Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Evair teme fim da euforia: “No Palmeiras, sempre existe cobrança”

Marcelo Belpiede São Paulo (SP)

O título da Copa do Brasil fez o torcedor do Palmeiras exorcizar fantasmas que vinham assombrando o clube nos últimos anos e aproveitar a chance de soltar o grito de campeão em um torneio nacional. A tendência, agora, é que o time – tão criticado no passado – aproveite um período de lua-de-mel com a torcida. Porém, a tranquilidade não será eterna se os resultados voltarem a não a aparecer.

O recado de alerta é de um dos principais ídolos da história do Palmeiras. O ex-centroavante Evair viveu, por exemplo, o período em que o Verdão acabou com o incômodo jejum de quase 17 anos com a conquista do Campeonato Paulista de 1993 e recorda que a pressão era forte mesmo no período de ouro dos anos 90.

“A única dificuldade que essa equipe vai ter é quando terminar a euforia. Domingo já tem um jogo importante (contra o São Paulo). A equipe não está bem no Campeonato Brasileiro. Você precisa pensar em correr atrás de novo, isso é desgastante quando se volta de um momento de euforia. É complicado ter que ir para a guerra de novo”, explicou o eterno Matador do Palestra Itália, durante um evento comercial nesta quinta-feira.

Com o título da Copa do Brasil, o Palmeiras obteve a vaga para a Copa Libertadores da América, principal disputa do continente sul-americano. Os frutos são inquestionáveis: mais visibilidade e dinheiro. Mas os próprios dirigentes alviverdes admitem que, antes do planejamento para o torneio, a ordem é iniciar a reação no Brasileirão para evitar sustos, já que o Alviverde está na zona de rebaixamento.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Ex-atacante Evair fala com preocupação sobre o possível fim da euforia do título palmeirense na Copa do Brasil.

“A gente espera que a pressão sobre o elenco diminua um pouco, mas o Palmeiras é assim mesmo, sempre existe cobrança. A comemoração acaba na hora em que o juiz apitar domingo, então o torcedor vai querer vitórias de novo e vai cobrar”, reforçou Evair.

De qualquer forma, o ex-centroavante alviverde destacou a alegria pela volta do clube ao topo do cenário nacional. O Palmeiras acumulou a décima conquista entre Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Taça Brasil e Roberto Gomes Pedrosa – nenhuma agremiação soma um número igual. Com sua imagem de ídolo extremamente forte, Evair esteve em Curitiba na quarta-feira e participou de eventos direcionados a torcedores. Ele relatou a emoção:

“Foi magnífico sentir o calor no meio da torcida, foi um título muito bacana, gratificante ver a alegria dos torcedores e o semblante de todos com uma disputa de algo tão importante”, encerrou.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade