Segundo plano Brasileirão

Mesmo sabendo que o Brasileirão é um campeonato longo e com muitas reviravoltas,  a equipe do técnico Tite sentirá falta destes pontos que não foram conquistados. A libertadores é prioridade máxima no elenco, mas é natural pensar na não classificação para a final e no desespero que será, caso isso aconteça.

A Copa do Brasil e a Libertadores são campeonatos mais importantes do que o Brasileirão. Exemplo disso é  Palmeiras, São Paulo, Santos e Corinthians deixarem de lado o nacional,  consequentemente estão nas últimas posições. Por estarem na fase decisiva de cada competição, o elenco não se cobra muito e a torcida é paciente com os resultados negativos.

Na minha opinião, Palmeiras e São Paulo farão a final da Copa do Brasil e Corinthians e Boca o grande duelo da Libertadores. E vocês, o que acham?

3 comentários em “Segundo plano Brasileirão

  1. olá thiago ,concordo contigo vai ser essas duas finais, vai ser de arrepiar esse duelos,acompanho o super esporte sempre agora que estou de ferias,mas mim diga ai que time vc torce?

  2. Ei, Thiago, será mesmo que esses pontos farão tanta falta assim nas rodadas finais do brasileirão? Hoje, 29/06, temos Corinthians, Palmeiras e Coritiba na disputa de competições paralelas. Respectivamente 4,2 e 7 pontos ganhos no brasileirão. O Cruzeiro, na primeira colocação, com seus 14 pontos ganhos não está assim tão longe. Porém, os times mineiros não disputarão competições paralelas neste ano. Se o Palmeiras não levar a Copa do Brasil, que, em minha opinião, está com cara de Coritiba este ano, vai ficar meio apertado no Brasileirão. Provavelmente vai se jogar na Sul-Americana.

    São Paulo, Figueirense, Coritiba, Bota-Fogo, Grêmio, Atlético-Go e Bahia vão jogar a Sul-Americana. Competição que premia com uma vaguinha para a Libertadores. Vasco, Fluminense, Inter, Flamengo e Santos vão se dedicar ao Brasileiro, e destes, acredito nas forças de Flu, Vasco e Santos brigando na ponta da tabela nas rodadas finais.

    O que é interessante de se avaliar nessa situação, é que em ambos os turnos, haverá sim perda de pontos em função de competições paralelas, e que um bom elenco não deve ser pensado só para se disputar o desgastante brasileirão. O sempre lembrado expressinho do São Paulo é um exemplo.

    No Brasil perde-se muito tempo dando-se atenção as palavras reservas e titulares. Talvez seja até verdade quando levamos em conta o início do ano nos estaduais, mas esses deveriam servir para preparação de elencos que já estão cientes das disputas em que entrarão no ano.

    De fato, jogador de futebol que se encontra na reserva deveria é entrar com “a faca nos dentes” nessas oportunidades a fim de deixar o técnico com a dor de cabeça e a dúvida de escalá-lo na competição prioritária, assim como fez o Romarinho diante do Palmeiras, que lhe valeu a oportunidade de marcar o gol contra o Boca dias depois.

    Pontos, sempre farão falta em um campeonato de pontos corridos. Mas um bom planejamento faz ainda mais falta. Espero (e quero) ver meu Coringão disputando e conquistando o Mundial no fim deste ano, sem a tristeza de vê-lo brigando pra se distanciar da zona do rebaixamento.

    Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>