Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Vélez muda de ideia e investidor santista desiste de Cabral

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

A negociação envolvendo a empresa MO3 e o Vélez Sarsfield (Argentina), para a contratação do volante Ariel Cabral por parte do investidor, sofreu uma reviravolta. Isto porque, o Fortín voltou atrás e, após aceitar a proposta de US$ 1,5 milhões (aproximadamente R$ 3 milhões) pelo jogador, desfez o acordo e tentou arrecadar uma quantia maior com a transferência. A MO3 tentou demover os portenhos dessa ideia, mas, sem sucesso, as conversas foram encerradas.

O rumo das negociações deixou os sócios da empresa, Luciano Martins e Ricardo Mendes, surpresos. O investidor havia aceitado desembolsar o valor acertado por 100% dos direitos econômicos, livre de impostos, e os demais detalhes burocráticos seriam resolvidos nesta sexta-feira. Só que o Vélez colocou algumas barreiras para o desfecho da transação, além de ter pedido mais US$ 300 mil (cerca de R$ 600 mil) para a concretização do acordo.

Com os empresários resolvendo pôr fim às tratativas, o Santos fica sem a possibilidade de ter Cabral em seu elenco. O futebol do meio-campista argentino havia agradado ao técnico Muricy Ramalho, durante os confrontos com o Fortín, pelas quartas de final da última Copa Libertadores da América. O Peixe receberia o atleta sem nenhum custo e teria apenas a responsabilidade de arcar com os vencimentos mensais de Ariel Cabral.

A negociação frustrada com o volante não é o primeiro insucesso santista na busca por reforços do país vizinho. No início da semana, a cúpula alvinegra não conseguiu chegar a um consenso com o atacante Juan Martínez, também do Vélez, que agora está próximo de ser anunciado pelo Corinthians.

Recentemente, o Santos contratou um argentino para o seu elenco, o centroavante Miralles, que estava no Grêmio. O Peixe segue em busca de reforços e a mais nova alternativa é o meia francês Florent Malouda, do Chelsea (Inglaterra), oferecido por empresários ao clube. Os primeiros contatos foram mantidos e as conversas talvez avancem nos próximos dias.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade