Pacquiao chega aos 34, milionário e em declínio

No pior período de sua vida esportiva, o filipino Manny Pacquiao completa hoje 34 anos. Campeão mundial em sete categorias (*), o astro asiático possui uma das grandes fortunas em seu país, foi eleito “Lutador da Década”, apontado o melhor Boxeador do Ano em três oportunidades, ocupa uma cadeira no congresso filipino e é ídolo ao redor do planeta. Contudo, o atleta sofreu duas derrotas consecutivas nessa temporada e viu sua fama esportiva experimentar declínio.

Há apenas nove dias, Pacquiao (54-5-2, 38 KOs) sofreu duro nocaute para seu maior inimigo esportivo, Juan Manuel Marquez (México), sendo que, em junho, já havia perdido em decisão dividida para Timothy Bradley (EUA). Muitos especialistas desconfiam que o filipino possa recuperar a totalidade de sua imagem vencedora.

Independente do que ainda pode ainda pode conquistar em sua trajetória, Pacquiao tem a seu favor o reconhecimento de integrar o Top 10 mundial nas últimas nove temporadas, além de ter ficado no topo da lista durante quatro anos. O astro asiático também está entre as maiores arrecadações em pay-per-view (pague para ver) da história ao somar 16 combates por esse sistema, com 11,5 milhões de pacotes gerando valores superiores a US$ 600 milhões (R$ 1,2 bilhão).

(*) Para efeito estatístico, nós computamos apenas os títulos obtidos por um dos quatro principais organismos mundiais – AMB, CMB, OMB e FIB. Por esse motivo, a publicação não soma o cetro IBO da categoria superleve (63,5k) obtido pelo filipino em 2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>