Médicos pessimistas: Camacho tem parada cardíaca

É muito grave o estado de saúde do ex-tricampeão mundial de boxe, Hector “Macho” Camacho, 50, internado desde ontem à noite no Centro Médico de San Juan, capital de Porto Rico. Durante esta madrugada, por volta das 4h15, o boxeador teve parada cardíaca e seu quadro piorou em demasia. Os especialistas o submeteram à eletroencefalograma e detectaram atividade muito baixa em seu cérebro. A mãe do pugilista já partiu de New York (EUA), pois os médicos não querem emitir nenhum comunicado mais dramático sem a sua presença.

Camacho está sendo mantido em coma profundo por auxílio de aparelhos e medicamentos. O prognóstico inicial apresentava bala alojada em sua coluna cervical depois de ter sido atingido por disparos de arma de fogo no rosto e no ombro por indivíduos que estacionaram veículo à frente do carro em que o pugilista estava com o motorista Yamil Alberto Mojica, 49, morto instantaneamente. O estado era crítico, mas os médicos acreditavam poder salvá-lo.

Três vezes campeão mundial e protagonista de combates importantes, Hector “Macho” Camacho (79-6-3, 38 KOs) esteve envolvido em batalhas contra Roberto “Manos de Piedra” Durán, Oscar de La Hoya, incluindo o triunfo por nocaute no quinto round sobre o lendário Sugar Ray Leonard (1997), levando o americano a encerrar a carreira definitivamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>