Futebol/Brasileirão Série B - ( - Atualizado )

Guarani vira sobre o Atlético-PR e reencontra a vitória na Série B

Campinas (SP)

Depois de quase um mês, o Guarani venceu na Série B do Campeonato Brasileiro. Ainda muito desfalcado, o Bugre conseguiu uma virada sobre o Atlético-PR, por 2 a 1, no Brinco de Ouro, em Campinas (SP), pela 13ª rodada. Com o triunfo, obtido nos minutos finais, os bugrinos respiraram e se distanciaram da zona de rebaixamento.

Sem vencer há três rodadas no Brasileirão, o Guarani, jogando em casa e diante de seus torcedores, estava determinado a somar três pontos. Com isto, o Bugre concentrou a maior posse de bola no primeiro tempo, mas, por falta de criatividade no meio-campo, não conseguiu acertar o último passe e levou pouco perigo à meta defendida pelo goleiro Wéverton.

Já o Atlético-PR tinha como objetivo pontuar fora de casa, e, com isto, adotou uma postura mais defensiva, investindo muito nos chutes de fora da área, com o meia Harrison, e nas bolas longas, lançadas, principalmente, pelo lateral Maranhão, que tinha grande liberdade pela direita. No entanto, o goleiro Emerson também teve pouco trabalho.

Quando o jogo já se encaminhava para os minutos finais da primeira etapa, a torcida rubro-negra brigou entre si, por motivo ainda desconhecido, e causou confusão no setor visitante do Brinco de Ouro. Alguns torcedores se feriram e parte da torcida foi retirada do estádio.

Arte GE.Net
Se nos primeiros 45 minutos o jogo trouxe poucas emoções, a etapa final foi diferente e começou bem acelerada. Logo aos três minutos, Maranhão arrancou pela direita e cruzou para o meio da área, onde Harrison, de peixinho, cabeceou para o fundo das redes e abriu o placar para os visitantes, que já se recuaram.

A reação do Bugre não demorou muito: aos 16 minutos, Ademir Sopa cobrou falta para a área, os zagueiros Neto e Manoel disputaram a jogada e distraíram Wéverton, que viu a bola entrar direto em seu gol. Com o empate, a equipe campineira se empolgou, assim como a sua torcida, e partiu para a pressão em busca da vitória.

Faltando sete minutos para o término do tempo regular, Fábio Bahia fez boa jogada individual pela direita e cruzou rasteiro para a área. Renato, que entrou no segundo tempo no lugar de Kleiton Domingues, chutou de primeira e virou a partida para o Guarani, que, depois de liderar o marcador pela primeira vez no encontro, conseguiu administrar a vantagem.

Agora mais distante da zona de degola, o Guarani volta a campo na próxima terça-feira, às 19h30 (de Brasília), quando visita o líder Criciúma, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). Mais tarde, às 21h50, o Atlético-PR tenta a reabilitação em mais um compromisso fora de casa, contra o Guaratinguetá, no Estádio Dario Rodrigues Leite, em Guaratinguetá (SP).

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade