Ídolo de gerações, morre Carmen Basilio aos 85 anos

Dono de cinturão em duas categorias e responsável por impor um revés a Sugar Ray Robinson, para muitos o maior boxeador de todos os tempos, o americano Carmen Basilio faleceu na madrugada desta quarta-feira no Rochester Memorial Hospital aos 85 anos. O lutador ganhou títulos entre os meio-médios (66,6k) e médios (72,5k), sendo o primeiro campeão pelas mãos do também lendário treinador Angelo Dundee, morto no início desta temporada.

Basilio (56-16-7, 27 KOs) obteve o cetro inédito em 1955 ao triunfar por nocaute sobre Tony DeMarco. Já em setembro de 1957, ele assombrou o mundo ao derrotar Robinson em decisão dividida, porém, ficou sem o cinturão na revanche seis meses depois. Três anos se seguiram com poucos combates até que Basilio decidiu pelo retiro ao perder para Paul Pender.

Integrante do Hall da Fama desde 1990, Carmen Basilio era participante ativo das festividades em Canastota (New York), realizadas anualmente no mês de junho. Com nome importante nas décadas de 1940 e 1950, Basilio era reverenciado não só pelos adversários, mas também pelo público em geral, sendo ídolo de cidadãos comuns, fossem eles frequentadores de cafés, antigas barbearias, mercearias ou postos de gasolina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>