No dia 14 de abril de 1912 nascia um dos maiores clubes do futebol brasileiro e mundial. O Santos, que nasceu Santos Foot-Ball Club, foi fundado por iniciativa de três esportistas da cidade (Francisco Raymundo Marques, Mário Ferraz de Campos e Argemiro de Souza Júnior), em uma assembléia na sede do Clube Concórdia.

O primeiro jogo oficial do Peixe foi relizado no dia 15 de setembro de 1912, na vitória sobre o Santos Athletic Club por 3 a 2. O primeiro gol do confronto foi marcado por Arnaldo Silveira, o Miúdo. Esse tento é considerado pelos próprios santistas como o primeiro da história do clube. O próprio Miúdo e Adolpho Millon Júnior completaram o placar.

No início do ano seguinte, o Alvinegro Praiano participou da sua primeira competição oficial: o Campeonato Paulista. O Santos foi goleado pelo Germânia, por 8 a 1, no dia 1° de junho, em sua estreia, mas três semanas depois, no dia 22 de junho, conquistou a sua primeira vitória no Estadual, diante daquele que viria a ser um dos seus maiores rivais: o Corinthians, por 6 a 3, no Parque Antárticta.

Passados os primeiros anos de fundação, os santistas só foram conseguir o seu primeiro título de expressão no Paulista de 1935. Depois disso, mais 20 anos de jejum até que o Peixe começasse a construir a página dourada de sua história, com início na segunda metade dos anos 50 durando toda a década de 60.

Com Pelé a partir de 1957 em seus quadros, o Alvinegro Praiano alcançou suas maiores conquistas regionais, nacionais e internacionais. Peñarol e Boca Juniors, nas finais das Copas Libertadores da América de 1962 e 1963, além de Benfica e Milan, nas finais dos Mundiais Interclubes de 1962 e 1963, conheceram a força daquele esquadrão, considerado por muitos como o melhor de todos os tempos.

Após um período intenso de glórias, o Santos viu Pelé abandonar o futebol e o seu número de títulos diminuir até que o time voltasse a trilhar o rumo das conquistas, com a geração de Meninos da Vila, comandada por Diego e Robinho, vencedora do Brasileirão de 2002. Craques como Paulo Henrique Ganso e Neymar deram sequência a essa história e ajudaram o Santos a se manter como um dos maiores times do país, com um futebol que encantou torcedores e arrebatou admiradores pelo Brasil afora.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade