Wach admite esteroides, mas quer encontrar culpados

Diferente das declarações explosivas de negação até algumas semanas atrás, o polonês Mariusz Wach, 33, já admite ter utilizado esteroides anabolizantes, flagrado nos exames após seu combate diante do ucraniano Wladimir Klitschko, realizado em novembro do ano passado. O atleta polaco se concentra em encontrar os responsáveis por administrar a droga durante seu período de treinamentos antes da briga pelos cintos mundiais unificados.

“Minha suspeita maior recai sobre meus treinadores, mas também havia uma equipe grande que me auxiliou na preparação”, concede Wach (27-1-0, 15 KOs). O pugilista aceita a hipótese de penalização da Federação Alemã de Boxe – pois o embate foi disputado em Hamburgo -, contudo, avalia que ainda é muito jovem para deixar as competições. “O mais quero é descobrir como ingeri os esteroides sem ser avisado de nada. Não é momento de pensar em parar de lutar”, aponta o polonês.

Um comentário em “Wach admite esteroides, mas quer encontrar culpados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>