Marcos Galvão finaliza Joe Warren e conquista cinturão do Bellator

Marcos Galvão é campeão mundial no Bellator - DIvulgação/Eric Coleman

Marcos Galvão é campeão mundial no Bellator – DIvulgação/Eric Coleman

 

O Brasil tem mais um campeão mundial.

Na noite desta sexta feira, nos Estados Unidos, o lutador Marcos “Loro” Galvão se tornou o novo campeão peso galo do Bellator, um dos principais eventos de MMA do mundo.

Encarando o americano Joe Warren, o brasileiro sentiu o poder do Wrestling do lutador americano durante o primeiro round.

Mesmo sendo quedado em algumas oportunidades, Loro manteve a paciência para conquistar a vitória no segundo round.

Encaixando uma bela chave de joelho, Loro obrigou Warren a desistir se tornando o novo campeão da organização.

“Hoje realizei meu sonho de 20 anos, e eu acreditei em você, que me disse para acreditar no meu jiu jítsu .Eu sou campeão mundial de jiu jítsu, sou Marcos Galvão.” comemorou.

 

A finalização que consagrou Loro - Divulgação/Eric Coleman

A finalização que consagrou Loro – Divulgação/Eric Coleman

Anderson Silva fala sobre doping, projeta mais cinco anos de carreira e diz que só deve lutar em 2016

Spider realiza seminário no Rio - Ana Carolina/Gazeta Press

Spider realiza seminário no Rio – Ana Carolina/Gazeta Press

 

O ídolo brasileiro Anderson Silva, realizou nesta última quinta feira, um seminário para os fãs em parceria com o evento Smash Fight no Rio de Janeiro.

Falando com o público pela primeira vez o lutador comentou acerca do caso de seus exames antidoping positivos.

Sem demonstrar preocupação com a punição que pode vir a sofrer, o atleta está tranquilo e vai aguardar o desenrolar dos acontecimentos.

“Volto a lutar ano que vem. Ainda não sabemos o que vai acontecer comigo, enviamos para a análise todos os suplementos, tudo o que usei, para o laboratório ver realmente o que aconteceu, porque nem eu sei.

Foi uma surpresa até para mim. Mas acho que ano que vem eu volto, o que seria o normal, já que eu não lutaria esse ano de novo.” disse Spider que projeta lutar por mais cinco anos.

“Sentamos com toda a minha equipe, todos conversamos e estamos fazendo um treino voltado para que eu possa lutar durante mais cinco anos.

Temos todo o cronograma de treinos para cinco anos. Pode ser que a gente faça um pouco mais de uma luta por ano, talvez duas, mas depende das próximas lutas.” contou Anderson.

Após pedir adiamento de sua audiência com a Comissão Atlética de Nevada, devido a este envio de seus suplementos para análise, o lutador deve ser julgado em abril.

Anderson testou positivo em dois exames anti doping, e pode ser suspenso entre 9 meses a 2 anos.

 

Clima entre José Aldo e Conor McGregor esquenta em Tour do UFC por Toronto, Boston e Nova York

Aldo e Conor continuam com o Tour Mundial - Ana Carolina/Gazeta Press

Aldo e Conor continuam com o Tour Mundial – Ana Carolina/Gazeta Press

 

O clima realmente esquentou durante o Tour do UFC 189 para a divulgação do evento nesta semana.

Realizando eventos nas cidades americanas Boston e Nova York, além de aterrissar em Toronto no Canadá, os lutadores voltaram a protagonizar encaradas tensas.

Em uma delas, na cidade de Boston, o Presidente do UFC, Dana White precisou conter Conor McGregor que se irritou com o brasileiro.

O evento também divulgou uma conversa entre Aldo e seu treinador, Dedé Pederneiras, aonde o campeão é informado que Dana White já está ciente que não deve permitir McGregor tocar no campeão do UFC.

Neste evento em Nova York e Toronto, os lutadores Robbie Lawler e Rory MacDonald que disputam o cinturão peso meio médio no mesmo evento, dia 11 de julho também fizeram uma encarada para o público.

Presidente do Jungle Fight, Wallid Ismail encontra Minotauro para lançar frente parlamentar em Brasília

Wallid luta para regulamentar esporte no Brasil - Crédito: Jane Santin

Wallid luta para regulamentar esporte no Brasil – Crédito: Jane Santin

 

Nesta quinta-feira, Wallid Ismail, presidente do Jungle Fight, participou do lançamento da Frente Parlamentar Mista de Esporte, na Câmara Federal, em Brasília. O objetivo é somar e agregar elementos preciosos de incentivo ao esporte brasileiro.

A cerimonia contou com presença do deputado federal Herculano Passos e do ministro dos esportes George Hilton.

A Frente é presidida pelo bicampeão mundial de judô, o deputado federal João Derly, e tem como vice-presidente o senador e ex-jogador de futebol Romário, que presidente a Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado.

“Como presidente da Frente, a coloco sempre aberta às boas ideias e ao debate entre pessoas com objetivo comum: o crescimento do esporte. Ela será o fórum de discussões e de proposições concretas em busca do desenvolvimento dos atletas e modalidades esportivas” prometeu Derly.

Wallid, que na semana passada esteve na Capital Federal para discutir regulamentações e a profissionalização do MMA no Brasil, não escondeu a felicidade em ter um ex atleta do mundo da luta na presidência da Frente Parlamentar do Esporte.

“Fiquei muito feliz de participar do lançamento da Frente, é o reconhecimento do MMA no esporte. Ter um lutador de judô duas vezes campeão mundial como presidente foi muito importante, fiquei muito contente”, comemorou o presidente do Jungle Fight.

Max Fight retorna neste sábado com edição em Campinas

Evento retorna neste sábado em Campinas - Divulgação/Alexandre Valle

Evento retorna neste sábado em Campinas – Divulgação/Alexandre Valle

 

Realizada na noite desta sexta-feira (27), no Hotel Cambuí Residence, em Campinas (SP), a pesagem oficial da 14ª edição do Max Fight foi o ponto de partida para o retorno do evento, que estava inativo há cerca de três anos. Ao todo, 22 atletas passaram sem problemas pela temida balança e estão aptos para mostrar a força da competição, citada por muitos anos entre as principais organizações do MMA nacional.

Apresentando alguns problemas de saúde minutos antes do primeiro desafio do final de semana, Luan Gazetta foi o único a estourar o limite da categoria. Cerca de 5kg acima de sua divisão, o peso-galo (61kg) teve seu nome retirado do torneio por não apresentar as condições necessárias para entrar na cage do Max Fight 14, que está marcado para este sábado (28), às 20h, no Ginásio do Clube Regatas, em Campinas.

Disposto a recuperar o tempo perdido e retomar seu lugar entre as principais competições de MMA no território brasileiro, o Max Fight segue sua premissa de mesclar atletas renomados e grandes revelações do interior paulista,. A edição 14 do torneio trará duas disputas de cinturão. Responsáveis por realizar o principal combate da noite, Handesson “Boy Doido” Ferreira e Roberto Facada lutam pelo cinturão interino dos meio-médios, enquanto Wagner Caldeirão e Fabiano “Binho” Rodrigues duelam pelo cobiçado título dos meio-pesados da organização (93kg).

Duelo feminino agita primeira edição do evento de 2015 - Divulgação/Alexandre Valle

Duelo feminino agita primeira edição do evento de 2015 – Divulgação/Alexandre Valle

 

Uma das ilustres presenças na pesagem oficial do Max Fight 14, Gilbert Durinho, que na última semana finalizou Alex Cowboy no UFC Fight Night 62, elogiou a estrutura do evento. Apesar de chateado com a situação vivida por Luan Gazetta, seu companheiro de treinamentos, o niteroiense fez questão de frisar sobre a importância de ver eventos brasileiros trabalhando a favor do profissionalismo na modalidade.

“O Luan teve alguns problemas antes da pesagem, ficou bem acima da categoria e não houve acordo com a equipe adversário. É uma situação ruim, mas isso serve para demonstrar que estamos tendo cada vez mais eventos que prezam pelo profissionalismo no Brasil. Estou “amarradão” para acompanhar as lutas amanhã e sei que vou assistir combates muito disputados. É de torneios bem organizados assim que precisamos para fazer com que os atletas brasileiros brilhem ainda mais intensamente no MMA internacional”, comentou.

Max Fight 14

Sábado, 28 de março de 2015

Ginásio do Clube Regatas, Campinas (SP) – 20h 

Card oficial (sujeito a alterações)

 

Roberto Neves ”Facada” (Team Nogueira) x Handesson “Boy Doido” Ferreira (Kimura/ Nova União) - disputa do cinturão interino dos meio-médios (77kg)

 

Wagner Caldeirão (Team Nogueira) x Fabiano “Binho” Rodrigues (Bronx Gold Team) – disputa de cinturão dos meio-pesados (93kg)

Matheus Serafim (Barbosa JJ) x Adrianinho Sena (Colizão Fight Team)- até (84kg)

Cassiano Tytschyo (Chute Boxe) x Daniel Ogro (Pitbull Fighters/ Forja V2) – até (77kg)

Daniel Caporossi (Tozi) x Murilo Trevisan (Sanda One/ CT Arena) – até (77kg)

Felipe Kazú (Team Nogueira Campinas) x Fábio Assis (Ching-Wu Wushu) – até (70kg)

Ozias Bull Terrier (Pitbull Fighters/ Forja V2) x Bruno “Pitbull” Almeida (Nakahara Team) – até (61kg)

Bruna Ellen (Team Nogueira Campinas) x Elen “Wonder Woman” Torres (Marcelo Costa Team) – até (52kg) 

 

Rafael Moura (Ching-Wu Wushu) x Eduardo Cesar (K1 Fight World) – até (70kg)

Clesio Caveirinha (Garras de Tigre) x Diogo Hannibal (Team Nogueira Campinas) – (61kg)

Wellington Turman (Gile Ribeiro) x Ewerton Ferreira (RETZ) – até (77kg)

Anderson Silva realiza seminário no Rio de Janeiro e ensina técnicas para fãs

Spider realiza seminário no Rio - Ana Carolina/Gazeta Press

Spider realiza seminário no Rio – Ana Carolina/Gazeta Press

 

Nesta última quinta feira, o ídolo brasileiro do MMA, Anderson Silva realizou um seminário para fãs no Rio de Janeiro.

Ensinando técnicas que o tornaram um dos maiores nomes de todos os tempos no esporte, o lutador encontrou cerca de 400 fãs em um seminário exclusivo promovido (chamado Smash Fan Experience) pelo evento Smash Fight.

Foi a primeira aparição pública de Spider no Brasil, após a divulgação dos exames antidoping positivos do atleta no UFC 183.

O lutador que pediu adiamento para se defender, deve ser julgado no dia 9 de abril e falhou em dois testes, um antes e outro após o evento.

 

Lutador volta a chamar atenção do público com foto polêmica - Reprodução

Lutador volta a chamar atenção do público com foto polêmica – Reprodução

McGregor imita Mayweather - O próximo oponente de José Aldo, o irlandês Conor McGregor voltou a chamar a atenção do público.

Na noite desta quinta feira, McGregor postou uma foto polêmica junto de seu treinador nas redes sociais.

Imitando uma famosa atitude do lutador de boxe, Floyd Mayweather, Conor posou com uma grande quantidade de dinheiro.

“Este é o lucro desta semana.” disparou o lutador que no dia 11 de julho enfrenta Aldo pelo cinturão peso pena do UFC.

 

Dillashaw tem luta com Barão no Canadá cancelada devido lesão- Divulgação

Dillashaw tem luta com Barão no Canadá cancelada devido lesão- Divulgação

Novas lesões trazem problemas para o UFC, Dillashaw e Cláudia Gadelha se machucam – A maré de lesões volta a assombrar o UFC.

