Lendário Chavez espera punição justa para filho

Um dos maiores nomes do boxe mundial em todos os tempos, o lendário mexicano Julio Cesar Chavez, 50, aguarda por punição justa a ser adotada contra o filho pela Comissão Atlética do Estado de Nevada (EUA). A decisão deve sair logo após o depoimento de Julio Cesar Chavez Jr. à entidade, marcado para o próximo dia 28, na qual responde pelo uso de maconha flagrado nos exames realizados depois do combate com o argentino Sergio “Maravilla” Martinez, no ano passado.

Sem pedir piedade pelo deslize do primogênito, Chavez prefere não opinar sobre o tempo ou o valor da multa a serem impostos pelos membros da comissão. “O que eles (organismo) decidirem deve ser acatado”, ensina o ídolo azteca, que espera mudança de comportamento do filho dentro e fora dos ringues para recuperar a coroa mundial.

“Tudo dependerá dele (Chavez Jr.) mesmo. Somente dele”, enfatiza Chavez, solicitando ao filho para colocar-se em ação, treinar com afinco e evitar bobagens. O filho da lenda já não quer mais trabalhar com o antigo treinador Freddie Roach e há rumores de que possa associar-se a Ignacio “Nacho” Beristáin ou a Floyd Mayweather Sr. ou a Roger Mayweather. “Logo meu filho completa 27 anos e deve ser responsável por suas próprias decisões”, comenta Chavez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>