Marquez fulmina Pacquiao em batalha inesquecível

Foto: AFP

Foto: AFP

Mesmo depois de tantos anos e três guerras anteriores, os dois ainda tinham muita emoção para agradar os aficionados do esporte. O mexicano Juan Manuel Marquez, 39, nocauteou de modo assombroso o filipino Manny Pacquiao, 33, conquistando o primeiro triunfo da batalha iniciada em 2004. Uma direita potente do azteca no sexto round fez o astro asiático cair com o rosto no chão, imóvel, sem necessidade de contagem do árbitro. O embate terminou no começo deste domingo no MGM de Las Vegas (Nevada, EUA).

Não houve tempo para estudos. Marquez (55-6-1, 40 KOs) e Pacquiao (54-5-2, 38 KOs) começaram o combate a todo vapor, já que ambos prognosticavam o nocaute para acabar com todas as controvérsias dos antigos confrontos. Muito rápido, o filipino conseguiu ligeira vantagem até o terceiro capítulo quando o mexicano acertou direita que o fez ir de costas ao solo. Pacquiao se levantou e procurou reverter o quadro.

O asiático acelerou na quarta passagem e, na quinta rodada, obrigou o mexicano a tocar a luva no tablado depois de dura esquerda, configurando um knockdown. Os minutos restantes foram dos mais intensos e emocionantes dos últimos anos. Sem tempo para respirar, os dois atletas se entregaram à troca de golpes, deixando o público extasiado.

Mandíbula

Pacquiao voltou decidido para a sexta jornada e castigava o rosto de Marquez até o momento imprevisível. Acuado e quase ao fim do giro, o azteca respondeu com uma direita potente na mandíbula que jogou o filipino ao solo com o rosto no chão, sem reação. O árbitro Kenny Bayless sequer efetuou a contagem, exigindo a assistência médica, e encerrando a quarta batalha aos 2min59seg.

Enquanto Marquez comemorava, Pacquiao necessitava de alguns minutos para se recuperar. Mesmo sem título oficial em jogo, o mexicano recebeu o cinto de “Lutador da Década” outorgado pela Organização Mundial de Boxe (OMB). Nenhuma das duas equipes admite um quinto embate, mas o esporte adoraria ver mais uma vez Marquez-Pacquiao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>