Silva suplanta Santana, fica com latino e é Top 15

Com atuação inteligente em que atacou nos momentos corretos e evitou a troca de golpes desnecessária, o brasileiro William “Baby Face” Silva, 25, suplantou nas papeletas o argentino Hector Santana, 28, e abocanhou o vacante título latino OMB meio-médio (66,6k). O embate foi realizado na noite de ontem no Ginásio de Esportes da cidade de Ibitinga, estado de São Paulo (Brasil). O triunfo colocará o atleta nacional entre os Top 15 da entidade em seu próximo ranking de março.

Como já previa antecipadamente, Silva (20-0-0, 12 KOs) se deparou com um oponente muito forte fisicamente e resistente aos seus duros socos. Logo no primeiro round, o brasileiro conseguiu impor duas quedas ao portenho, proveniente de cruzado e, em seguida, por preciso direto de direita. Santana (19-3-0, 15 KOs) se levantou e suportou a pressão para completar o tempo.

A vantagem inicial de “Baby Face” Silva não intimidou Santana. Com valentia e já recuperado a partir do terceiro giro, o argentino procurou alterar o rumo do combate, encurtando a distância e tentando atingir o corpo do brasileiro. Graças à intensa movimentação e jabs poderosos, Silva conduziu o ritmo até as etapas finais em que evitou a luta franca para sair vitorioso unânime na pontuação dos três juízes.

“Apesar da vitória, tenho de admitir que ele (Santana) foi um adversário muito difícil”, revela Silva, satisfeito com sua performance. O pugilista nacional focou seu trabalho nos estudos prévios em vídeos do concorrente e acredita que aplicou a estratégia correta ao lado do pai e treinador Aloísio Silva. “Penso que fizemos no ringue tudo o que planejamos”, destaca o lutador.

Outros resultados:

. Cruzador (90,7k): Julio “Gaspar” dos Santos (Brasil) ganhou por nocaute no primeiro capítulo de Nicolas Mendez (Argentina)

. Médio (72,5k): Anderson Clayton (Brasil) foi rápido ao derrotar no giro inicial a Demétrio Ramos (Brasil)

. Galo (53,5k): William Prado (Brasil) precisou alcançar as papeletas para sair vitorioso sobre Cristiano Bocal (Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>