Jogos Olímpicos 2012/Judô - ( - Atualizado )

Aurélio Miguel vibra com ouro feminino: “Nosso judô precisava disso”

Helder Júnior São Paulo (SP)

Aurélio Miguel não economizou elogios para a judoca Sarah Menezes, campeã olímpica na categoria até 48 kg em Londres-2012. Assim que atendeu o seu telefone celular, diretamente da capital inglesa, o medalhista de ouro em Seul-1988 e de bronze em Atlanta-1996 definiu: “Fantástica, maravilhosa, perfeita”.

Sarah se tornou a primeira mulher brasileira campeã olímpica de judô, juntando-se a Rogério Sampaio (venceu em Barcelona-1992) e ao próprio Aurélio Miguel. “Nosso judô precisava disso. Estava na hora, não é? Tive a sorte de acompanhar bem de perto, ao lado do Rogério, e comemoramos muito. Estou bastante feliz”, disse o primeiro dos medalhistas de ouro entre os judocas do Brasil, à GE.net.

Para igualar o feito dos homens, Sarah Menezes derrotou a romena Alina Dumitru com um yuko e um vasari na decisão deste sábado. “Ela teve um desempenho fantástico. Era uma das favoritas, assim como são todos os brasileiros nestas Olimpíadas. Nos últimos anos, a Sarah estava bem focada no seu objetivo. Ela soube administrar a expectativa em suas lutas”, comentou Aurélio.

O campeão de 1988 ainda falou sobre o outro judoca brasileiro que esteve em ação no primeiro dia de lutas de judô em Londres – Felipe Kitadai conquistou a medalha de bronze ao bater o italiano Elio Verde com um yuko no golden score. “O Kitadai também foi maravilhoso tecnicamente e conseguiu essa medalha. Ele é novinho ainda. Vai fazer melhor em 2016”, vislumbrou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Aurélio Miguel acompanhou as conquistas de Sarah Menezes e Felipe Kitadai diretamente de Londres
As duas medalhas conquistas pelo judô brasileiro deixaram Aurélio Miguel ainda mais otimista. “Foi só o primeiro dia. Os outros brasileiros também são favoritos. Vamos aguardar”, disse, ansioso.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade