Jogos Olímpicos 2012/Atletismo - ( )

Ana Cláudia Lemos estuda movimentos para recuperar melhor tempo

Marcelo Belpiede São Caetano do Sul (SP)

A cearense Ana Cláudia Lemos inicia a fase mais importante da carreira de velocista. A recordista sul-americana dos 100m e dos 200m deu o pontapé inicial na preparação para as Olimpíadas-2012 com a aposta em um estudo de seus movimentos - junto com o técnico
Katsuhico Nakaya - para ganhar preciosos centésimos antes da competição em Londres.

“Nós temos percebido que, em certo momento, estou com um problema de cortar a aceleração”, justificou o atleta, dona de duas medalhas de ouro nos Jogos Pan-americanos de 2011, em Guadalajara (México).

Pelos critérios da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), Ana Cláudia tem a pré-classificação para as Olimpíadas nos 200 metros, em função do tempo de 22s48 no Troféu Brasil do ano passado. Mas a grande preocupação da atleta, de 23 anos, está na evolução do revezamento 4x100m.

O melhor tempo da carreira de Ana Cláudia nos 100m é 11s15, registrado em 2010 na capital paulista. A partir daí, ela tem oscilado na prova com marcas entre 11s20 e 11s30.

“Nosso revezamento está certinho, com passagens bem definidas. Estamos otimistas. Outra boa notícia é que todas as outras meninas melhoraram seus tempos, só eu não consegui. Pelo menos, eu estou mantendo uma média, isso já é importante”, destacou a velocista, conhecida como uma das musas do esporte brasileiro.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Ana Cláudia Lemos estuda os próprios movimentos para melhorar tempo nas provas de velocidade

Mesmo com os estudos para melhorar, a cearense rejeita um sentimento de desespero com seu desempenho. “Tomara que o melhor tempo aconteça na hora certa”, sorri a recordista sul-americana dos 100m e 200m.

No GP de Atletismo em Belém, disputado no final de semana passado, Ana Cláudia Lemos fracassou no objetivo de melhorar seus tempos, até porque ainda está sob os efeitos da preparação dura da temporada Nos 200m, ela ficou apenas na quarta colocação, com a marca de 23s59, atrás da norte-americana Tiffany Townsend e das brasileiras Geisa Aparecida Coutinho e Vanda Ferreira Gomes.

Nos 100m, Ana Cláudia Lemos também obteve um tempo abaixo do normal. A atleta ficou em sétimo lugar, com 11s65. A prova foi vencida pela brasileira Rosangela Santos, com 11s24.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade