Banks descarta Klitschko e mira em Adamek e Povetkin

Depois de obter a maior vitória de sua carreira, o peso pesado americano Johnathon Banks, 30, acredita estar pronto para subir alguns degraus. Descartando o desafio aos irmãos Klitschko – de quem é treinador de Wladimir e amigo de Vitali -, o ianque classificado mundial pensa em enfrentar Tomasz Adamek (Polônia) ou Alexander Povetkin (Rússia), atual campeão “regular” AMB. No sábado, em Atlantic City (New Jersey, EUA), Banks pulverizou o até então invicto compatriota Seth Mitchell em apenas dois roundes.

“Minha vitória só foi surpresa para o público e para os meios de comunicação, mas não para mim”, destaca Banks (29-1-1, 19 KOs) que se sentia ainda mais inspirado em homenagear seu ex-técnico Emanuel Steward, morto recentemente. “Sabia que Mitchell partiria em minha direção e esperei o momento certo para explorar o ataque”, comenta o americano.

Já dentro de ranking mundial, Banks imagina vingar-se de Adamek, o único a derrotá-lo (2009) pelo título mundial FIB quando os dois ainda atuavam entre os cruzadores (90,7k) ou desafiar Povetkin, dono do cinto AMB. “É verdade. Essa dupla me permitiria uma revanche pessoal ou a briga pelo cinturão mundial. É tudo que quero”, reforça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>