Fundado em 16 de dezembro de 1935, o São Paulo, através de seu site oficial, conta que tem origem no Clube Atlético Paulistano, instituição criada em 1900. No início do século passado, a agremiação era uma das forças do futebol do país com a presença do atacante Friedenreich em suas fileiras. A equipe, aliás, foi a primeira do Brasil a realizar uma excursão à Europa, em 1925.

Contudo, o Paulistano encerrou seu futebol por não concordar com o processo de profissionalização que estava sendo implantado nas outras agremiações. Em 1930, integrantes do clube queriam continuar sua carreira no esporte e resolveram fundar um novo time ao lado de representantes da Associação Atlética das Palmeiras: nascia, então, o São Paulo da Floresta.

Friedenreich seguia nesta nova equipe ao lado de nomes de peso como Araken e Waldemar de Brito. Em 1931, o São Paulo da Floresta obteve o seu primeiro título, o Campeonato Paulista, que o atual Tricolor consta em seu site oficial como uma conquista oficial.

Com o futebol já profissionalizado no Brasil, o São Paulo da Floresta teve graves problemas financeiros por conta da compra de uma sede na Rua Conselheiro Crispiniano - um palacete chamado de Trocadero. A partir daí, a instituição não teve alternativas e buscou a fusão com o Tietê, abrindo mão, inclusive, de todos os seus símbolos.

Contudo, alguns sócios resolveram seguir outro caminho. Em junho de 1935, houve a criação do Clube Atlético São Paulo, que, meses depois, ganhou o nome de São Paulo Futebol Clube. Os fundadores foram Cid Mattos Viana, Francisco Pereira Carneiro, Eólo Campos, Manoel Arruda Nascimento, Izidoro Narvais Caro, Francisco Ribeiro Carril, Porphírio da Paz, Eduardo Oliveira Pirajá, Frederico A G. Menzen, Francisco Bastos, Sebastião Portugal Gouvêa, Dorival Gomes dos Santos, Deocleciano Dantas de Freitas e Carlos A. Azevedo Salles Jr. Imediatamente, o cargo de presidente foi assumido por Manoel do Carmo Meca.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade