Os fregueses da Baixada tem sempre razão

Ai JECA de JESUS!!! ENGOLE SUAS PALAVRAS, ANI MAL KKKKKKK
Lembra que você escreveu estas merdas?:
“Quem chamava Neymar de canela de sabiá, deve estar muito arrpendido e envergonhado, por descobrir que não conhece nada de futebol. Um garoto com 18 anos, tem hoje o mundo à seus pés. Nossos maiores rivais se curvaram ante a capacidade técnica desse maravilhoso jogador de futebol. Preparem-se amigos da voz, quando começar os clássicos regionais, e Neymaradona destruir as defesas adversárias, começarão as antigas invejas. Canela de sabiá? Pois bem se preparem, que o sabiá laranjeira, será o sabiá atômico, com alto poder destrutivo, alertem suas defesas,”

Quer ver mais mer da que voce escreveu??? La vai:

 2011-01-19 23:07:44

E Novamente falando de passado, deixa de ser saudosista. Só lembra oque interessa. Por que não falar de 2002? 2 cocos. Mas vamos falar de futuro, com as contratações que o Santos está fazendo, acho que dá pra jogar com nosso time da copinha.
Acabei de ver um treino do Santos, com Elano e Jonathan, estreiando. Quem vocês contrataram para o lugar do elias?
Saudações Santistas. Até o próximo encontro.(Um massacre).
José Carlos de Jesus”
Viu só?? Outra merda…

E o que eu escrevi??

E o futuro pro meu time será negro. Preto e branco.
Não sei falar sobre qualidade, só sei que quando o Corinthians joga contra o Santos ele ganha e o santos perde, a nao ser se expulsarem 2 do meu time.”

Chupaaaaaaaa antoim carlos guerreiro, chupaaa dádá niel campos, chupaaaa reitardaldo barro, Chupa JECA DE JESUIS KKKKK
O SARDINHA BOS TA JOGOU COMO NUNCA E PERDEU COMO SEMPRE. KKKKK

CHUPA NEYMAR O CHAPELAO QUE LEVOU DO RALF KKKKKKKKKKKKK

Everton Castro

Não consigo entender porque falam tanto do passado do Santos

Não consigo entender porque falam tanto do passado do Santos, deve ter sido só na era Pelé mesmo, sem ele nada de bom aconteceu, vejam os confrontos deste time contra os grandes de São Paulo: Corinthians 123 vitórias contra 95 do Santos, São Paulo 113 vitórias contra 90 do Santos, Palmeiras 124 vitórias contra 91 do Santos, os caras são freguês de todo mundo, cadê o passado glorioso desse timinho.
 
Waldemar Galdino Filho

Rogério 100ni

Caro amigo leitor, estamos prester a ver um goleiro brasileiro chegar a incrível marca de 100 gols! Outros grandes goleiros nacionais, despntaram por suas qualidades debaixo da trave, mas nunca um jogador desta posição chegou a 100 gols no Brasil

O que mais me chama a atenção, éo fato deste jogador ter feito todos os 100 gols vestindo a camisa de 1 único clube, o São Paulo Futebol Clube, numa mostra de que ainda existem jogadores que amam suas raízes.

Na minha opinião, este grande goleiro, não fossem seus gols, seria qualificado apenas como sendo um bom goleiro, pois ao longo de sua carreira, apesar de ter feito defesas incríveis, falhou em lances que um goleiro fora de série não falharia. O que o torna diferente, além de seus belos gols, oriundos de uma inegualável categoria com bolas paradas, são seus títulos conquistos pelo São Paulo e seleção brasileiro (mesmo nunca tendo disputado um jogo sequer como titulas em Copa do Mundo) e sua carisma junto ao torcedor tricolor.

Neste final de semana, ele terá a chance de conquistar a marca, porém,devido ao adversário (Palmeiras), acredito ser dif´cil, mas sei que veremos em muito breve isso, e me sinto privilegiado, mesmo sendo corinthiano.

O nome dele? Rogério… ou melhor, Rogério 100ni!!!

Parabéns por estar chegando a esta fantástica marca, você Rogério, o torcedor que o idolatra e principalmente ao São Paulo Futebol Clube por acreditar neste nome!

Paulo Fernando C. Rossi

Todo mundo fala que o Corinthians precisa de uma meia certo?!?

Todo mundo fala que o corinthians precisa de uma meia certo?!? Então porque não vai atras do Diego Souza, atualmente na reserva do Atlético Mineiro, e recentemente Pediu para Sair do clube.´
É um maravilhoso jogador, e tem a cara do Coringão na minha opinião, acho que cairia muito bem com Jorge Henrique, Dentinho e LiédSHOW.
É caso de se pensar!!!
Vem diego!!!
 
Rômulo Cássio Silva

A todos

Numa segunda pela manhã, como que escondidinhos, como alguém que sabe que a repercussão do que iriam fazer, seria das piores, os cariocas, digo, os presidentes do CRF e da CBF, olham-se nos olhos, e trocam favores no estilo: Você me dá o que eu quero que eu te dou o que tu quer……Tá entendendo mermaão ?… A CBF deu o titulo de 87 pro CRF e este , negocia diretamente com as TVs,  cessando este direito do clube dos 13.  Olha !.   Porque que eu não estou surpreso ?… Porque esta patifaria que comanda o futebol brasileiro desde os anos 60.

Dá nojo lembrar no embroglio: CBF/Rua da Alfandega/RTeixeira/Futebol Carioca……..Infelizmente, não vislumbro nem um dirigente no futebol brasileiro disposto a por um fim neste monopólio regional que o RJ sustenta a anos.  Uma nojeira !.   Acho que esta teimosia dos cariocas , esta raiva deles, tem suas origens nos fatos de que ele perdem para os paulistas quando a questão é dentro do campo de jogo, veja Brasileirões, libertadores, Rio.S.paulo, torneio de seleções…..Um dia ,  quiça !.  O futebol volte a ser coisa saudável neste país…..

Francisco Lemmi Filho

De quem é a Culpa ???

De quem é a culpa ??? Dos líderes de mal caráter, dos governantes que tem o poder de agir e não agem,  ou da omissão do “Povo” ? 

A verdade é que o Futebol é o menor dos nossos problemas, e impressionantemente chama muito mais atenção. Assuntos como estes nos assolam todos os dias, chamo todos a reflexão para lembrarmos que existe um acordo no congresso e no senado para a negativa do aumento do salário mínimo, nossos hospitais cada vez mais depreciados, violência assolando nosso país em todos os lados. Educação precária onde jovens são passados de anos automaticamente para não deixar a estatística negativa. A limpeza tem que começar de cima, afinal nossas leis são criadas por analfabetos funcionais !!!! 

Os líderes deveriam defender os liderados e não agremiações.

Entendo que os leitores desta coluna tenham, por sua maioria, mais de 25 anos e tivemos a oportunidade de acompanhar recentemente o panelaço na Argentina. Não estou questionando a organização do evento e como foi conduzido , mas sim a INICIATIVA. Motivo encontrado por algo melhor que havia sido proposto. Ato pacífico contra sanções que lhes foram impostas. 

Hoje dou meu primeiro passo para sair do anonimato, haja visto que os desmandos de Ricardo Teixeira , seu pupilo Andrés Sanchez e infelizmente Patrícia Amorim ( que até então classificava – a em um grupo distinto ) me deixou indignado. 

Hoje paro de ter culpa , pois deixei de fazer parte dos omissos !!! Convoco todos a expressar suas opiniões e brigar por causas que nos façam refletir.

 Abraço e boa semana a todos, 

Rafael  Domingues

Virou circo

A dona CBF famosa por encenar peças tragicômicas, de uns tempos à parte superou-se e tem sido pródiga em desmoralizar-se a cada decisão que toma. Recentemente reconheceu um monte de campeonatos do século passado como títulos nacionais alterando de forma significativa e sem muitos méritos, o ranking das conquistas de campeonatos pelos clubes. Agora para fechar com chave de ouro as suas trapalhadas, reconhece (com ou sem direito) o Flamengo como um dos campeões brasileiros de 1987, criando a maior confusão e alterando a posse da famigerada taça das bolinhas devida ao clube que conquistasse o titulo de campeão brasileiro por cinco vezes. A CEF havia entregado a taça para o SPFC, porém com o reconhecimento pela CBF do Flamengo como o campeão de 1987, este teria acumulado os cinco campeonatos antes do SPFC, que mesmo com decisão judicial nega-se a devolver e a “grande” confusão está formada com vaidades e veleidades inconfessáveis como se a tal taça das bolinhas fosse a coisa mais importante atualmente no futebol brasileiro, prestes a pagar o maior vexame e mico de sua história em função das obras atrasadíssimas dos estádios e infra-estrutura para a copa de 2014, que ninguém parece estar preocupado, com algumas obras como o Maracanã e o estádio de Natal envolvidas em graves suspeitas de maracutaias levantadas pelo TCU. E viva o circo, que por sinal é coisa muito mais séria do que a CBF. 

Rodrigo Fonseca

O que o C13 tem a ver com a Taça das Bolinhas?

O que o C13 tem a ver com a Taça das Bolinhas?

O que a Taça tem a ver com a Globo?

O que a Globo tem a ver com o C13?

Quem acompanha os fatos sabe que tudo tem conexão.
O presidente do corinthians, uma figura polêmica e questionada, se aproxima da cbf, ganha o comando da seleção na Copa e é badalado pela Globo.
Vira de lado, e apoia o candidato de cbf dentro do clube dos 13, que representa exclusivamente os interesses dos clubes.
A cbf, aliada da Globo, queria a vitória do seu candidato que privilegiaria a emissora aliada na continuidade dos direitos de transmissão do campeonato brasileiro.
O candidato da globo/cbf é derrotado pelo candidato do clube dos 13, com apoio ostensivo de Flamengo e São Paulo, que querem independência do Clube dos Treze (que até então obedecia aos caprichos de Ricardo Texeira), inclusive na negociação dos direitos de tv.
O São Paulo perde a indicação do Morumbi para a Copa, o estádio mais pronto de todos e com o projeto mais consistente para a reforma e adequação, entre todos.
O Corinthians, sem apresentar um projeto, sem estádio e sequer com uma proposta no papel, “ganha” a indicação de seu estádio virtual para a Copa, ungido de todas as confianças pelo chefe da organização da Copa, o mesmo Ricardo Teixeira.
A cbf que havia declarado que pretendia entregar a famosa taça das bolinhas para o São Paulo esfria o assunto e declara o Sport como único campeão de 87.
O corinthians ganha espaço crescente na rede globo, inclusive se transmite em horário nobre a despedida de Ronaldo, num “mea culpa”, tirando o peso das pressões de seu presidente pela eliminação precoce e vergonhosa da Libertadores.
O Flamengo passa a ter parceria com a Traffic que, parceira da cbf, ajuda o clube a repatriar o caro Ronaldinho.
Neste interim a Caixa Economica Federal , que deseja se desonerar da posse do troféu, a referida taça das bolinhas que criou, toma a iniciativa de entregá-lo ao São Paulo, por respeito à uma decisão judicial que declarou o Sport campeão daquele ano.
O Flamengo, que já se reaproximava da cbf, por intermédio da Traffic, esperneia mas de repente silencia.
Os rumores de que o Flamengo vai romper com o clube dos 13 e seguir o caminho do Corinthians, ou seja, se aproximar da cbf/globo, são fortes, inclusive rachando o acordo para negociar, em conjunto com os demais clubes, os direitos de transmissão por tv com todas as emissoras.
Em uma bela manhã deste quente mês de fevereiro, mas antes ainda do carnaval, que este ano acontece em março, a cbf se reune com o Flamengo e anuncia o que demorou 24 anos para fazer, voltando atrás em outra declaração oficial que dava o Sport como exclusivo campeão de 1987, e reparte aquele título com o clube carioca, criando uma situação inusitada, dois campeões num mesmo ano.
Ah, antes disso, numa canetada, a mesma cbf distribui reconhecimento de títulos a vários clubes, equiparando torneios a competições nacionais e outras cositas más, um pacote generosidades que afronta a credibilidade das próprias competições que administra.
Corre boatos que o Clube dos 13 resta enfraquecido, ele que pretendia a união de clubes, especialmente para criar a Liga Nacional de Clubes e gerenciar a competição nacional, perdendo aliados para a neosimpática CBF, que temia justamente a perda deste poder.
Melancólico futebol brasileiro.
O futebol brasileiro continua sendo a casa da sogra, digo, do sogro.

 Waldemiro Meira Ribeiro Junior

O bolo da taça das bolinhas

Quando me interei do assunto das famosa “Taça das Bolinhas”, pois só se fala isso nos últimos dias, fiquei indignado com a atitude da CBF.

É incrível como as pessoas mudam de opinião em troca de favorecimentos. A CBF claramente reconheceu o título de 1987 do Flamengo, unica e exclusivamente em troca de favores e interesses financeiros. E onde há fumaça há Globo, acho que não preciso dizer mais nada da sugeira que estão querendo esconder debaixo desse tapete sujo, chamado Futebol Brasileiro.

Não discuto a legitimidade do título rubro-negro, afinal, mudar as regras no meio de uma competição em que o título está praticamente ganho, não parece nada correto, portanto, dou total razão à Flamengo e Internacional que abdicaram de jogar o tal quadrangular com o campeão e vice do grupo Amarelo (nada mais que segunda divisão).

Quem tirou vantagem dessa história toda é o Sport, que ganhou o título nacional de mão beijada e sem ter disputado 1 jogo sequer com os grande do futebol nacional da época, e o São Paulo, que ganhou um presentinho bonitinho para sua mimosa sala de troféus. Sonham que acha que o tricolor irá devolver a tal Taça das Bolinhas, pois os engomadinhos do Morumbí são famosos no que diz respeito a apropriação indébita. Lembremos da real história do estádio Cícero Pompeu de Toledo, o pomposo Morumbi, onde o time que mais título ganhou foi o Corinthians.

Pois bem, fica aqui registrado a minha chateação e descrensa nas entidades que dirigem o nosso amado futebol. Fico imaginando como serão as negociação para a Copa do Mundo de 2014!

Paulo Fernando C. Rossi

Taça de bolinhas é do São Paulo por direito

Taça de bolinhas é do são paulo por direito e o sport foi campeão brasileiro por direito se o flamengo quer se considerar campeão tudo bem mas houve uma decisão da cbf afinal de contas desde quando clube dos treze é que promove o campeoonato brasileiro???o resto é história pra boi dormir estão querendo passar por cima dos direitos dos outros e da própria justiça que ja foi feita e julgada.

Carlos Henrique Salles