Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Avaí derrota Guarani por 2 a 0 e chega a cinco jogos sem perder

Campinas (SP)

Nesta terça-feira, o Guarani fez uma grande homenagem aos atletas que conquistaram o título do Campeonato Brasileiro em 1978, mas o futebol demonstrado pela equipe de Campinas foi longe de ser de campeão e o Avaí conseguiu a vitória no estádio Brinco de Ouro, pelo placar de 2 a 0. Os gols foram marcados por Felipe Alves, aos 34 do primeiro tempo, e Cléber Santana, em cobrança de pênalti, aos seis da etapa final.

Com o resultado, os catarinenses chegam à quinta partida sem perder, com quatro vitórias e um empate, e vão subindo na tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, somando 27 pontos (oito vitórias, três empates e seis derrotas). Já o Guarani segue com campanha irregular e chega a sua segunda derrota seguida, tendo conquistado somente 18 pontos na competição (quatro vitórias, seis empates e sete derrotas).

Na próxima sexta-feira, às 21h, o Guarani tem mais um duelo no Brinco de Ouro, contra o CRB. No mesmo horário, o Avaí recebe o Grêmio-SP, na Ressacada, tentando dar prosseguimento à boa sequência de resultados na Série B.

O jogo – Os jogadores do Guarani entraram em campo com camisas estampadas com os nomes dos atletas que conquistaram o título do Campeonato Brasileiro de 1978, contra o Palmeiras. Mas os nomes dos heróis da conquista parecem não tem inspirado os bugrinos no início da partida. 

Arte GE.Net
Mesmo jogando fora de casa, quem tomou a iniciativa na partida foi o time do Avaí, que descia para o ataque, mas não criava chances efetivas de gol.

Aos poucos, o jogo foi ficando truncado e os catarinenses não conseguiam mais chegar perto da área bugrina.

Aos 21 minutos, o lateral Arlan foi derrubado na área e a torcida do Avaí pediu pênalti, mas o árbitro mandou a partida seguir.

O time visitante tentava trabalhar a bola no campo de ataque, mas o Guarani não deixava os avaianos criarem grandes oportunidades de gol. Mesmo assim, a equipe catarinense seguia com mais iniciativa e tentava pressionar.

A pressão do Avaí deu resultado aos 34 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de falta, o goleiro Emerson saiu mal e a bola sobrou livre para o atacante Felipe Alves mandar sozinho para o fundo das redes. 1 a 0 para o Avaí.

O Guarani partiu para o ataque depois de sofrer o gol. Kleiton Domingues conseguiu chute de dentro da área, mas o goleiro Diego fez grande intervenção.

Seis minutos depois de abrir o marcador, o Avaí teve uma grande chance de ampliar. Laércio driblou o goleiro Emerson, parou a bola, deixou para a perna esquerda, mas acabou mandando a finalização no travessão. Foi a última grande chance do primeiro tempo e os visitantes foram para o intervalo em vantagem.

Na volta do intervalo, logo aos cinco minutos, Fábio Bahia derrubou Laércio e o árbitro assinalou pênalti para o Avaí e mostrou o cartão amarelo para o zagueiro bugrino. Cléber Santana não desperdiçou e ampliou o marcador para a equipe de Santa Catarina: 2 a 0.

Aos 16 minutos, o goleiro Emerson evitou o que seria o terceiro gol dos catarinenses. Felipe cruzou da direita e Laercio cabeceou sem maiores problemas para o arqueiro bugrino.

Rodrigo Arroz teve oportunidade de diminuir a desvantagem aos 21 minutos, mas acabou mandando a cabeçada pela linha de fundo.

O Guarani começou a ir com todas as suas forças ao ataque, buscando a reação. Os catarinenses, sem sofrerem muita pressão, administravam a vantagem conquistada.

Nas poucas vezes que conseguiam criar chances de gol, os jogadores do Guarani mostravam por que a noite não era da equipe de Campinas. Aos 34 minutos, Ademir Sopa recebeu bola dentro da área, mas pegou muito mal e isolou por cima do gol.

Pouco inspirado, o time da casa não levava perigo algum para o time de Santa Catarina, que somente controlava a partida e esperava o tempo passar. A torcida presente no estádio Brinco de Ouro demonstrava toda a sua impaciência com a equipe.

Nem os três minutos de acréscimo assinalados pelo árbitro serviram para o Guarani esboçar uma reação e fazer ao menos um gol. No final, mais um resultado negativo para o time campineiro e a continuação da boa sequência do Avaí.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade