Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Com título, Corinthians supera Boca em 'tira teima' do Mundial-2000

Bruno Ceccon e Tossiro Neto São Paulo (SP)

O título mundial de 2000 consta na galeria de Corinthians e Boca Juniors. Com a conquista inédita da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira, o time brasileiro, campeão da primeira edição do Mundial organizado pela Fifa há 12 anos, leva a melhor no ‘tira-teima’ com os argentinos.

Algoz do Palmeiras na final da edição de 2000 da Libertadores, o Boca Juniors participou da Copa Intercontinental, tradicionalmente realizada no Japão ao final de cada temporada. Na decisão do torneio, o time de Buenos Aires venceu por 2 a 1 o poderoso Real Madrid, então defendido por jogadores como o português Figo, o francês Makelele e o espanhol Raul.

No mesmo ano de 2000, a Fifa promoveu pela primeira vez o seu próprio Mundial de Clubes. Em janeiro, 10 meses antes do confronto entre Boca Juniors e Real Madrid, o Corinthians ironicamente superou os já fortes espanhóis no caminho até a final com o Vasco, decidida nos pênaltis no Estádio do Maracanã.

O Mundial da Fifa foi retomado apenas em 2005 e atualmente decide o único campeão mundial a cada temporada. No entanto, a primeira edição do torneio passou a ser questionada pelos rivais do Corinthians, principalmente porque o clube não venceu a Libertadores para disputá-la e porque em 2000 o Boca foi campeão intercontinental.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Com o título continental sobre o Boca Juniors, o Corinthians leva a melhor no tira-teima com os argentinos
Um dos principais ídolos da história do time alvinegro, o meia Marcelinho Carioca quase teve sua imagem arranhada ao desperdiçar um pênalti na decisão diante do Vasco. Para o ex-jogador, Boca Juniors e Corinthians merecem o status de campeões mundiais na temporada de 2000.

"É igual. Nós jogamos contra grandes equipes da Europa e do Oriente Médio, equipes que estavam disputando títulos continentais. Passamos por várias fases, enfrentamos o Real Madrid, com Roberto Carlos e Anelka, e conseguimos chegar ao título contra o Vasco. Para mim, tanto o Corinthians quanto o Boca foram campeões em 2000", disse Marcelinho à GE.Net.

Em fevereiro de 2000, pouco depois do título do Corinthians no Mundial da Fifa, em resposta a um fax endereçado pela Gazeta Esportiva ao presidente Joseph Blatter, a entidade reconheceu o time brasileiro como "o primeiro campeão mundial de clubes oficial".

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade