A vitória do Santos

Djalma Vassão/Gazeta Press

O Santos superou o frio, a ansiedade e o nervosismo na estreia do Mundial. O time da Vila Belmiro brilhou em campo contra o Kashiwa Reysol. Não só pelos talentos individuais, mas também pelo entrosamento e a facilidade que a equipe brasileira joga seu futebol.

O time japonês teve mais passe de bola no primeiro tempo, mas isso não foi suficiente para dominar o jogo e muito menos ofuscar o talento de Neymar e Borges, autores dos dois primeiros gols da partida. O Kashiwa marcou pesado e criou algumas chances de balançar as redes com dois brasileiros que defendem a equipe oriental, Jorge Wagner e Leandro Domingues.

No segundo tempo o Santos entrou em campo com a idéia de administrar o resultado. Neymar não correu tanto, não voltou muito para buscar a bola e parou de dar aqueles dribles fantásticos.
O roteiro mudou um pouco quando Hiroki Sakai subiu sozinho e de cabeça diminuiu para os donos da casa. Logo depois Danilo sofreu falta e ele mesmo cobrou com perfeição, abrindo novamente dois gols de vantagem para o alvinegro praiano.

O Peixe fez a lição de casa, mas deixou a equipe adversaria ditar a partida. Foi um ótimo resultado, mas alguns erros não poderão acontecer contra o próximo adversário que conheceremos amanhã, Al Sadd ou Barcelona. Provavelmente os comandados de Muricy Ramalho irão enfrentar os espanhóis, mas na minha opinião isso é de menos. Acredito no Santos e não ficarei impressionado se o Barcelona perder na grande final. #VaiPraCimaDelesSantos

Levou quem mereceu: Corinthians

Fernando Dantas/Gazeta Press

E chegou ao fim o campeonato mais emocionante e disputado dos últimos tempos. Foram 38 rodadas e um time mostrando para todos que estava preparado para gritar: É Campeão.

O Corinthians mereceu o título por tudo que passou desde o começo do ano. Um início complicado com a eliminação da Libertadores, derrota para o Santos na final do Paulista, saída conturbada do lateral Roberto Carlos, aposentadoria do Fenômeno e em várias rodadas a especulação da demissão do grande técnico Tite.

O Timão garantiu o pentacampeonato Brasileiro quando venceu  aqueles 9 jogos na sequência. Isso possibilitou que o Alvinegro perdesse algumas partidas, empatasse as menos prováveis e vencesse as mais importantes, ou seja, o Corinthians foi o mais competente do Brasileirão.

Parabéns Corinthians!

Outro ponto forte da rodada foi a linda homenagem que os jogadores e torcedores fizeram para o Dr. Sócrates que nos deixou nesta madrugada. Aonde quer que esteja agora, com certeza ele está comemorando mais do que ninguém esse título.

Vá em paz e feliz Dr. Sócrates, o Penta é seu também!