Mayweather deve impor termos de luta com Pacquiao

A hipotética realização do megacombate entre o americano Floyd Mayweather, 35, e o filipino Manny Pacquiao, 33, continua a alimentar o sonho dos aficionados e a gerar discussão intensa de representates dos dois lados. Durante essa semana, o astro asiático mencionou o desejo de enfrentar o rival ianque, aceitando a menor fatia na divisão da receita (45-55%) e a promoção de testes aleatórios de sangue e urina.

“Pacquiao não pode falar merda nenhuma sobre Mayweather”, dispara Leonard Ellerbe, principal assessor do americano. O empresário diz que o filipino não está em codições de pedir nada e que todos os termos de eventual contrato devem ser ditados por seu pupilo. Com base nos números registrados em pay-per-view, Mayweather poderia impor rateio de 60-40% a seu favor, se não percentual ainda maior, avalia Ellerbe.

Há muitos anos os torcedores e a mídia aguardam a concretização do combate Mayweather-Pacquiao, mas uma série de fatores transformam-se em obstáculos quase intransponíveis, incluindo a decisão de tribunal federal desta semana em que o americano foi condenado a pagar despesas judiciais a Pacquiao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>