso de confronto com o Chelsea pelo título do Mundial da Fifa. Para ler a reportagem completa e conhecer o acanhado estádio do clube, clique aqui.

Fernando Dantas/Gazeta Press

O movimento de torcedores brasileiros nas imediações do Millenium Stadium é intenso desde as primeiras horas da manhã. Às 15h45 (de Brasília), a Seleção comandada pelo técnico Mano Menezes enfrenta o Egito em seu primeiro compromisso nos Jogos Olímpicos.

Vestidos com camisas da seleção brasileira e de clubes nacionais, os torcedores aproveitam as horas que antecedem a partida para conhecer a capital do País de Gales. Muitos fãs visitaram o Castelo de Cardiff, uma das principais atrações turísticas da cidade, a poucos metros do estádio.

Contra o Egito, o Brasil inicia a busca pela inédita medalha de ouro olímpica e Mano Menezes coloca em jogo sua permanência para a Copa do Mundo de 2014. O seguinte time deve enfrentar o Egito: Neto, Rafael, Thiago Silva, Juan e Marcelo; Sandro, Rômulo e Oscar; Hulk, Leandro Damião e Neymar.


De Londres, viajamos para Cardiff, no País de Gales, para acompanhar as estreias das Seleções Brasileiras feminina e masculina de futebol. Nas ruas da capital, a sinalização de trânsito está em inglês e galês, os dois idiomas oficiais do país. Em sua primeira partida nos Jogos Olímpicos, o time capitaneado por Marta goleou Camarões por 5 a 0. Já a equipe de Mano Menezes entra em campo nesta quinta-feira para enfrentar o Egito.

A segurança é uma das principais preocupações dos organizadores dos Jogos de Londres-2012. Na foto acima, tirada dentro de um trem na capital, um aviso pede para os usuários entrarem em contato com as autoridades caso encontrem bagagens suspeitas. No Parque Olímpico, as revistas são feitas de maneira minuciosa por membros do exército.

Bruno Ceccon/Gazeta Press

.

A chamada “Zona Internacional” da Vila Olímpica dos Jogos de Londres permite o contato entre os atletas e membros da imprensa. No começo da noite deste domingo, em um momento com menor movimento na área, um membro da delegação cubana negociou uma caixa de charutos com um cinegrafista.

Interessado em comprar o tradicional produto da ilha, o profissional de imprensa abordou o atleta nas imediações da cafeteria. Ambos conversaram rapidamente e o competidor retornou à área restrita da Vila Olímpica. Minutos depois, voltou com uma caixa da marca Cohiba, a preferida de Fidel Castro.

Atualmente, 1 libra vale aproximadamente 41 pesos cubanos. Nas ruas de Havana, os turistas estrangeiros são frequentemente abordados por vendedores do mercado paralelo, que dizem ter marcas como Cohiba, Montecristo e Partagás, mas muitas vezes comercializam produtos falsificados.

No auge do governo revolucionário, Cuba chegou a rivalizar com as principais potências mundiais nos Jogos Olímpicos. No entanto, a delicada situação econômica da ilha, que perdeu o apoio da União Soviética em 1991, tem reflexos no esporte, além da simples venda de charutos na Vila de Londres.

Um dos símbolos do sucesso do esporte cubano, o time de vôlei feminino, carrasco das brasileiras nos anos 1990, conquistou o tricampeonato olímpico em Barcelona-1992, Atlanta-1996 e Sydney-2000, além do bi mundial em São Paulo-1994 e Osaka-1998. Diante da atual crise, nem sequer conseguiu vaga para os Jogos de Londres-2012.

Entre os atletas que ainda se classificam para os principais eventos no exterior, as deserções chegam a ser comuns. Desta forma, o esporte fica ainda mais enfraquecido na ilha caribenha, que procura oxigenar sua economia com medidas de abertura aprovadas por Raul Castro, sucessor do irmão Fidel no governo.

Apesar do cenário de retração esportiva, Cuba superou o Brasil no quadro de medalhas dos Jogos Pan-americanos de Guadalajara. A ilha de cerca de 11 milhões de habitantes, com 58 ouros, 35 pratas e 43 bronzes, perdeu apenas para os Estados Unidos. Já o Brasil ficou em terceiro, com 48 ouros, 35 pratas e 58 bronzes.

Bruno Ceccon/Gazeta Press

A poucos dias da cerimônia de abertura dos Jogos de Londres, marcada para sexta-feira, a organização trabalha para fazer os últimos ajustes nas sedes. Gradualmente, os atletas chegam à Vila Olímpica e iniciam os treinamentos em território britânico. Acompanhe nos próximos dias detalhes e curiosidades do evento através de nosso blog.