Silva se recupera de tiros; polícia prende suspeito

Foi preciso poucas horas para a polícia prender Robson Freitas, acusado de disparar cinco tiros contra o brasileiro Assuério Silva, 39, ex-lutador de MMA e boxe, em episódio ocorrido na noite de ontem na cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná (Brasil). As autoridades encaminharam o suspeito à delegacia e agora ele está sendo interrogado para obtenção dos motivos para a tentativa de homicídio.

Diferente do quadro inicial, gerador de informações distorcidas sobre sua gravidade, Assuério Silva não corre risco de morte e pode ser liberado do Hospital Cajuru ainda nesta semana. Os médicos avaliam que o ex-lutador contou com muita sorte, pois os tiros provocaram danos menores como fraturas em três dedos das mãos, no pulso e no joelho.

Além disso, o único disparo efetuado na parte lateral do corpo, milagrosamente não provocou qualquer ferimento em órgãos internos. Segundo a mulher de Assuério Silva, na realidade Robson Freitas é ex-aluno da Academia Total Punch e há muito tempo alimentava desavenças com seu marido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>