Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Aposentado, Marcos vira palhaço e espelho para atletas do Verdão

Maria Clara Ciasca, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Marcos abandonou os gramados em janeiro, mas não deixou de estar presente na vida do Palmeiras. Com contrato para ajudar o clube em ações de marketing, o eterno camisa 12 também contribui para melhorar o desempenho do time dentro das quatro linhas. Principalmente na campanha da Copa do Brasil, ele tem sido fundamental, segundo o próprio elenco alviverde.

Enquanto jogador, Marcos ficou marcado por externar seu lado torcedor – às vezes até causando polêmicas internas por conta de declarações fortes após derrotas. E agora não é diferente: mesmo aposentado, o ídolo alviverde ainda consegue comover os antigos companheiros com seu ‘palestrismo’.

“Ele parou de jogar, mas sempre está presente. Estar junto com a gente neste momento é importante por tudo o que ele já viveu aqui, dá mais ânimo para nós dentro de campo. Dá para ver que ele ainda sente a mesma emoção, a mesma vontade de quando jogava”, elogiou Henrique.

O Palmeiras tem aproveitado a figura de Marcos nas viagens para outros estados brasileiros durante esta Copa do Brasil. O clube vende à torcida pacotes que incluem encontros e jantares com o ídolo. Mas mesmo quando a partida é em São Paulo, o ex-goleiro se faz presente, comparecendo ao vestiário e contribuindo para melhorar o ambiente.

“O Marcão, ao mesmo tempo em que incentiva, é o maior palhaço. Está todo mundo tenso, naquele nervosismo, e ele chega fazendo brincadeiras. Ele nos faz muito bem”, reconheceu o meia Daniel Carvalho, que, contratado pelo Palmeiras no início do ano, não chegou a atuar ao lado de Marcos.

Capitão do último título do Verdão, o Campeonato Paulista de 2008, Marcos deve acompanhar o Palmeiras na viagem ao Paraná. A decisão da Copa do Brasil está marcada para as 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira, no Couto Pereira, diante do Coritiba.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade