Exame revela doping em Wach contra Wlad Klitschko

Foto: AFP

Foto: AFP

Só falta a confirmação da segunda amostra. A Federação Alemã de Boxe declara que foi detectada a presença de esteroides anabolizantes nos exames efetuados no polonês Mariusz Wach, 32, depois de sua derrota por pontos para o ucraniano Wladimir Klitschko, no mês passado, no embate pelos títulos unificados dos pesados. A entidade germânica já comunicou ao atleta e sua equipe sobre a existência da droga proibida.

O exame antidoping foi testado pelo renomado e respeitado Instituto de Bioquímica de Colônia (Alemanha) e o resultado encaminhado ao presidente da federação alemã, Thomas Putz. Agora, Wach (27-1-0, 15 KOs) tem direito para exigir a realização na chamada “amostra B”, torcendo para o resultado ser diferente. O atleta polaco, porém, corre risco de suspensão e multa impostas pelas entidades reguladoras do esporte.

2 comentários em “Exame revela doping em Wach contra Wlad Klitschko

  1. DEPOIS DE O WLAD TER FEITO UMA APRESENTAÇÃO ESPETACULAR, AGORA NÓS SABEMOS PORQUE ELE RESISTIU TANTO O WLAD É UM MONSTRO, BATE MUITO.
    Ô CARRERA QUERIA SABER SE NA TUA OPINIÃO O CIGANO TEM BOXE QUE ELE EXALTA TANTO PARA CHEGAR NO TOP 10? EU ACHO QUE ELE NÃO CHEGARIA NEM NOS 15, KKKK, SÉRIO, O WLADIMIR OU VITALI IRIA MATAR ELE NO BOXE, O CIGANO IRIA PARA DE VEZ DE LUTAR, SERIA HOSPITAL NA CERTA, WLW!!!!!!

  2. Luiz,
    penso que o Cigano tem a mão dura, mas pouca técnica para praticsar somente o boxe. Ele leva alguma vantagem porque tem o Luiz Dórea como seu treinador – que foi orientador do Popó Freitas, lembra-se?
    Os irmãos Klitschko já elogiaram as qualidades e a força do Cigano, porém, não acredito no sucesso do brasileiro se optasse só pelo boxe. Os pesos pesados atuais estão cada vez mais altos, mais musculosos e mais fortes. Cigano teria de melhorar muuuuuuito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>