Chris Weidman vira combate e vence Vitor Belfort no primeiro round, Daniel Cormier conquista título dos meio pesados no UFC 187

Weidman comemora vitória sobre Belfort no primeiro round - Divulgação

Weidman comemora vitória sobre Belfort no primeiro round – Divulgação

Americano vira combate e vence Belfort - Divulgação

Americano vira combate e vence Belfort – Divulgação

O UFC realizou sua edição 187 em Las Vegas neste último sábado.

No esperado duelo entre Vitor Belfort contra o americano Chris Weidman, o duelo trouxe grandes emoções.

Melhor no início, o brasileiro fez o que o público esperava dele.

Partindo para cima de Weidman, Belfort por pouco conseguiu um nocaute no início do primeiro round, levando o americano a se defender na grade.

Após o momento difícil, Weidman colocou sua estratégia em prática. colocando a luta no solo.

Conseguindo montar após atacar com socos, Weidman castigou Belfort obrigando o árbitro a parar o combate ainda no primeiro round.

Após a vitória, o americano mandou uma mensagem contundente para os fãs.

“Parem de duvidar de mim, é meu último aviso.” disparou o campeão.

Daniel Cormier vira combate e conquista cinturão meio pesado do UFC - Divulgação

Daniel Cormier vira combate e conquista cinturão meio pesado do UFC – Divulgação

Na luta principal, os americanos Anthony Johnson e Daniel Cormier fizeram um combate muito disputado.

Começando melhor, Johnson aplicou um knockdown em Cormier que encontrou problemas até conseguir encaixar seu wrestling.

Minando a resistência de Johnson aos poucos, Daniel controlava as posições no solo e puniu o parceiro de treinos de Belfort com socos.

Após insistir nas posições, Cormier conquistou a vitória com um mata leão no terceiro round após aplicar um mata leão.

Na entrevista pós luta, Daniel mandou uma mensagem contundente para o ex campeão Jon Jones, que perdeu o cinturão após se envolver e causar um acidente automobilístico.

“Sem faltar o respeito com os fãs e com você , Joe Rogan, mas Jon Jones resolva suas m… Eu estou te esperando.” disparou Daniel.

Outros destaques foram Andrei Arlovski que nocauteou Travis Browne, cheio de emoções e John Dodson que finalizou Zack Makovsky.

O brasileiro Rafael “Sapo” Natal venceu Uriah Hall em um duelo equilibrado por decisão dividida.

A próxima edição do UFC, será no próximo sábado em Goiânia com Carlos Condit enfrentando Thiago Alves na luta principal.

 

Veja os resultados do evento:

UFC 187

23 de maio de 2015

CARD PRINCIPAL

Daniel Cormier finalizou Anthony Johnson com um mata-leão no 3R.
Chris Weidman derrotou Vitor Belfort por TKO no 1R.
Donald Cerrone derrotou John Makdessi por TKO no 2R.
Andrei Arlovski derrotou Travis Browne por TKO no 1R.
Joseph Benavidez derrotou John Moraga por decisão unânime dos jurados.

CARD PRELIMINAR

John Dodson derrotou Zach Makovsky por decisão unânime dos jurados.
Dong Hyun Kim finalizou Josh Burkman com um katagatame no 3R. 
Rafael Sapo derrotou Uriah Hall por decisão dividida dos jurados.
Colby Covington derrotou Mike Pyle por decisão unânime dos jurados.
Islam Makhachev finalizou Leo Kuntz com um mata-leão no 2R.
Justin Scoggins derrotou Josh Sampo por decisão unânime dos jurados

 

Com grandes nocautes, Pudzianowski atropela Rolles Gracie e Materla mantém cinturão no KSW 31

Materla vence Drwal em duelo histórico - Divulgação/Sebastian Rudnicki

Materla vence Drwal em duelo histórico – Divulgação/Sebastian Rudnicki

 

O KSW realizou a edição 31 neste último sábado, na Polônia.

Com a primeira transmissão via TV Esporte Interativo pela primeira vez no Brasil, o evento teve grandes emoções e definiu dois campeões.

Na luta principal, os poloneses Michal Materla e Tomasz Drwal travaram uma grande batalha de três rounds.

Melhor em pé, Drwal trazia dificuldades para o campeão, que precisou levar a luta para o solo para equilibrar as ações.

Cansado, Drwal viu Materla crescer no combate e faltando segundos para o final da luta, com o combate no solo, o campeão encaixou um cruxifixo e com socos, obrigou o árbitro a parar o combate no terceiro round.

Materla e Drwal travam batalha em Gdansk - Divulgação/Sebastian Rudnicki

Materla e Drwal travam batalha em Gdansk – Divulgação/Sebastian Rudnicki

 

Único brasileiro no evento, Rolles Gracie apenas suportou 27 segundos contra o “Homem mais forte do mundo” Mariusz Pudzianowski.

Com mãos pesadas, o polonês atropelou o membro da família Gracie conquistando seu primeiro nocaute na carreira.

A vitória pode garantir uma chance de disputar o cinturão do evento no peso pesado.

Pudzian nocauteia brasileiro Rolles Gracie no KSW - Divulgação/Sebastian Rudnicki

Pudzian nocauteia brasileiro Rolles Gracie no KSW – Divulgação/Sebastian Rudnicki

O croata Goran Reljic se tornou o campeão meio pesado da organização, após vencer o eslovaco Attila Vegh na decisão dividida, após três rounds de muito equilíbrio.

Goran Reljic é o novo campeão do KSW - Divulgação/Sebastian Rudnicki

Goran Reljic é o novo campeão do KSW – Divulgação/Sebastian Rudnicki

Outros destaques são Aziz Karaoglu que nocauteou Jay Silva no primeiro round e Karol Bedorf que superou Peter Graham na decisão dos juízes.

O KSW retorna no dia 31 de outubro, com a primeira edição na Inglaterra em Londres.

 

Veja os resultados do KSW 31:

Ergo Arena, Gdansk, Polônia

23 de maio de 2015

Michal Martela (C) derrotou Tomasz Drwal por nocaute técnico (socos) aos 4:52 do terceiro round e manteve o cinturão dos médios do KSW

Mariusz Pudzianowski derrotou Rolles Gracie por nocaute (soco) aos 27 segundos do primeiro round

Karol Bedorf derrotou Peter Graham por decisão unânime

Goran Reljic derrotou Attila Vegh por decisão unânime e se sagrou campeão meio-pesado do KSW

Aziz Karaoglu derrotou Jay Silva por nocaute técnico (socos) aos 1:34 do primeiro round

Tomasz Narkun derrotou Karol Celinski por finalização (mata-leão) aos 3:17 do primeiro round

Kamil Szymuszowski derrotou Maciej Jewutszko por decisão unânime

Grzegorz Szulakowski derrotou Patryk Grudniewski por finalização (mata-leão) aos 4:38 do segundo round

Jedrzej Macklowiak derrotou Marcin Gulas por nocaute técnico (socos) aos 4:57 do primeiro round

Sob olhares de Ronaldo Fenômeno, Chris Weidman e Vitor Belfort discutem em pesagem do UFC 187

Weidman e Belfort discutem em pesagem - Divulgação

Weidman e Belfort discutem em pesagem – Divulgação

O clima esquentou na pesagem do UFC 187, que aconteceu nesta sexta feira em Las Vegas.

O evento que realiza duas disputas de cinturão, vai definir os campeões meio pesado e da categoria dos médios neste sábado no MGM Grand Garden, teve o clima quente entre Vitor Belfort e Chris Weidman.

Discutindo com Belfort no momento da encarada, Weidman fez acusações ao brasileiro, acerca de sua preparação para o combate.

“Ele (Belfort) é quase 10 anos mais novo que eu e seus níveis de testosterona ainda estão mais alto do que o meu. Ele continua sendo trapaceiro. Mas ele vai ser punido amanhã a noite.” disparou Weidman em entrevista após a encarada.

Vitor manteve o foco e apenas agradeceu ao apoio recebido, mesmo mediante a vaias na pesagem.

“Para mim é um sonho. Eu estou vivendo meu sonho. Sou abençoado de poder lutar e conquistar essa vitória amanhã.” disse o brasileiro.

Após três vitórias por nocaute sobre Luke Rockhold, Dan Henderson e Michael Bisping, Vitor conquistou a chance de disputar o título contra Weidman, que vem de quatro vitórias sobre brasileiros, duas delas sobre Anderson Silva.

O evento que teve a presença de Ronaldo Fenômeno, que cuida da imagem de Belfort através da empresa 9ine, também terá a a disputa de cinturão meio pesado com os americanos Anthony Johnson e Daniel Cormier.

Chamado as pressas para substituir Jon Jones, que perdeu o cinturão após causar um acidente automobilístico, Cormier enfrenta Johnson em sua segunda tentativa de se tornar campeão do UFC.

Cormier luta pela segunda vez pelo título contra parceiro de Belfort - Divulgação

Cormier luta pela segunda vez pelo título contra parceiro de Belfort – Divulgação

 

 

Além de Belfort, outro brasileiro, Rafael “Sapo” Natal participa do evento, lutando contra o vice campeão do TUF americano, Uriah Hall.

 

Clima ficou quente entre Hall e Rafael Sapo - Divulgação

Clima ficou quente entre Hall e Rafael Sapo – Divulgação

 

O UFC será transmitido ao vivo através do Canal Combate, a partir das 7 da noite.

A Rede Globo também transmite o combate de Belfort contra Weidman com atraso de 30 minutos, devido a cláusulas contratuais.

 

Veja o card do evento:

UFC 187

MGM Grand Garden Arena, Las Vegas, Estados Unidos

23 de maio de 2015

CARD PRINCIPAL:

Daniel Cormier x Anthony Johnson
Chris Weidman x Vitor Belfort
Donald Cerrone x John Makdessi
Travis Browne x Andrei Arlovski
Joseph Benavidez x John Moraga

CARD PRELIMINAR:

John Dodson x Zach Makovsky
Josh Burkman x Dong Hyun Kim
Uriah Hall x Rafael Sapo
Rose Namajunas x Nina Ansaroff

Mike Pyle x Cody Covington
Leo Kuntz x Islam Makhachev 
Josh Sampo x Justin Scoggins

Com primeira transmissão pela TV no Brasil, KSW realiza edição 31 neste sábado com Rolles Gracie e lutas de cinturão

Rolles enfrenta "Homem mais forte do mundo" Mariusz Pudzianowski - Divulgação

Rolles enfrenta “Homem mais forte do mundo” Mariusz Pudzianowski – Divulgação/Sebastian Rudnicki

 

Um dos maiores eventos de MMA da Europa, o KSW retorna neste sábado na cidade de Gdansk, na Polônia.

Com a participação do brasileiro Rolles Gracie, membro da família de lutadores de Jiu Jitsu Gracie, o brasileiro encara uma das maiores estrelas da organização: o polonês Mariusz Pudzianowski.

 

Conheça mais sobre o combate entre Rolles e Pudzianowski

Combate histórico entre Materla e Drwal define campeão dos médios - Divulgação/Sebastian Rudnicki

Combate histórico entre Materla e Drwal define campeão dos médios – Divulgação/Sebastian Rudnicki

 

Em uma pesagem cheia de grandes encaradas, o evento também protagoniza três importantes disputas de cinturão: pesos médios, pesado e meio pesado.

O atual campeão dos médios Michal Materla, coloca seu título em jogo contra o compatriota, Tomasz Drwal em um duelo histórico para os poloneses.

 

Conheça mais sobre o duelo histórico de Materla contra Drwal

 

Nos pesados, o campeão Karol Bedorf enfrenta o kickboxer australiano, Peter Graham em luta que não vai valer cinturão.

Entre os meio pesados, o croata Goran Reljic luta com o americano Attila Vegh, para definir o novo campeão do peso, já que Jan Blachowicz assinou com o UFC.

 

Bedorf enfrenta Graham neste sábado - Divulgação/Sebastian Rudnicki

Bedorf enfrenta Graham neste sábado – Divulgação/Sebastian Rudnicki

 

Transmissão pela primeira vez no Brasil…

O KSW também traz uma grande novidade para os fãs brasileiros.

O blog apurou com fontes ligadas ao evento que neste sábado, será a primeira transmissão da organização no canal Esporte Interativo.

A organização assinou um contrato de transmissão com a emissora carioca e seu primeiro evento será neste sábado, a partir das 4 da tarde ao vivo e com compacto a meia noite na madrugada de sábado para domingo.

 

Evento será transmitido ao vivo pela primeira vez no Brasil - Divulgação/Sebastian Rudnicki

Evento será transmitido ao vivo pela primeira vez no Brasil – Divulgação/Sebastian Rudnicki

 

Veja o card completo do evento:

KSW 31

Ergo Arena, Gdansk, Polônia

23 de maio de 2015

Michal Materla vs Tomasz Drwal (Pelo cinturão dos médios)

Rolles Gracie vs Mariusz Pudzianowski

Karol Bedorf vs Peter Graham

Goran Reljic vs Attila Vegh (Pelo cinturão meio pesado)

Maciej Jewtuszko vs Kamil Szymuszowski

Jay Silva vs Aziz Karaoglu

Tomasz Narkun vs Karol Celinski

Patryk Grudniewski vs Gzregorz Szulakowski

Jedrzej Mackowiak vs Marcin Gulas

Conheça o KSW:

Bastidores do UFC 187: Lutadores mantém clima respeitoso em encaradas e Belfort revela estratégia contra Weidman

 

Em um clima bem descontraído, os lutadores participaram do treino aberto da organização e se encontraram para as primeiras encaradas.

O lutador Donald Cerrone chegou a cumprimentar o oponente canadense John Makdessi e pedir apenas para o mesmo ajudar para que ambos conquistem o prêmio de 50 mil dólares, dado ao melhor combate do evento.

Quem também estava bem descontraído era Daniel Cormier, que chegou a brincar de câmera-man, com a produção do UFC, que realiza as gravações dos vídeos de bastidores.

O brasileiro Vítor Belfort aproveitou para revelar sua estratégia para este sábado contra Chris Weidman.

“Estou focado apenas em mim. Não foco no meu oponente. Essa é minha estratégia. Em como irei lutar neste sábado. Dar o melhor de mim nesta luta.” contou o lutador.

Nesta sexta feira, acontece a pesagem oficial do evento no MGM Grand Garden em Las Vegas.

Lenda do MMA Brasileiro e Paulista, Jorge Patino Macaco fala sobre carreira, futuro no esporte e não pensa em aposentadoria

Lutador conversa com blog acerca do futuro e carreira no MMA - Crédito: Enigma Fotos

Lutador conversa com blog acerca do futuro e carreira no MMA – Crédito: Enigma Fotos

 

O Blog traz uma entrevista especial nesta semana.

Pela primeira vez, o lutador, dono da academia Macaco Gold Team, empresário de atletas, Jorge Patino, mais conhecido no esporte como “Macaco”, conversou conosco sobre sua história no MMA.

O atleta que é dono de cinco cinturões de diversos eventos, nacionais e internacionais, luta no próximo dia 20 de junho, no evento Thunder Fight em São Paulo contra o atleta Celsinho Vinicius.

A luta considerada muito esperada pelos fãs mais “hardcores” do esporte, marca o retorno de Macaco que além de sua academia, representa a equipe Chute Boxe/Diego Lima.

Com mais de 50 lutas profissionais, com passagens por Estados Unidos, Japão, Filipinas, Inglaterra, diversas lutas no Brasil e até mesmo com participação nos famosos extintos eventos Pride e Strikeforce, Macaco não quer saber de parar.

O atleta que atualmente é contratado pelo evento americano WSOF (World Series of Fighting), conversou conosco sobre seu futuro na organização, UFC e contou como está se preparando para o combate contra Vinicius no mês que vem.

 

O começo e a amizade com Diego Lima…

 

“Comecei a lutar com 17 anos e estou com 42 anos. Hoje estou com cinco cinturões e estou na busca pelo sexto.

Fui um dos pioneiros em São Paulo, e lutei em diversos eventos no mundo.  O que você imaginar de evento, eu já lutei e lutar em São Paulo, que é minha casa é sempre um prazer, eu adoro lutar. ” contou Macaco que possui parceria com o treinador Diego Lima.

“Conheço o Diego Lima a mais ou menos uns 20 anos, ele era aluno do Luiz Azeredo que também era meu faixa preta, e o primeiro lutador que ele formou, foi o Felipe Arantes (Sertanejo), que sou empresário dele que está no UFC, e com essa minha mudança para os Estados Unidos, devido ter muitas filiais da Macaco Gold Team pelo mundo, o Diego sempre teve atletas de ponta.

Eu comecei a empresariar atletas e também empresariei alguns atletas dele, colocando em diversos eventos pelo mundo, como também trabalho com meus alunos da Gold Team e é assim que funciona. Sempre tive uma grande amizade com ele.

Quem planta uma semente com amor sempre acaba tendo frutos. Fizemos muitos faixas pretas na Gold Team. E ajudo os meninos do Lima na parte de chão, preparação física e corte de peso e os resultados estão aí aparecendo.” contou.

Próximo desafio…

 

Macaco faz esperada luta no Thunder Fight em São Paulo - Divulgação

Macaco faz esperada luta no Thunder Fight em São Paulo – Divulgação

Com luta marcada no Thunder Fight, Macaco está treinando duro para o duelo contra Celsinho Vinicius.

“Para mim é uma honra lutar em São Paulo. Sempre gosto de lutar e acaba se tornando uma diversão.

Encaro com mais uma luta da minha carreira. Eu não preciso provar nada para ninguém. É por mim mesmo que eu luto. Luto para representar minha equipe, meus alunos.

Vou enfrentar o Celsinho, que é um atleta muito bom da Gracie, tem um bom Jiu Jitsu, e não tem problema nenhum. Que vença o melhor. Deus já sabe quem vai vencer essa luta e é nisso que me espelho, e isso que eu vou fazer.

Meus treinamentos é totalmente focado na Chute Boxe/Diego Lima em São Paulo. Meu preparador físico é o Caio Franco, que me deixa preparado, cheio de gás.

O Diego Lima faz a parte de Muay Thai, treino muito Wrestling com o William Naim, faço Jiu Jitsu na Marcos Barboza, e toda a academia faz Jiu Jitsu lá comigo.

Bato manopla, vou estar bem treinado, no gás, na dieta, no peso como sempre estive. Se Deus achar que devo ganhar meu sexto cinturão, Glória a Deus. Se não, irei aceitar a decisão dele.” disse Macaco.

 

 

Futuro, aposentadoria, WSOF e UFC…

 

Macaco também contou como estão os planos para o futuro.

Com contrato em vigência com o evento americano WSOF (World Series of Fighting), o lutador elogiou a postura do matchmaker/promotor da organização, Ali Abdelaziz, que permitiu o mesmo lutar em São Paulo.

“Tenho mais uma luta no contrato (com o WSOF). O Ali é um cara muito inteligente, consciente e me liberou para lutar nos outros eventos.

Imagine um cara com 42 anos lutando em apenas um evento. Ficaria muito difícil, mas ele me liberou e eu vencendo, conquistando o cinturão, devo voltar a lutar em setembro e vencendo, tenho certeza que estarei renovando o contrato e continuando a fazer mais lutas internacionais.” contou o lutador.

Macaco também falou como encara sua atual situação, não pensando em parar de lutar e também analisando as negociações com o UFC, no passado.

“Eu já mandei vários e-mails para o Joe Silva pedindo luta. E ele disse para mim que eu to velho e que não faço mais o perfil do UFC. E eu aceitei e estou correndo por fora, ganhando meus cinturões.

Se um cara com 42 anos ganha cinco cinturões, defendendo os cinco e vai em busca do sexto, se não tem lugar para mim no UFC, não tem problema. Eu luto amarradão os outros shows, feliz e contente.

Eu gosto do UFC, é um show maravilhoso e se eu não posso lutar lá, eu fico no córner dos meus atletas, que estou empresariando, não tem problema nenhum.

Mas nós nunca podemos dizer que seja tarde e que nunca possa voltar. Só Deus sabe disso e eu deixo nas mãos dele.” afirmou Macaco que pretende estender sua carreira, o quanto puder.

“Eu não me sinto velho, cansado com 42 anos de idade. É claro, que minha recuperação muscular, explosiva não é a mesma. Mas eu sou dedicado, fico na dieta, não troco o dia pela noite, eu durmo.

Não penso em parar, e como o Minotauro falou, enquanto puder lutar em alto nível, eu vou continuar a lutar.

Mas não vejo isso acontecendo logo, eu deixo isso nas mãos de Deus e quando ele achar que for a hora de eu parar, vou continuar tocando minhas academias e empresariando meus atletas e alunos.” analisou Macaco que deixou um recado para os fãs.

“Quando um cara deixa de sonhar, ele perde a vontade de viver. Eu tenho muitos sonhos para realizar e aos poucos vou conseguindo realizar eles.

Então, nós temos nossas academias, a Gold Team que ensinam Muay Thai, Jiu Jitsu, Submission para nossos alunos.

Nós temos diversos alunos carentes que ajudamos e ensinamos as artes marciais, que ajudamos. Quero agradecer a todo mundo, que nos apóia, por toda a força que vocês nos dão. Valeu!” finalizou.

Conheça Jorge Patino, o “Macaco”:

 

 

Bastidores do UFC 187: Conheça o “Papai” Chris Weidman e os preparativos de Belfort, Cormier, Cerrone e Johnson

Weidman consola filho que rouba a cena em vídeo de bastidores do UFC 187 - Reprodução

Weidman consola filho que rouba a cena em vídeo de bastidores do UFC 187 – Reprodução

 

O UFC divulgou os primeiros vídeos com os bastidores dos preparativos finais das estrelas do UFC 187.

Conheça a família do atual campeão peso médio do UFC, o americano Chris Weidman, que mostrou seu lado paternal.

Muito ligado aos filhos, Weidman acompanhou um jogo de futebol de CJ e Cassidy, filhos do campeão que moram na cidade de Dix Hills, em Nova York.

Em uma cena emocionante, CJ roubou a cena nos vídeos, chegando aos prantos com a ida do pai para Las Vegas, aonde enfrenta o brasileiro Vitor Belfort neste sábado.

Os vídeos também mostraram a preparação final de Vitor Belfort e seu companheiro de treinos Anthony Johnson, que também luta pelo cinturão meio pesado da organização, realizando um treino na praia em Boca Raton, na Flórida.

Vitor também aproveitou para dar um “trato” no visual, indo a um salão de cabeleireiros aonde juntamente com sua esposa, Joana Prado, relembrou o passado vitorioso no UFC.

 

 

Aventuras de Cerrone continuam e depoimento de Daniel Cormier…

Em um dos vídeos, o UFC acompanhou mais uma aventura do peso leve americano, Donald Cerrone que enfrenta o canadense, John Makdessi na edição.

Muito próximo de se tornar o próximo desafiante ao título da categoria, caso vença o combate no UFC 187, Cerrone encarou um desafio com uma equipe de mergulhadores em Las Vegas, juntamente com sua namorada.

O atleta que gosta sempre de fazer experiências radicais, próximo a seus combates no UFC, sempre deixa o Presidente da organização, Dana White, aflito com suas aventuras.

O vídeo também mostrou um depoimento de Daniel Cormier, que pela segunda vez, disputa o cinturão da organização.

Daniel comparou Anthony Johnson a Mike Tyson, e mostrou não está preocupado com o poder de nocaute do oponente neste combate.

“Tyson sempre teve o poder de nocaute em suas lutas e mesmo assim perdeu para Lennox Lewis.

Ele (Johnson) pode estar confiante com seu poder de nocaute mas vai precisar fazer muito mais para ter sua mão erguida nesta luta.” comentou Cormier.

Chegada em Las Vegas, visita de McGregor e acupuntura de Weidman…

Em Las Vegas, as estrelas do UFC 187 já estão encontrando uma maneira de tirar a tensão da importância dos combates.

Enquanto Donald Cerrone aproveita uma pescaria, Chris Weidman relaxa com uma seção de acupuntura enquanto joga uma partida de futebol via video game com seu parceiro de treinos, Gian Villante.

Já Daniel Cormier, preferiu fazer um treino de boxe, para ajudar no corte de peso e encontrou na academia do UFC, o irlandês Conor McGregor que está fazendo sua preparação para o combate contra José Aldo, na cidade.

Cormier também encontrou Vitor Belfort nas dependências do MGM Grand Garden Arena e fez elogios a forma do brasileiro.

Belfort aproveitou a oportunidade para mandar um recado ao Brasil, ao visitar o MGM.

“É de Arenas como essa que precisamos ter no Brasil. Tudo organizado bonito.” comentou o lutador.

Especial KSW 31 – Oponente de Rolles Gracie, Mariusz Pudzianowski faz elogios a brasileiro mas dispara: A força vai estar ao meu lado!

Pudzian aposta em força física e inteligência para vencer duelo contra brasileiro no KSW - Divulgação

Pudzian aposta em força física e inteligência para vencer duelo contra brasileiro no KSW – Divulgação

O brasileiro Rolles Gracie, membro da famosa família Gracie enfrenta um grande desafio neste sábado, em Gdansk, na Polônia.

Enfrentando o polonês Mariusz Pudzianowski, cinco vezes eleito o “Homem Mais Forte do Mundo”, Pudzian analisou o combate e espera superar o brasileiro em sua maior habilidade: a luta de solo.

“Tecnicamente ele é melhor, mas a força vai estar ao meu lado. Espero que você, Rolles, esteja preparado porque eu estou te esperando.” disparou Pudzian que mandou um recado contundente para quem não acredita em seu potencial neste combate.

“Você precisa ser inteligente na luta. Se seu gás acabar durante os rounds iniciais, podemos ver o melhor lutador exausto no final.

Vamos ver qual fator vai ser decisivo nesta luta se o combate realmente for ao chão.” analisou Pudzian que superou o campeão olímpico Pawel Nastula em sua última luta no KSW.

O lutador pode vir a disputar o título dos pesados da organização caso vença Gracie, segundo o fundador do evento, Martin Lewandowski.

“Com essa vitória, Mariusz vai estar muito próximo de disputar o cinturão do KSW.” disse Martin, lembrando que o atual campeão da categoria, o polonês Karol Bedorf também luta no mesmo evento contra o australiano Peter Graham.

Em busca de profissionalização do MMA no Brasil, Presidente do Jungle, Wallid Ismail volta a se encontrar com Romário em Brasília

Wallid encontra senadores em Brasília para discutir profissionalização de atletas no MMA - Divulgação

Wallid encontra senadores em Brasília para discutir profissionalização de atletas no MMA – Divulgação

A profissionalização do MMA no Brasil é uma meta na vida agitada de Wallid Ismail. O presidente da maior organização do esporte na América Latina encontrou no plenário do senado com os senadores Romário de Souza Faria e Omar Aziz, nesta quarta-feira (20), em Brasília, e pontuou aspectos importantes visando a profissionalização do atleta de artes marciais mistas no país.

 

Cada vez mais, os senadores apoiam a causa e enxergam o esporte como uma ferramenta de inclusão social, onde muitos jovens têm a única esperança de proporcionar uma vida melhor para seus familiares.

 

Vindo de família humilde e com trajetória vencedora através do esporte, o senador Romário é exemplo de como a prática esportiva pode transformar não só uma vida, mas toda uma sociedade. Hoje, Romário é um dos senadores mais influentes no Planalto Central.

 

Por representar esse posto do Brasil que dá certo, Wallid faz questão que Romário, junto com Omar, sejam padrinhos dos atletas que o Jungle Fight busca nas favelas para lutarem na Arena Jungle, o chamado Jungle Comunidade, que acontecerá em julho, no Rio de Janeiro.

 

“O Romário é um exemplo de como o esporte serve de inclusão social. Hoje ele alcançou um cargo na política graças à confiança que conquistou através do grande trabalho público, onde pôde mostrar seu talento e caráter. Omar Aziz é outro cara que dispensa comentários. Sempre incentivou minha carreira de atleta e agradeço a confiança que depositou em mim.

Por isso, ofereci que sejam padrinhos do Jungle Comunidade e compareçam ao evento no Rio de Janeiro. Vai ser uma honra recebê-los”, disse Wallid direto de Brasília.

Neymar, Robinho, Alexandre Pato e Léo Moura enviam mensagens de apoio a Vitor Belfort que enfrenta Weidman no UFC neste sábado

Pato acredita em Belfort neste sábado contra Weidman no UFC - Djalma Vassão/Gazeta Press

Pato acredita em Belfort neste sábado contra Weidman no UFC – Djalma Vassão/Gazeta Press

O lutador Vitor Belfort recebeu mensagens de incentivo nesta importante semana com a realização do UFC 187.

Os jogadores Neymar, que atua no Barcelona, Robinho que joga no Santos, Alexandre Pato que atua no São Paulo e o ex jogador do Flamengo, Léo Moura, enviaram mensagens de incentivo ao brasileiro que encara o americano Chris Weidman pelo cinturão peso médio do UFC 187.

Exibido no programa Revista Combate nesta semana, os atletas juntamente com famosos artistas como Sérgio Mallandro, Thiago Lacerda e Marcelo Novaes mandaram um incentivo ao atleta.

“Fala Belfort! Boa sorte na luta, Deus te abençoe, abraço!” disse Neymar em mensagem de vídeo feita por celular.

 

Neymar manda mensagem para Belfort - Djalma Vassão/Gazeta Press

Neymar manda mensagem para Belfort – Djalma Vassão/Gazeta Press

 

“Nós aqui do Brasil, estamos esperando você trazer este cinturão para nossas mãos de novo. Cara, vai com tudo. A torcida aqui no Brasil é grande por você.” disse Pato.

“A gente vai estar aqui torcendo para você fazer uma grande luta e trazer esse cinturão. Que Deus te abençoe em nome de Jesus.” desejou Robinho que recentemente se encontrou com José Aldo em Londres, no amistoso da Seleção Brasileira contra o Chile.

“Estou mandando essa mensagem para desejar sorte e que você possa trazer esse cinturão. Um grande abraço do Léo Moura.” disse o ex atleta do Flamengo.

 

Robinho mandou mensagem para Belfort que luta neste sábado no UFC - Fernando Dantas/Gazeta Press

Robinho mandou mensagem para Belfort que luta neste sábado no UFC – Fernando Dantas/Gazeta Press

 

Belfort pode ser o terceiro lutador da história do UFC, a conquistar três títulos da organização caso vença Weidman neste sábado.

O atleta já foi campeão meio pesado da organização e venceu o torneio peso pesado quando tinha 19 anos de idade, quando o UFC ainda não era administrado pelos atuais promotores do evento.

O UFC 187 será transmitido ao vivo pelo Canal Combate e também terá a transmissão da Rede Globo de Televisão.