Depois de ver o americano Chris Weidman se lesionar e ter a luta contra Vitor Belfort adiada para maio, desta vez é TJ Dillashaw que se lesionou.

A revelação foi feita nesta semana pelo Presidente Dana White, em um programa de rádio nos Estados Unidos.

Com uma lesão parecida com a de Weidman, Dillashaw também lesionou a costela e seu combate com Renan Barão pelo cinturão peso galo foi cancelado.

O UFC mostrou o Presidente Dana White comunicando a André Pederneiras, treinador e empresário de Barão acerca da lesão e prometeu resolver o problema.

Além de TJ, a brasileira Claudinha Gadelha também está fora de ação.

Com problemas nas costas, a lutadora anunciou através de suas redes sociais, que não vai lutar no UFC Polônia neste mês de abril.

Cláudia Gadelha se lesiona e não luta em abril - Divulgação UFC/Josh Hedges

Cláudia Gadelha se lesiona e não luta em abril – Divulgação UFC/Josh Hedges

Em novos vídeos de bastidores, José Aldo recebe apoio de Thiago Silva: Você tem que acabar com esse cara!

Aldo e Conor continuam com o Tour Mundial - Ana Carolina/Gazeta Press

Aldo e Conor continuam com o Tour Mundial – Ana Carolina/Gazeta Press

 

O UFC continua realizando seu Tour Mundial para divulgação da edição 189, que acontece no dia 11 de julho.

Visitando as cidades de Los Angeles, Boston e Las Vegas, os lutadores Conor McGregor e o atual campeão peso pena do Ultimate, José Aldo, trabalharam bastante.

Nos vídeos, o UFC mostrou os bastidores da gravação do trailer e poster oficial do evento que vai ser divulgado em breve.

Além disso, os atletas visitaram a prefeitura de Las Vegas e foram recebidos pela prefeita da cidade, além de participar de diversos programas de TV e rádio.

Antes de gravarem uma participação no canal americano FOX, Aldo conversou com o zagueiro do PSG, Thiago Silva, que mandou uma mensagem de incentivo ao lutador.

“Você precisa acabar com esse cara. Ele tem que cair para nunca mais levantar, esse f…” disparou o zagueiro.

No mesmo dia, Conor ousou e pegou por instantes, o cinturão de Aldo e provocou mais uma vez o lutador brasileiro que não se intimidou.

Além de Los Angeles, Boston e Vegas, o UFC também visita Nova York, Londres e Dublin para finalizar o Tour.

Os atletas voltaram a se encarar na cidade de Boston para delírio dos fãs presentes.

 

Evento paraense, Coalizão Fight realiza edição para revelar novos talentos no MMA nacional neste sábado

Evento paraense realiza edição em busca de novos talentos - Divulgação

Evento paraense realiza edição em busca de novos talentos – Divulgação

 

O Coalizão Fight evento de MMA, que concorreu ao Prêmio Osvaldo Paquetá (Oscar do MMA Nacional como evento revelação) irá realizar no próximo dia 28 de março em Belém a sua primeira edição amadora.

Com objetivo de relevar novos talentos paraenses para o esporte, a edição irá acontecer no ginásio da Escola Superior de Educação Física da cidade.

O evento contará com 15 combates de MMA amador em todas as categorias.

lngressos para o evento já estão disponível nas academias Ulysses Pereira e Victoria Fitness com o valor de R$ 20,00 para arquibancada e R$ 40,00 para cadeira e mais 2 kg de alimento não perecível que será doado a Instituições de caridade em Belém.

Pontos de venda de ingressos

Academia Ulysses Pereira-Av. Visconde de Souza Franco, 320 – Reduto

(91) 3347-7029

Academia Victória Fitness- Rua Barão de Igarapé Mirim nº 379-Guamá

( 91)3269-5830

Coalizão Fight Amador

Data 28/03/15

Local Ginásio da Escola Superior de Educação Física

Av.João Paulo II nº 817

Belém-PA

Horário 15:00

01-Rodrigo “Ulha Ulha” x Erivaldo Tavares
02-Willian Cabo Pena x Cristiano “Caveirão”
03-Luis Araujo x Diego Marajó
04-Marcelo Oliveira “Capoeira” x Cristiano Silva “Cavalo Louco”
05- Webson Reis x Fabrício Luis
06- Gabriel Restart x Manoel Neto “Pantera”
07-Rômulo Botinho x Guilherme Fêlix
08-Geovane Farofa x Anderson César
09-Alexandre Macaco x Andrew
10-Paulo Silva “Paulinho” x Vladimir Jr “Tripa”
11-Lielson Costa x Raimundo Jr
12-Alessandro “Gato Magro” x Eder Moreira
13-Wellyson Soares x Valdo Lobo
14-Reimilson Pereira x Willians Lobo
15-Rochinha Jr x Cristiano Sena

Jungle Fight é adiado devido a problemas burocráticos e realiza evento em Itu no mês de abril

Evento muda de sede após problemas burocráticos - Divulgação

Evento muda de sede após problemas burocráticos – Divulgação

O Jungle Fight 76 está confirmado para o dia 11 de abril, no ginásio Municipal Prudente de Moraes, em Itu, São Paulo. O evento havia sido marcado, anteriormente, para o ginásio do Canindé, na capital paulista, no entanto, a organização não recebeu do clube o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros de 2015, que viabilizaria a realização das lutas no local e optou pela mudança.

Essa será a terceira vez que a cidade receberá o maior evento de MMA da América Latina. A última delas foi em maio de 2014, e ficou marcada pela vitória avassaladora de Nildo Katchal sobre o até então campeão dos pesos-moscas (até 57kg) Rayner Silva.

“Vamos repetir o sucesso da última vez que estivemos em Itu, quando lotamos os hotéis da cidade e, também, o ginásio. Foi uma festa muito bonita. Dessa vez, não vai ser diferente, ainda mais que o card está especial. Costumam dizer que Itu é a cidade onde tudo é grande, então vamos para o lugar certo”, declarou Wallid Ismail, ex-atleta e presidente do evento.

O prefeito Antonio Tuíze destacou a importância de mais uma edição do Jungle Fight em Itu. Segundo ele, o evento já faz parte do calendário oficial da cidade e caiu no gosto da população local.

“Um evento deste porte coloca a cidade e os atletas ituanos em evidência no Brasil e no mundo. Para Itu, conhecida nacional e internacionalmente como a “Cidade dos Exageros”, receber por mais um ano o Jungle Fight, considerado o maior evento de MMA da América Latina, é sempre uma honra. O Jungle faz parte do calendário oficial de eventos municipais e já se tornou uma tradição para os ituanos amantes das artes marciais”, comemorou o prefeito.

Ao todo, o Jungle Fight 76 terá três disputas de cinturões: Bruno Lopes e José Diaz “Suavecito” fazem o duelo principal, valendo o título dos meio-médios (até 77kg), vago após a saída do campeão Elizeu Capoeira para o UFC. No co-evento da noite, Ericka Almeida defende o cinturão peso-palha feminino (até 52kg), contra a chilena Jennifer Gonzales, e, no terceiro combate de peso, Jonas Bilharinho e Fabiano Soldado se enfrentam valendo o posto de campeão dos pesos-penas (até 66kg).

O evento está previsto para começar às 22:00h, com o card do Jungle Comunidade, que abrirá a noite com quatro combates entre lutadores de comunidades de São Paulo. Até o momento, nove lutas estão confirmadas no card. Confira o serviço completo abaixo:

JUNGLE FIGHT 76
Data: 11 de abril de 2015
Horário: 22:00h (de Brasília)
Local: Ginásio Municipal Prudente de Moraes, Itu-SP

Bruno Lopes (011 Team) vs José “Suavecito”Dias (Cleber Jiu-Jitsu/USA) – Cinturão até 77kg
Erika Almeida (Herman Gutierrez Team) vs Jennifer Gonzales (Nigue Team/Chile) – Cinturão até 52kg
Jonas Bilharinho (Team Nogueira) vs Fabiano “Soldado” Fernandes (XGym) – Cinturão até 66 kg
Alvaro Damian (Top Brothers/Paraguay) vs Arthur Ribas (Marcelo Ribas/Nova União) – 77kg
Diego Barbosa (Team Nogueira ) vs Bruno Beirute (Bronx Gold Team) – 66kg
Diego Paiva (Miguel RepanasTeam) vs Herbeth “Índio” Sousa (Constrictor Team) – 57kg

Jungle Comunidade:

Israel Ottoni (Famila Komodo ) X Leandro dos Santos (Polêmico Team) – 61 kg
Danilo Alves (Berg Team) X Danilo Adrian (Colisão Jiu Jitsu) – 57 kg
Junior “Pica-Pau” Beguetto (Chute Boxe-Piraju ) X Wilian Kuraçá (Jovens de Honra) – 70kg

Vencedora de GP do XFC, Poliana Botelho é recebida com carro de bombeiros em Minas Gerais

Lutadora é recebida com festa em Muriaé - Divulgação/Vanessa Vieira

Lutadora é recebida com festa em Muriaé – Divulgação/Vanessa Vieira

 

A festa da mineira Poliana Botelho começou na madrugada do dia 14 para o dia 15 de março, quando, no XFCi 9, nocauteou no primeiro round a potiguar Antônia Silvaneide para conquistar o título do torneio peso-mosca (até 56,7kg) do XFC, e ainda não parou. Nesta semana, a celebração continuou em grande estilo, com direito a desfile em carro de bombeiros que lotou as ruas de Muriaé, sua cidade-natal, e placa recebida pela Prefeitura Municipal.

Poliana Botelho foi a primeira atleta local a se destacar internacionalmente no esporte, e se tornou uma celebridade na cidade da Zona da Mata mineira, habitada por pouco mais de 100 mil pessoas. O festejo no carro de bombeiros passou pelo bairro da Barra e terminou no Centro Administrativo Municipal, onde a atleta recebeu nova homenagem, desta vez do prefeito, Aloyisio Aquino, e do secretário de Esporte e Lazer, Vander Gonçalves.

“Fiquei muito feliz com as homenagens. Agradeço muito a iniciativa da prefeitura e de todos. A cidade inteira parou, todo mundo comentou que foi o maior evento da cidade e eu me sinto muito honrada com isso. Quando eu saí daqui, não imaginava que ia voltar um dia e ser recebida dessa forma. É um reconhecimento porque faço certo, tudo do jeito que tem ser feito, e me dedico demais todos os dias para usufruir de momentos como esse”, vibra Poliana.

A cidade de Muriaé passou a respirar MMA desde que Poliana Botelho estreou no XFC, em setembro do ano passado. No torneio, ela nocauteou a mexicana Karina Rodriguez no terceiro round, e avançou diretamente à final depois que Taila Santos, sua adversária nas semis, não bateu o peso limite da categoria peso-mosca (56,7kg). Na decisão, a população de sua cidade natal parou para assistir ao combate contra Silvaneide Marretinha, também vencido por nocaute, dessa vez no primeiro round. O assédio por conta disso surpreendeu Poliana.

“Não esperava que tanta gente tivesse visto a luta, várias pessoas me pararam na rua parabenizando e falando sobre o combate e isso é muito gratificante. Meus amigos e familiares estavam todos aqui, desci do carro de Bombeiro, tirei foto com eles, é muito bom saber que a cidade me abraçou dessa forma. Agora quero manter esse ritmo, e ir em busca do cinturão do XFC”, finaliza.

Ostentando sua medalha de ouro maciço, Poliana Botelho só pensa, neste momento, em descansar. Mas, em breve, retorna ao Rio de Janeiro para treinar na Nova União e se preparar para ser uma das principais candidatas à disputa do cinturão da categoria. “Quero enfrentar a argentina Silvana ‘La Malvada’ Juarez. Ela conquistou o primeiro GP e eu conquistei o segundo, então penso que será uma grande luta”, projeta.