Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Rogério Ceni participa do primeiro treino coletivo após cirurgia

Gabriel Carneiro, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

O goleiro Rogério Ceni ainda não está à disposição do técnico Ney Franco para a sequência do Campeonato Brasileiro, mas voltou a participar, nesta quinta-feira, de treinos coletivos do São Paulo – é a primeira vez em que o camisa 01 compõe o time após a cirurgia realizada no ombro direito, em janeiro.

Aos 39 anos e cada vez mais próximo do retorno, o goleiro defendeu o gol reserva durante aproximadamente 15 minutos e demonstrou boa desenvoltura, ao contrário do treino técnico de segunda. Contra Osvaldo, Luis Fabiano e o restante dos titulares, Ceni foi a grande novidade da atividade, sendo substituído por Léo e Leonardo em seguida.

Ceni acusou a lesão no ombro em 15 de janeiro, durante um treinamento de pré-temporada, no Centro de Formação de Atletas de Cotia. O goleiro relutou a aceitar a cirurgia como método de tratamento, já que acreditava poder se reabilitar das dores crônicas apenas com fisioterapia, mas se submeteu ao procedimento no dia 27 do mesmo mês, ganhando um mês de folga. Passado este período, voltou aos treinos de recuperação no CT da Barra Funda.

A partir de junho, o goleiro voltou aos gramados, mas apenas para participar de atividades com os pés. No início da semana, no primeiro treino do técnico Ney Franco, o titular de Denis participou de uma atividade já debaixo da meta, mas sem forçar. Presença praticamente certa nos próximos treinamentos, ele deve estar à disposição no dia 22, contra o Figueirense, ou no máximo dia 29, quando o Tricolor recebe o Flamengo no Morumbi.

Com Denis perto da despedida do time titular, o São Paulo vai à Arena Barueri neste domingo, às 18h30 (de Brasília), para encarar o Palmeiras, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade