Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Ipatinga sai na frente, mas perde para São Caetano por 2 a 1

Ipatinga (MG)

Na noite deste sábado, Ipatinga e São Caetano se enfrentaram no estádio Ipatingão, em Minas Gerais, mas mesmo com o time da casa precisando da vitória para iniciar a reação e sair da lanterna da competição, o São Caetano buscou a virada, vencendo por 2 a 1.

Wellington Bruno abriu o marcador para o Ipatinga, aos 25 minutos da etapa inicial, mas Gabriel e Allan, com gols aos 28 e 44 minutos do segundo tempo, decretaram a virada do Azulão.

Com o resultado, o São Caetano sobe para 25 pontos na tabela, com campanha de sete vitórias, quatro empates e duas derrotas, e fecha a 13ª rodada da Série B no G-4. Já o Ipatinga continua na lanterna isolada da competição, com somente quatro pontos ganhos (uma vitória, um empate e 11 derrotas).

Na próxima terça-feira, às 21h50, o Ipatinga vai até Maceió (AL), onde enfrenta o CRB, no estádio Rei Pelé. Já o São Caetano recebe, no mesmo horário, o Vitória-BA, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

O jogo – Mesmo precisando vencer em casa, o Ipatinga começou a partida tomando sufoco do São Caetano. Já aos oito minutos de jogo, Somália teve chance em chute de fora da área, mas a bola desviou na zaga e foi para fora.

Arte GE.Net
Três minutos depois da primeira chance do Azulão no jogo, Danielzinho levou mais perigo ao gol do goleiro Rafael e quase abriu o marcador em arremate cruzado.

O Ipatinga só foi dar sinal de vida no ataque aos 21 minutos. Chiquinho recebeu bola no meio e finalizou, mas o goleiro Fábio, do São Caetano, fez boa intervenção.

Mesmo o São Caetano tendo começado melhor a partida, foi o Ipatinga que conseguiu inaugurar o placar. Aos 25 minutos, Wellington Bruno driblou e acertou um belo chute no ângulo de Fábio e fez 1 a 0 para o Tigre.

Aos 38, o time da casa perdeu a chance de ampliar a vantagem, após Chiquinho perder gol cara a cara com o arqueiro do Azulão.

Não havia tempo para mais nada no primeiro tempo e o Ipatinga foi para os vestiários com vantagem mínima.

Na volta do intervalo o técnico do Ipatinga, Flávio Lopes, decidiu fazer a primeira mudança em sua equipe e tirou Flávio Mineiro de campo para a entrada de João Vitor.

Aos oito minutos, Wellington Bruno teve a chance de fazer o segundo gol da partida e aumentar a folga de sua equipe, mas acabou errando a finalização.

O São Caetano conseguia chegar até a área do Ipatinga mas não encontrava espaço para a finalização.

Aos 17 minutos, novamente Wellington Bruno teve ótima chance de ampliar para o time mandante, mas parou nas mãos do goleiro Fábio.

Com 20 minutos, o São Caetano teve chance em bola parada, Éder cobrou a falta muito bem, mas a defesa do goleiro Rafael foi ainda melhor, impedindo o empate da equipe do Grande ABC.

Até que, aos 28 minutos da etapa final, o Azulão conseguiu o gol de empate. Após cobrança de escanteio da direita, Nei Paraíba, que havia acabado de entrar, dividiu com o goleiro Rafael e a bola sobrou para Gabriel, que somente teve o trabalho de empurrar para o gol: 1 a 1.

Quatro minutos depois do gol de empate, Danielzinho tentou simular falta na entrada da área para o São Caetano, tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso, complicando a vida dos visitantes.

Quando parecia que as duas equipes iriam ficar na igualdade, o São Caetano desceu para o ataque, Augusto Recife cruzou para a área, Rafael defendeu parcialmente, mas acabou soltando a bola e, após a falha do goleiro, Allan ficou sozinho para marcar. Virada do São Caetano aos 44 minutos: 2 a 1.

O gol selou uma grande virada e uma importante vitória que rendeu a entrada no G-4 para o São Caetano. Já o Ipatinga só teve motivos para se lamentar, pois não saiu da lanterna.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade