Arum propõe evento com lutas de Pacquiao e Marquez

A ideia tem todos os ingredientes empresariais. O promotor Bob Arum imagina ser possível realizar um festival no fim do mês de abril em que o filipino Manny Pacquiao e o mexicano Juan Manuel Marquez se apresentariam na mesma noite, porém, com adversários diferentes. Na hipótese concreta de triunfos das duas estrelas, o caminho para a quinta batalha entre os dois ficaria totalmente aberto para setembro.

Há dois aspectos importantes para a concretização dos planos do octagenário Bob Arum. Com o nocaute sofrido para o azteca, em dezembro, Pacquiao (54-5-2, 38 KOs) está impedido de lutar por quatro meses, em pena imposta pela Comissão de Nevada. Na mesma determinação, o astro asiático também não deve efetuar sessões sparrings por 90 dias, o que o impediria de trocar golpes até o começo de março.

A situação é um pouco diferente para Marquez (55-6-1, 40 KOs). O atleta ainda não conseguiu aval de sua mulher Erika para voltar a competir, já que ele havia feito promessa de retirar-se do esporte, independente do resultado do combate com o filipino no ano passado. O mexicano está tentando convencer a companheira para subir ao tablado somente mais uma vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>