Round Extra: XFC visita crianças com cancêr, Brasileiros com lutas marcadas no UFC, K-1 contrata treinador de Wand e Paul Daley

Astros do XFC fazem visita a crianças com câncer - Divulgação XFC

Astros do XFC fazem visita a crianças com câncer – Divulgação XFC/Dermival Melo

 

Antes de iniciar os trabalhos para a quarta edição no Brasil, os astros do XFC deste sábado tiveram tempo para uma visita especial.

atletas do torneio fizeram uma visita a outros lutadores em São Paulo: crianças que travam uma batalha pela vida, em tratamento contra o câncer.

Marcos “Babuíno” dos Santos, Gilson Lomanto, Felipe Douglas, Vanessa Melo, Sanja Sucevic e Luiz André Siqueira estiveram no GRAAC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) e prepararam uma surpresa para as crianças amparadas pela organização. Os lutadores passaram o dia no instituto, brincando, tirando fotos e distribuindo carinho. Também levaram presentes para a garotada e luvas do XFC autografadas.

“A luta destas crianças é diária. Estar aqui, às vésperas de uma luta importante, renova nossas energias”, disse Marcos “Babuíno” dos Santos, que disputa neste sábado (26) a luta principal do XFC 4.

“Eles são um exemplo de vida”, completou Gilson Lomanto.

“Quando você olha bem, percebe que essas crianças são verdadeiras lutadoras. É só olhar para o rosto, para o sorriso”, afirmou Myron Molotky, presidente do XFC.

O hospital do GRAACC realiza cerca de 3.000 atendimentos anualmente, entre sessões de quimioterapia, consultas, procedimentos ambulatoriais, cirurgias, transplantes de medula óssea e outros. Além de diagnosticar e tratar o câncer infantil, o GRAACC atua no desenvolvimento do ensino e pesquisa.

 

Croata Sanya Sucevic brinca com criança no GRAACC - Divulgação XFC/Dermival Melo

Croata Sanya Sucevic brinca com criança no GRAACC – Divulgação XFC/Dermival Melo

 

Brasileiros lutadores do UFC com lutas marcadas

Os lutadores Rafael Feijão, Luis Besouro e Bruno Carioca já possuem novas lutas na organização.

Segundo o site canadense Sportsnet, Feijão vai enfrentar o americano conhecido do público brasileiro Ryan Bader na edição 174 que acontece em Vancouver no dia 14 de junho.

Após ser desclassificado na edição do UFC em Cingapura, Luis Besouro ganhou uma nova oportunidade e segundo o site Combate.com vai enfrentar o americano Sean Spencer no UFC Fight Night San Antonio, dia 28 de junho.

Além disso, a publicação confirmou o retorno de Bruno Carioca que enfrenta outro conhecido do público brasileiro: o americano Chris Camozzi que já lutou no país algumas oportunidades.

O combate acontece no dia 5 de julho, na mesma edição que possui Lyoto Machida e Wanderlei Silva no UFC 175.

Rafael Feijão está de volta ao UFC - Ana Carolina/Gazeta Press

Rafael Feijão está de volta ao UFC – Ana Carolina/Gazeta Press

 

André Dida, treinador de Wanderlei Silva é contratado pelo K-1 - Reprodução Facebook

André Dida, treinador de Wanderlei Silva é contratado pelo K-1 – Reprodução Facebook

K-1 anuncia contratação de Paul Daley e André Dida

O conhecido evento K-1, um dos maiores eventos do mundo no kickboxing anunciou a contratação do lutador inglês Paul Daley e do brasileiro André Dida.

Daley que é ex lutador do UFC, vem conseguindo grandes performances na luta em pé e assinou um contrato de 6 lutas com a organização.

Outro contratado é o brasileiro André Dida, treinador de Wanderlei Silva no reality show de lutas do The Ultimate Fighter Brasil.

Dida confirmou sua contratação pelo evento e divulgou que deve estrear em junho segundo o site Globo Esporte.

O brasileiro já fez combates na organização contra nomes conhecidos como a lenda tailandesa Buakaw Por Pramuk e os japoneses Yuichiro Nagashima além de Hiroki Shishido.

Conheça Paul Daley:

Dana White acredita que Anderson Silva volte a lutar no fim deste ano ou no início de 2015

Presidente do UFC acredita em retorno de Spider ainda neste ano - Divulgação UFC/Josh Hedges

Presidente do UFC acredita em retorno de Spider ainda neste ano – Divulgação UFC/Josh Hedges

 

O Presidente do UFC, Dana White confirmou nesta quarta feira que tem esperanças no retorno do brasileiro Anderson Silva.

Indo mais além, Dana que não tem uma data específica garantiu acreditar que Spider possa voltar a lutar ainda este ano ou no início de 2015.

De acordo com o programa americano Sports Center, o presidente está animado e espera o retorno do brasileiro ao octógono após sua lesão no UFC 168.

Anderson fraturou a tíbia e fíbula e está em recuperação desde dezembro de 2013.

 

Spider pode voltar ainda neste ano, acredita Dana - Divulgação UFC/Josh Hedges

Spider pode voltar ainda neste ano, acredita Dana – Divulgação UFC/Josh Hedges

 

Com estréia de Pat Barry e Anderson Braddock, veja o trailer oficial do GLORY 16 Denver

Evento tem estréia de ex lutador do UFC e grandes nomes do kickboxing - Divulgação GLORY

Evento tem estréia de ex lutador do UFC e grandes nomes do kickboxing – Divulgação GLORY

 

O GLORY, maior evento de kickboxing do mundo divulgou seu trailer oficial.

Contando com a estréia do carismático lutador americano e ex atleta do UFC, Pat Barry, o evento conta com um grande GP classificatório entre conhecidos pesos pesados.

Com a presença do brasileiro Anderson “Braddock” Silva enfrentando o perigoso lutador russo, o ex atleta do PRIDE e Strikeforce, Sergey Kharitonov, o evento tem um explosivo duelo entre o lutador Errol Zimmerman contra o australiano Ben Edwards.

Além disso, a organização anunciou outros nomes que estarão lutando nesta edição: O russo Arten Levin, o croata Igor Jurkovic, os americanos Raymond Daniels e François Ambang, o marroquino Jamal Ben Saddik, e o romeno Benjamin Adebuyi entre outros.

A edição acontece na cidade de Denver no primeiro evento do GLORY em solo americano neste ano.

 

Veja o trailer do GLORY 16 Denver:

Alex Pereira participa de grande GP do GLORY e volta a lutar neste sábado pelo WGP Kickboxing em São Paulo

Evento realiza grande edição em São Paulo - Divulgação WGP Kickboxing

Evento realiza grande edição em São Paulo – Divulgação WGP Kickboxing

 

Após vencer o GP classificatório do GLORY em Zagreb no mês de março, Alex Pereira está de volta.

O lutador foi confirmado pelo GLORY no primeiro grande torneio da organização com 8 lutadores no sistema Pay Per Wiew nos Estados Unidos.

Chamado de “Last Man Standing” (O último homem a se manter de pé), o evento acontecerá após a edição 17 do GLORY que acontece em Los Angeles.

Com os oito melhores lutadores do mundo, a organização anunciou os nomes dos participantes: Alex Pereira, Artem Levin, Melvin Manhoef, Joe Schilling, Wayne Barrett, Bogdan Stoica, Simon Marcus e Filip Verlinden.

Pronto para o desafio, o lutador brasileiro já está treinando duro e faz um combate na edição do Super 4 neste sábado em São Paulo.

Enfrentando o russo Alexander Dmitrienko, Alex se prepara para o GP que vai definir o próximo campeão dos médios do GLORY, sendo que o vencedor terá que vencer três combates em uma noite.

O evento em São Paulo, tem grandes atrações além de Alex, como outro lutador do GLORY, Thiago Michel e grandes nomes do kickboxing nacional neste evento que será realizado no Ginásio Mauro Pinheiro.

 

Veja o card do Super 4:

Undercard
Luta 1 – 56,4 kg – Rafael “Spin” x Nirceu Leme
Luta 2 – 69,1 kg – Weber “Sherk” x Ricardinho Silva
Luta 3 – 85 kg – Fernando Almeida x Alessandro Benacci
Luta 4 – 71,8 kg – Caique Raoni x Rubens Rocha

GP – 64,5 kg
Luta 1 – Diego David x Paulo Freitas
Luta 2 – Wilson Djavan x Fernando Maestro

Super 4 (card principal)
Luta 3 – 71,8 kg – Ravy Brunow (BRA) x Emanuel Ramponi (ARG)
Luta 4 – 75 kg – Tadeu San Martino (BRA) x Iote Tiberiu (ROM)
Luta 5 – 75 kg – Thiago Michel (BRA) x Ricardo Fernandes (POR)
Luta 6 – 85 kg – Alex Pereira (BRA) x Alexander Dmitrienko (RUS)

Final – GP – 64,5 kg
Vencedor Luta 1 x Vencedor Luta 2

 

 

 

XFC confirma treino aberto em Itaquera e mira aproximação com público em quarta edição neste sábado

Edição faz primeiro evento aberto ao público no Brasil - Divulgação XFC

Edição faz primeiro evento aberto ao público no Brasil – Divulgação XFC

 

O XFC está de volta ao Brasil neste final de semana.

Realizando sua quarta edição neste sábado, o evento confirmou ao blog a realização do treino aberto com suas principais estrelas no Shopping Metrô Itaquera nesta quinta feira.

Começando ás 13h, o treino aberto, o local terá tatames, som e iluminação especial, além da presença de todas as estrelas do XFC na Rede TV: o apresentador e comentarista Fernando Navarro, o narrador Marcelo do Ó e a musa do MMA nacional, Lucilene Caetano.

Para demonstrar como funciona um treinamento de Artes Marciais Mistas, estarão presentes os quatro principais lutadores da próxima edição do XFC no Brasil: os brasileiros Marcos Babuíno dos Santos e Kalindra Faria, o norte-americano Waylon Lowe e a sérvia Sanja Sucevic. Quem comanda o  Xtreme Fighting Championships também confirmou presença:  Myron Molotky, presidente; Edward Jung, CEO; e Eduardo Duarte, matchmaker (responsável pelo “casamento” dos combates).

A ideia do evento é aproximar o público do MMA, proporcionando maior interação entre lutadores e fãs. Serão sorteados alguns brindes durante o treinamento. Com três edições já realizadas no Brasil, o XFC se tornou uma das referências no mercado esportivo nacional e terá sua quarta noite de lutas ao vivo no próximo dia 26 de abril, a partir da 0h30, na Rede TV.

As estrelas da edição

Marcos Babuíno - Marcos Rodrigues dos Santos, o Babuíno, tem 38 anos e mora em São Paulo. Natural da Bahia, Babuíno é um lutador muito experiente e que não sabe o que é perder há 4 anos, pois venceu seus últimos 13 combates. Na carreira, acumula 21 vitórias e 11 derrotas. O brasileiro sabe lutar bem no chão e em pé, pois é faixa preta de jiu-jitsu e muay thai. Apesar de ser baixinho (1,67m), ele impõe respeito nos adversários e já conquistou diversos títulos de MMA, como o Circuito Talent, o SFT e o Max Sports.

Waylon Lowe - Adversário de Marcos Babuíno no XFC internacional 4, o norte-americano Waylon Lowe tem 33 anos e mora na Filadélfia. Especialista em wrestling, competiu nas maiores organizações dos Estados Unidos, como o UFC, World Series of Fighting, Bellator e Extreme Challenge. Já foi treinador de werstling de Rich Franklin, estrela do UFC. Das últimas 5 lutas, venceu 4. Em sua carreira, Waylon acumula 14 vitórias e apenas 5 derrotas. Em entrevista ao correspondente da RedeTV!, Fabio Borges, disse que não pensou duas vezes quando o convidaram para lutar no Brasil.

Kalindra Faria - Moradora de Taubaté, no interior de São Paulo, Kalindra Walquiria de Carvalho Faria, é considerada uma das melhores lutadores MMA do Brasil atualmente. Com 27 anos de idade, Kalindra está invicta há 10 combates e possui um cartel invejável: 14 vitórias e só 3 derrotas. A brasileira é grau negro de Muay Thai e faixa roxa de jiu-jitsu. O marido, Cristian Nogueira, é um de seus treinadores. No hexágono, tem sido difícil para as adversárias encontrarem o ponto fraco de Kalindra, mas fora dele, ela se derrete toda pela filha Kaylane, de apenas 6 anos de idade.

Sanja Sucevic - Com o apelido de Tigresa por conta dos lindos olhos claros, Sanja Sucevic chama a atenção pela beleza. Ela vem para o Brasil provar que não é só um rostinho bonito. Formada em economia, começou a treinar Kick-Boxing há 6 anos. Mudou para o MMA a 4 anos atrás por sugestão do treinador. Tem uma irmã que compete no jiu-jitsu. Recentemente, abriu sua própria academia chmada TOPIC TEAM. Nas artes marciais mistas, acumula 4 vitórias e 2 derrotas. Sanja tem a mesma idade de Kalindra, 27 anos. Nascida na Croácia, ela mora atualmente em Kula, na Sérvia.

 

CARD PRINCIPAL XFC 4

Luta principal: Waylon Lowe (EUA) vs Marcos “Babuíno” dos Santos (Brasil)

Peso Pena

 

Co-luta principal: Sanja Sucevic (Sérvia) vs Kalindra Faria (Brasil) 

Peso Palha

 

Will Galvão (Brasil) vs Cairo Rocha (Brasil)

GP 77kg Peso Meio-Médio

 

Kevin Medinilla (Argentina) vs Pedro Junior  (Brasil)

GP 77kg Peso Meio-Médio

 

CARD PRELIMINAR XFC 4

Bruno Canetti (Argentina) vs Alejandro Villalobos (Costa Rica)

GP 66kg Peso Pena

 

Glaucio Eliziario (Brasil) vs Alan dos Santos (Brasil)

GP 70kg Peso Leve

 

Miguel Gentilini (Brasil) vs Thiago Rela (Brasil)

GP 84kg Peso Médio

 

Natan Schulte (Brasil) vs Gilson Lomanto (Brasil)

GP 70kg Peso Leve

 

Alberto Uda (Brasil) vs Cristiano Frolich (Brasil)

GP 84kg Peso Médio

 

Luiz André Siqueira (Brasil) vs Felipe Douglas (Brasil)

GP 66kg Peso Pena

 

XFC realiza primeiro treino aberto no Brasil com evento no Shopping Metrô Itaquera

Edição faz primeiro evento aberto ao público no Brasil - Divulgação XFC

Edição faz primeiro evento aberto ao público no Brasil – Divulgação XFC

 

O evento americano XFC (Xtreme Fighting Championship) vai realizar seu primeiro treino aberto no Brasil.

A quarta edição que acontece neste próximo final de semana, nos Estúdios da emissora paulista, Rede TV em Osasco, vai fazer um treino aberto com os principais lutadores desta edição.

A informação divulgada pelo jornalista Flávio Ricco revelou que pela primeira vez, o Shopping Metrô Itaquera vai sediar o evento que acontece nesta quinta feira contando com atrações como as ring girls do evento e todo o staff da organização, incluindo os apresentadores do XFC, Lucilene Caetano e Fernando Navarro.

O XFC tem como atrações a estréia de Marcos Babuíno no evento e o retorno de Kalindra Faria que enfrenta a sérvia Sanya Sucevic.

 

Conheça o XFC:

Veja os bastidores do UFC 171 e as mudanças devido a problemas na balança

Luta de cinturão teve problemas devido a mal funcionamento de balança na pesagem - Divulgação UFC/Josh Hedges

Luta de cinturão teve problemas devido a mal funcionamento de balança na pesagem – Divulgação UFC/Josh Hedges

 

O Presidente do UFC, Dana White divulgou nesta semana um vlog mostrando todos os bastidores do UFC 171.

O evento que teve problemas em sua pesagem, devido ao mal funcionamento da balança usada, mostrou os bastidores do clima tenso.

Dana juntamente com Joe Silva chegaram a cogitar mudanças caso o lutador Johny Hendricks não viesse a bater o peso, já que o combate valeria o cinturão da organização.

Porém tudo ocorreu como o esperado e Hendricks conseguiu atingir a marca exigida na segunda tentativa, o que impediu as mudanças na luta principal.

O vídeo também mostra bastidores do evento e as reações de Hendricks que se tornou o novo campeão meio médio da organização.

Veja o blog de Dana White com bastidores do UFC 171:

Evangelista Cyborg e Melvin Manhoef se encontram nesta sexta feira no Arnold Classic Brasil

Lutadores participam de eventos para divulgação de grande revanche - Divulgação Gringo Super Fight

Lutadores participam de eventos para divulgação de grande revanche – Divulgação Gringo Super Fight

 

Uma das revanches mais esperadas de todos os tempos do MMA está se aproximando. No próximo domingo (27), os renomados lutadores Evangelista Cyborg e Melvin Manhoef vão, finalmente, se reencontrar dentro do cage. O aguardado combate será o principal da décima edição do Gringo Super Fight, que será realizado, às 18h, na casa de shows Rio Sampa, em Nova Iguaçu (RJ). Nesta sexta-feira (25), os atletas aquecem ainda mais o tão falado duelo em uma apresentação, às 18h, no stand da Idea Nutrition, na Arnold Classic Brasil, no Riocentro, Rio de Janeiro (RJ).

 

O primeiro duelo entre os dois aconteceu no Cage Rage 15, disputado em fevereiro de 2006. Na ocasião, Manhoef levou a melhor e venceu por nocaute no segundo round após um combate eletrizante. Passados praticamente oito anos da batalha histórica na Europa, os dois, que são grandes referências na luta em pé, seguem prestigiados no cenário internacional do MMA. Enquanto Cyborg acumula um cartel de 19 vitórias, sendo 12 delas por nocaute, Manhoef conta uma trajetória marcada por 27 vitórias e impressionantes 25 nocautes na carreira.

 

Com o apoio da prefeitura de Nova Iguaçu (RJ), os organizadores do evento também estão engajados nas causas sociais. Preocupados com o combate às drogas e a inserção dos jovens na sociedade através da prática das artes marciais, a competição lança a campanha MMA contra o crack.

 

Pesagem

 

A pesagem oficial do GSF 10 – MMA contra o Crack será realizada no próximo sábado (26), às 18h, no primeiro piso do Top Shopping, em Nova Iguaçu (RJ). A luta dos atletas contra a balança fecha a Maratona do MMA, que está sendo realizada entre os dias 21 e 26, toda dentro do shopping. A Maratona promove diversas ações envolvendo artes marciais, e conta com a participação de algumas das principais academias de MMA da Baixada Fluminense.

 

Gringo Super Fight 10 –  MMA contra o Crack

 

Domingo, 27 de abril de 2014

 

Rio Sampa, Nova Iguaçu (RJ) –  18h 

 

Card oficial

 

MAIN EVENT – Disputa pelo cinturão dos meio-médios (77 kg)

 

Melvin Manhoef Vs Evangelista Cyborg (Chute Boxe)

 

CO-MAIN EVENT – Disputa pelo cinturão dos médios (84 kg)

 

Rodolfo Buda (Beto Padilha) Vs Pedro Brum (Xgym) – 84kg

 

CARD PRINCIPAL

 

Murilo Filho (CMT) Vs  Hodack (Chute Boxe Cyborg) – 77KG

Alexandre pescoço (TFT/In fight) Vs  Fabio Veridiano (IFC) – 70kg

Raush Mafio (Team Nogueira) Vs Douglas Saraiva (Gingola) – 66kg

Aline serio (Diogo Tavares Team)  Vs  Paula Baack (Beto Padilha) – 57kg

Alex Oliveira (Carvão MMA)   Vs  Junior Luiz (IFC) – 66kg

 

CARD PRELIMINAR

 

Paulo  Gato Preto (TFT) Vs Tony Fox (Team Nogueira) – 66kg

Thiago Babuíno (Faixa Preta de Jesus) Vs Paulo Ricardo (Relma Combate) – 70kg

Almir Junior (Relma) Vs Rafael Nem  (IFC) – 57kg 

Dana White expulsa treinador de Wand e condena briga de treinadores no TUF Brasil: Mostrem respeito pelo esporte!

Lutadores brigaram em gravações e Wanderlei se machucou - Divulgação UFC

Lutadores brigaram em gravações e Wanderlei se machucou – Divulgação UFC

 

A briga de Wanderlei Silva e Chael Sonnen chocou os fãs de MMA, mas a atitude dos veteranos do UFC gerou consequências.

Além do brasileiro e líder da Equipe Amarela ter machucado a mão (o que o impossibilitará de lutar no dia 31 de maio), os treinadores e assistentes ainda levaram uma verdadeira chamada de Dana White, presidente do UFC. O sétimo episódio ainda mostrou a primeira vitória da Equipe Verde, com o triunfo de “Lyoto” sobre “Borrachinha” e a despedida de “Cabo”Job, que, ao machucar o dedo durante o combate em que perdeu para Rick “Monstro”, teve que deixar o programa.

O peso pesado se emocionou muito e foi consolado por Hortência e Chael Sonnen. Ele se despediu dos colegas da Equipe Verde e declarou:

“Quero ver o time verde campeão”.

Sonnen também não conteve o choro, mas sorriu e disse: “Você é um cara especial”.

Dana White convoca reunião com treinadores

Já se esperava que a briga entre Wanderlei e Sonnen, no episódio de domingo passado, teria consequências. Dana White, presidente do UFC, convocou uma video conferência com os treinadores e auxiliares e não mediu as palavras, demonstrando desaprovação à atitude das equipes. Dida foi o primeiro

“Dida, eu quero que você deixe o show. Você tem que ir embora! Socar o Chael quando ele estava no chão com o Wanderlei, isso não é o que fazemos neste esporte, e você vai ter que deixar o show. Você deveria ser preso, para ser honesto com você.”

André Dida, treinador de Wanderlei Silva é expulso do programa - Reprodução Facebook

André Dida, treinador de Wanderlei Silva é expulso do programa – Reprodução Facebook

Dana também não poupou críticas para Wanderlei e Sonnen:

“Vocês não se gostam, tudo bem… Mas estamos nesta estrada há anos, tentando regulamentar este esporte. Mesmo aí no Brasil, onde tudo começou, as pessoas achavam que o MMA era cheio de “gorilas”, e é exatamente como vocês dois se comportaram. Se vocês querem lutar de graça, eu adoraria não ter que pagar, seria ótimo.

Vocês são atletas profissionais, ganham muito dinheiro para lutar um contra o outro e finalmente saber quem é o melhor. Se quiserem lutar de graça vai ser maravilhoso, mas eu acredito que vocês não querem fazer isso, certo? Vocês estão em uma competição, sendo mentores de jovens lutadores, mostrando como eles devem agir e vocês dois agiram como idiotas ontem. Parabéns!

Me façam um favor? Mostrem respeito pelo esporte, por vocês mesmos e vamos manter isso legal pelo resto da temporada, por favor.”

Os dois responderam positivamente e Wanderlei foi se despedir de Dida e comunicar o grupo sobre sua saída.

 

Definição do 5o combate do reality show

Com a vantagem de 4-0, Wanderlei pôde casar o quinto combate do The Ultimate Fighter Brasil 3. Para a terceira luta dos pesos médios, o treinador da Equipe Amarela escolheu do seu time, Paulo “Borrachinha”, e do time adversário, Marcio “Lyoto”.

“Borrachinha foi a minha primeira escolha, Lyoto foi a segunda deles, então será um combate de alto nível e estamos muito confiantes que vamos sair vitoriosos. O Lyoto é um cara que gosta de usar o boxe e chutar, e o Borrachinha vai buscar a luta de chão. Esta será a luta mais dura e acirrada que vimos até agora.”

Anunciado o duelo, “Borrachinha” fez questão de buscar o olhar do seu adversário na encarada e manteve o semblante muito sério.

Como os atletas do Time Verde que ainda não lutaram no programa são em sua maioria bons na luta em pé, o time de Wanderlei Silva investiu nos treinos de luta agarrada para conseguir levar o combate para o chão e manter os adversários por baixo.

Nos treinos de Sonnen, o destaque ficou por conta da eterna rainha do basquete, Hortência, que foi para o chão com Guilherme “Bomba” para entender um pouco mais sobre algumas posições do Jiu-Jitsu, se interessando cada vez mais pelo esporte.

Sonnen aproveitou o final do treino para elogiar Márcio pelo estilo de luta parecido com o lutador do UFC Lyoto Machida, o que lhe rendeu o apelido no começo de sua carreira, mas pediu que o pupilo considerasse o seu conselho, de manter a guarda alta.

 

Pesagem

“Borrachinha”, que veio da categoria meio-pesado, confidenciou que, para ele, perder o peso é quase mais difícil do que lutar. “Descer para 84 kg é uma guerra”, disse o atleta, que bateu 83,4 kg no dia da pesagem oficial.

O carateca Márcio “Lyoto” cravou 83,7 kg, confirmando assim a terceira luta pelos pesos médios do The Ultimate Fighter Brasil 3.

 

Atletas do Time Amarelo recebem a visita de Maurício Shogun

O Time Amarelo recebeu uma visita ilustre para a 5a luta da temporada. O ex-campeão dos meio-pesados Mauricio Shogun levou o seu apoio aos atletas do treinador Wanderlei Silva. Toda a equipe mostrou sua admiração pelo lutador, destacando as glórias do brasileiro pelos eventos em que passou.

 

Maurício Shogun visita lutadores e seu amigo Wanderlei Silva - Divulgação UFC/Luis Pires Dias

Maurício Shogun visita lutadores e seu amigo Wanderlei Silva – Divulgação UFC/Luis Pires Dias

 

Paulo “Borrachinha” x Márcio “Lyoto”

“Borrachinha” tomou a iniciativa no combate e foi para cima de “Lyoto”, acertando um chute baixo e levando o adversário para a grade, onde trabalhou a luta agarrada e conseguiu derrubar. No chão, o atleta fez bom uso do “ground and pound” e, quando “Lyoto” tentou levantar, pegou as costas do lutador, e montou, buscando a finalização até o final do primeiro round.

Depois de ouvir seus corners, Márcio voltou com outra postura e logo no início desferiu um chute baixo certeiro no adversário, que fez sinal negativo com a cabeça, tentando demonstrar não ter sentido o golpe. Mesmo assim, o atleta  da Equipe Verde continuou aplicando o mesmo chute, afastando “Borrachinha” e fazendo com que ele acusasse os golpes.

“Borrachinha” encontrou o tempo certo e novamente conseguiu prensar “Lyoto” na grade. Muito cansados, os pesos médios foram para o centro do octógono e partiram para a trocação, mas faltando apenas um minuto para o final do segundo round, o lutador de Wanderlei Silva voltou para o clinche.

Os juízes decidiram que cinco minutos extras seriam necessários para definir qual lutador avançaria para as semifinais do The Ultimate Fighting Brasil 3.

Esgotado, “Borrachinha” entrou no terceiro round bastante apático, enquanto “Lyoto” seguiu pontuando com seus chutes e golpes na linha da cintura, até encaixar uma esquerda no rosto do adversário e fazê-lo cair. “Borrachinha” rapidamente se levantou, mas “Lyoto” aproveitou o momento para tentar o nocaute. Muito forte, o atleta de Wanderlei Silva ainda conseguiu levar a luta para o chão, e, ao fundo, a Equipe Verde torcia em conjunto: “Levanta, levanta”. Motivado, “Lyoto” levantou, mas “Borrachinha” manteve a luta agarrada até que o árbitro os separou, levando o combate para o centro do octógono.

Já sem forças, “Borrachinha” caiu e ficou no chão, recebendo chutes nas coxas, do adversário. Novamente o árbitro interrompeu e pediu que o peso médio do Time Amarelo se levantasse. Mais inteiro,“Lyoto” levou “Borrachinha” para a grade e terminou a luta derrubando o oponente e aplicando alguns golpes em sua cabeça. Na decisão dos jurados, deu “Lyoto” por decisão dividida.

A candidata à musa do The Ultimate Fighting Brasil 3 que desfilou no sétimo episódio foi a paulista Patricia Andrade, atriz de 29 anos.

 

Marcio Lyoto vence Paulo Borrachinha no reality - Divulgação UFC/Luis Pires Dias

Marcio Lyoto vence Paulo Borrachinha no reality – Divulgação UFC/Luis Pires Dias

 

Estrela do Gringo Super Fight, Melvin Manhoef chega ao Brasil e participa de treino com campeão do UFC, Renan Barão

Lutadores participam de treino na Nova União - Reprodução Facebook

Lutadores participam de treino na Nova União – Reprodução Facebook

 

O holandês Melvin Manhoef já chegou ao Brasil.

O lutador que vai realizar uma grande e esperada revanche com o brasileiro Evangelista Cyborg, no Gringo Super Fight, dia 26 de abril, não quis saber de descanso.

Melvin já foi treinar no mesmo dia que desembarcou no Rio de Janeiro e nesta segunda feira fez um treino com o campeão peso galo do UFC, Renan Barão.

Ao participar do treino na academia Nova União, o lutador fez questão de tirar uma foto com o brasileiro que hoje é considerado um dos lutadores mais temidos do mundo.

Melvin e Cyborg protagonizaram um dos maiores combates da história do MMA, no evento inglês Cage Rage em 2006.