Passa a régua!

O futebol brasileiro não foi muito feliz no ano de 2010, exceção feita ao time do Santos, que brilhou com seu jogo mágico, atrevido e moleque. Isso foi o que faltou ao selecionado de Dunga na Copa do Mundo. A seleção em nenhum momento chegou a nos empolgar. Jogou um futebol sem brilho, tosco. Nos ressentimos da falta de ídolos, de um jogador diferenciado, em outras palavras, que reinventasse a maneira brasileira. É sempre muito difícil justificar um fracasso num Mundial. Mas a teimosia do nosso treinador talvez tenha sido determinante para amargarmos mais um vexame na competição máxima do futebol. Enfim, faltou ousadia e, elementos surpresa. O castigo veio a cavalo. Mas tudo serve de experiência nessa vida. Ainda somos os maiores vencedores do planeta bola. Tenho comigo, que a final da copa no continente africano, fez um bem danado para o futebol. Essa portanto, não foi a copa da mesmice. E o título que costumeiramente fica entre Brasil, Itália, Alemanha e Argentina, foi parar na Espanha. Enfim, a fúria não amarelou. Jogou um futebol vistoso, de belos toques, sempre progressivos. Uns podem dizer que os espanhóis fizeram poucos gols, mas e daí. Reinventaram um jeito de costurar seus oponentes e, deu certo.
Sou adepto do futebol vistoso, que permanece nas nossas mentes por toda a vida. Vamos virar a página e, passar a régua em 2010! Feliz ano novo a todos os clubes do planeta. A pergunta que fica no ar: qual será o estilo futebolístico que predominará em 2011? Só o tempo dirá!

Rodrigo Chiaverini

Volta Rio-São Paulo!

Na minha humilde opinião, acho que esses campeonatos estaduais não deveriam ser disputados pelos grandes times do futebol brasileiro. Apenas os times pequenos deveriam jogar esses torneios para se movimentarem durante o ano e servir de seletiva para os campeonatos nacionais.
Deveria voltar o Torneio Rio-São Paulo, que é um torneio muito interessante e com grandes clássicos, e chamaria mais a atenção dos torcedores, já que aconteceriam grandes clássicos. Vale a pena pensar nisso!

Jean Marques

Todo poderoso Timão

Apesar de não ter ganho nenhum título no ano de 2010, o Corinthians foi a marca mais valiosa do futebol brasileiro. Em 2010, ultrapassou o Flamengo, dono da maior torcida do Brasil, e agora lidera o ranking das marcas mais valiosas do futebol nacional,  baseado em estudo realizado pela Crowe Horwath RCS. Ações de marketing desde a chegada de Ronaldo e para o ano comemorativo do aniversário de 100 anos da sua fundação, além da massiva presença de público nos estádios, são fatos que levaram o Alvinegro a se tornar a marca de maior valor: R$ 749,8 milhões.
E nem terminou o ano e a galera já esgotou os ingressos para o primeiro jogo do Timão para a Copa Libertadores da América de 2011. Isso sim é grandeza, e não só papo como é o São Paulo FC.

José Carlos Bartorelli

Novela Ronaldinho Gaúcho

Como está ficando chata essa novela Ronaldinho Gaúcho. Primeiro todos davam como certo a ida do jogador para o Palmeiras, com um ‘pool’ de empresas que iria ajudar na contratação e salários. Depois apareceu o Grêmio, que dizia ter mais de 90 por cento de chance de contar com o atleta em 2011. Agora voltam a falar no Flamengo, que teria ajuda de uma emissora de televisão para ficar com o Gaúcho.
O que vai acontecer mesmo é ele continuar no Milan, ou ser emprestado para algum outro clube europeu!

Vinicius de Toledo

Esqueça o Kleber

Eu acho que a diretoria do Cruzeiro deveria esquecer de vez esse atacante Kleber, que apesar das boas atuações pela Raposa, fez de tudo para deixar o clube quando o defendia.
O motivo todos nós já conhecemos. Ele gosta do Palmeiras, mais especificamente da torcida Mancha Verde. É melhor deixar ele lá mesmo, já que lá o salário demora 90 dias e é um clube que não ganha nada de expressão há muito tempo. Eles se merecem!
Tragam o Rafael Moura que é um jogador muito mais profissional e também goleador. Abraço.

Cássio Fernandes de Lima

Ninguém segura o Peixe!

O Santos deverá ter um desempenho vitorioso em 2011. Já que manteve a base de 2010 e trouxe jogadores como Elano e Jonatham. Esse time quando tiver entrosado com esses reforços se tornará praticamente imbatível. Provavelmente o Peixe utilizará o Campeonato Paulista como preparatório e treinamento para os campeonatos que realmente interessam: que são a Copa Libertadores da América e Campeonato Brasileiro. Com esse elenco o Santos provavelmente ganhará as duas competições até com tranqüilidade. Parabéns Peixão!

Robson C. Telles

Incompetência no Verdão continua

Enquanto os principais times do futebol brasileiro vão se movimentando e contratando reforços para a temporada de 2011, os dirigentes do Palmeiras continuam no marasmo de sempre.
Vão esperar até quando para contratar? Quando esses lerdos começarem ir atrás de jogadores, os principais já estarão empregados e só sobrará jogadores medíocres, como os de 2010 que chegaram ao Palestra!
Assim fica difícil o meu querido Verdão voltar a conquistar um título e expressão! Acorda Palestra!

Ademir Gonçalves

Reconhecimento merecido

Sou são-paulino. Porém, parabenizo todos os santistas e palmeirenses que tiveram seus títulos brasileiros reconhecidos mais que merecidamente. Impossível pensar que Pelé não tinha conquistado nenhum Brasileiro, ou que a academia verde passasse em branco. São títulos mais que merecidos. Parabéns a todos vocês.
Infelizmente meu Tricolor caiu para terceiro colocado no ranking brasileiro de conquistas.
Mas ainda estamos em primeiro nas conquistas internacionais se somadas as 3 Libertadores, os 3 mundiais e os vários torneios sul-americanos e internacionais.
Me orgulho de saber que só um time tem mais títulos mundiais que o meu, o Milan.
Parabéns também São Paulo.

Denilson Massaferro Junior

Saídas e nada de vindas….

O ano terminou e a diretoria do Corinthians só anunciou uma contração para a temporada de 2011. O presidente esquece que vamos dipustar a pré-libertadores – dois confrontos contra o Tolima – e até agora só trouxeram o zagueiro Wallace para a vaga de William – aposentado -.
O clube emprestou alguns jogadores – Souza, Yarley Boquita, Dodô, Renato e outros tantos ai – mas não trouxe ninguém.
Precisamos de novos jogadores porque o ano começa em janeiro com a primeira partida diante do Tolima no Pacaembu. O reforços tem que chegar logo para pegar entrosamento e ir em busca da vaga na Libertadores.
O time vai precisar de um lateral, um zagueiro, um meia e de preferência dois bons atacantes.

Abraços a Todos

William Oliveira